This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

GIRAFAS EM ARTE DRAMÁTICA,
SÉTIMA ARTE E MUITO, MUITO MAIS...

Nesta página, você vai encontrar diversos objetos da coleção Girafamania relacionadas com a Arte Dramática, os quais estão organizados nas várias formas de arte cênica, seja ela em teatro, cinema, televisão, em coleções de Dvd’s, de fita VHS, CD-ROM. Filmoteca é a coleção de filmes. Filmes de gêneros: Ação, Animação, Aventura, Campanha Publicitária, Comédia, Drama, Documentário, Educativo, Entrevista, Ficção, Infantil, Romance...

Datas Comemorativas relacionadas:

27/03 – Dia Mundial do Teatro • Criado em 1961 pelo Instituto Internacional de Teatro, ligado a UNESCO.

19/06 – Dia do Cinema Brasileiro • A primeira exibição de cinema no Brasil aconteceu em 08/07/1896, no Rio de Janeiro, poucos meses após os Irmãos Lumière inaugurarem a sétima arte em Paris... Um ano depois já existia no Rio uma sala fixa de cinema, de Paschoal Segreto. Dizem que o 1º filme brasileiro data de 19/06/1898, quando o cinegrafista italiano Afonso Segreto chega da Europa e, a bordo do navio, registra as imagens do local, algumas cenas e paisagens da Baía de Guanabara... A partir daí os irmãos Segreto registraram os principais acontecimentos do país, através de uma câmera Lumière, ficando como os únicos produtores brasileiros até 1903.

21/06 – Dia Mundial do Cinema

19/09 – Dia Nacional do Teatro

16/12 – Dia do Teatro Amador

Emissões Filatélicas Brasileiras:
09/07/1951 – Selo Primeiro Congresso Brasileiro de Teatro (RJ), com valor facial de Cr$ 0,60 centavos, o selo mostra o ator João Caetano dos Santos (1808-1863). RHM: C-265.
21/06/1954 – Selo Centenário de Nascimento da Atriz Apolônia Pinto (1854/1937), com valor facial de Cr$ 1,20 cruzeiros. RHM: C-341.
24/08/1963 – Selo Centenário da Morte do Ator João Caetano, com valor facial de $8,00. RHM: C-494.
19/06/1976 – Selo Cinema Brasileiro. Valor facial: Cr$ 1,00. Máquina... RHM: C-938.
19/06/1982 – Selo 20 Anos da Palma de Ouro ao Filme “O Pagador de Promessas”, com valor facial de 17,00 o selo mostra Palma de Ouro. RHM: C-1264.

Do lado esquerdo da tela, selo postal emitido em 21/12/1988 alusivo a Divulgação das Artes Cênicas, com valor facial de Cz$ 70,00 mostra: Teatro, Ópera, Circo, Dança... Artista: Rui de Oliveira. Yvert: 1903. Scott: 2160. Michel: 2286. RHM: C-1618.

Do lado direito, cartão-postal propaganda da “MFL 2010 – 9ª Mostra do Filme Livre”... O Centro Cultural do Banco do Brasil (bb.com.br/cultura) realizou a Mostra do Filme Livre 2010 – 9ª Edição (MF 2010). Criada e organizada pela WSet Multimídia (wsetmultimidia.com), desde 2002 patrocinada pelo BB, a MFL 2010 abriu o calendário dos festivais de cinema e vídeo no Rio de Janeiro e ficou em cartaz de 23/03 a 08/04/2010, no CCBB, Rua Primeiro de Março, 66. Entrada franca (distribuição de senhas uma hora antes das sessões). Programação (mostralivre.com).

volta ao topo

ARTE DRAMÁTICA – TEATRO

O Teatro, originou-se na Grécia, quando foi criada a comédia e a tragédia... Entre as mais famosas encontra-se: Édipo Rei de Sófocles.

● FANTOCHES ou MARIONETES

Fantoche é um boneco de cabeça feita de massa de papel ou de outro material que, em cujo corpo, formado pela roupa, o operador esconde a mão que o movimenta. Sinônimos: títere e marionete (marionette). Último “censo”: 10 peças (02/2007). São 7 fantoches de dedo e 3 de mão.

Marionete de madeira (lado esquerdo) e de pelúcia (lado direito).

Duas girafas fantoches de dedo, em tricô de lã amarela, com 11 centímetros de comprimento, adquirida na Plaza de Armas, em Cusco, Peru (23/02/00). Três girafas peruanas adquiridas na feira de artesanato Art Mundi, Pavilhão do Anhembi – São Paulo (08/09/07).

Notas: Em 20/08/1976 foi emitida uma série de 3 valores Teatro Popular no Brasil – Mamulengos (fantoches de dedos), cujos selos mostram: Cangaceiro (Cr$ 1,00), Menina (Cr$ 1,30) e 5 tipos (Cr$ 1,60). RHM: C-948/C-950. Em 06/12/1979 foi emitida uma série de 3 valores Teatros Brasileiros. C-1076/C-1078.

Dedoches Animais Selvagens (lado esquerdo) e Fantoche Girafa de Espuma (lado direito), o qual foi adquirido na Feira Brique da Redenção, em Porto Alegre (2002)...

● “PEDRO E A GIRAFA” – Teatro Infantil (peça escrita em 1983 e encenada em 1988)

Autor: Júlio Conte | Gênero: Teatro para Crianças
— Título: PEDRO E A GIRAFA (Pedro e a girafa) | Idioma: Português
Número de personagens: 12 personagens interpretados por seis atores.
Ano da Obra – Copyright: 1983 | Edição:
Descrição: A fábula para crianças saiu do livro e foi para o palco, escrita em 1983 e encenada em 1988, conta sobre um menino solitário que tem uma girafa de brinquedo como única amiga com quem conversa...

Argumento: Pedro é um menino solitário que tem uma Girafa de pano como única amiga. Por ser muito pequeno ele é desprezado pela turma e por ser muito espertinho e sensível, mal compreendido pelos pais. Depois de uma prova onde pensa que vai mal, ele foge de casa e conhece o mundo. Encontra o circo e toda a gama de personagens engraçados. Porém chega noite e Pedro conhece lado negro da infância, os meninos de rua. Ali conhece Isadora, um vendedora de flores. Ficam amigos e inventam um número de ventriloquismo com a Girafa para ganhar dinheiro. Numa das apresentações é encontrado pelos pais. Volta para casa mas está transformado. As calças não servem mais, o sapato não entra e ele vive triste. Os pais chamam o médico que dá o diagnóstico: o menino está crescendo. Pedro veste uma calça comprida e sai de casa. Encontra-se com Isadora. Eles conversam sobre a Girafa que de repente parou de falar. Pedro abandona a Girafa para que outra criança solitária fale com ela. Pedro e Isadora vão ao cinema e ali ele dá seu primeiro beijo, o primeiro e inesquecível beijo.

Júlio Conte (Caxias do Sul, 1955) é um psicanalista, diretor de teatro, ator e dramaturgo brasileiro. Formou-se em Direção Teatral em 1984 e em Medicina em 1985, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Sua obra mais destacada é Bailei na curva, o maior sucesso do teatro gaúcho do todos os tempos, e que retrata as décadas de 60, 70 e 80 através da visão de sete pessoas, da infância à idade adulta.

● “SOLTANDO OS BICHOS”

Musical Infantil – Soltando os Bichos – Papagaio, Tatu, Rei Leão, Dona Girafa, Dona Elefanta, Macaco e todos os outros bichos da floresta deixam de lado suas desavenças para lutar contra o Bicho Homem que planeja inundar a mata... Baseado na obra... http://sites.uol.com.br/cibele_carvalho

volta ao topo

SÉTIMA ARTE – FILMOGRAFIA, CINEMA

Giraffen-Kleine Auswahl von Giraffen-DVD; foto do Giraffen Museum.

Título original: “OUT OF AFRICA”, “Entre dois amores” (A fazenda africana), drama dos EUA, de 1985. Diretor: Sidney Pollack. Elenco: Robert Redford and Meryl Streep e Klaus Maria Brandauer. Duração: 154 minutos. A vida de uma aristocrata dinamarquesa, Karen Blixen, que foi viver em uma fazenda da África, em 1913. Um casamento equivocado com seu amigo e a descoberta da paixão com um aventureiro. A falência da plantação de cafés e a sua luta pelo povo africano ter terras onde morar. Vencedor de 7 Oscars, incluindo melhor filme, diretor, roteiro, fotografia e trilha sonora. O filme é baseado no livro de Isak Dinesen, no qual há uma passagem com girafas (páginas 260, 261, 262) [sic]:

“As girafas vão para Hamburgo... No porto de Mombaça estava atracado um enferrujado cargueiro alemão, prestes a seguir para a Europa. Eu passava por ele no barco a remo de Ali bin Salim, com remadores suaílis, em minhas idas e vindas da ilha. No convés via-se uma alta caixa de madeira e acima da extremidade da caixa erguiam-se as cabeças de duas girafas. Iam, segundo Farah, que estivera a bordo, para Hamburgo, para um circo itinerante de animais, vindas da África oriental portuguesa. As girafas rodavam suas cabeças delicadas de um lado para o outro, como se estivessem surpresas, o que bem podia ser possível. Não haviam visto o mar antes. O espaço era apenas suficiente para que ficassem em pé. O mundo, de súbito, encolhera, modificando-se e fechando-se sobre elas. Não podiam saber ou imaginar a degradação em direção à qual viajavam. Eram criaturas orgulhosas e inocentes, amáveis herbívoras da savana imensa. Não tinham a menor idéia do que fosse cativeiro, frio, fedor, fumaça, nem tinham noção do tédio terrível que existe num mundo onde nada jamais acontece. Multidões, em suas escuras roupas malcheirosas e duras, virão do vento e neblina das ruas para ver as girafas e convencer-se da superioridade do homem sobre este mundo opaco. Apontarão e acharão graça ao verem os longos pescoços lisos, quando as graciosas, pacientes cabeças, com seus olhos nebulosos, erguerem-se acima das grades do circo; ali dentro, parecem altas demais. As crianças se assustarão com a visão e começarão a chorar, ou então se apaixonarão pelas girafas, passando a dar-lhes pão. Aí, os pais e as mães acharão que as girafas são animais amáveis, acreditando que estão lhes proporcionando um grande bem. Nos longos anos que se apresentam diante delas, será que as girafas alguma vez sonharão com sua terra perdida? Onde estão agora, para onde foram o capim e os espinheiros, os rios, os olhos d’água e as montanhas azuis? O alto e doce ar sobre os plainos ergueu-se e desapareceu. Para onde foram as outras girafas, que estavam lado a lado com elas quando se punham a andar e galopavam ao longo da terra ondulante? Elas as abandonaram, elas se foram, e parece que nunca mais retornarão. À noite, onde está a lua cheia? As girafas se mexem e acordam em sua estreita caixa que fede a palha apodrecida e cerveja. Adeus, adeus, desejo-lhes que morram na viagem, que ambas morram na viagem, a fim de que suas pequenas e nobres cabeças, que agora se erguem surpresas acima da extremidade da caixa, de encontro ao céu azul de Mombaça, não sejam deixadas sozinhas, voltando-se de um lado para o outro, em Hamburgo, onde ninguém sabe nada da África. Quanto a nós, teremos de encontrar alguém que cometa contra nós alguma terrível ação, antes que possamos, decentemente, solicitar às girafas que nos perdoem nossa própria transgressão contra elas. ...” (Walter)

Filme: “A GIRAFA”, Meschugge / The Giraffe – Alemanha/Suíça 1998. Premiére Mundial Festival de Toronto 1998. Uma senhora judia é encontrada morta no corredor de um hotel de Nova York. Seu filho encontra uma jovem cenógrafa que parece estar envolvida no mistério. No curso da investigação, uma atração mútua cresce entre os dois, mas as suspeitas do advogado levam diretamente à família da moça. O passado é uma ameaça para o romance que apenas se inicia...

“SELVAGEM”, com a girafa Bridget (Walt Disney, 2006)

De: Steve Spaz Williams, com: Chris Edgerly, Eddie Izzard. Gênero: Animação. Duração: 1h34m. Um jovem leão (voz de Kiefer Sutherland) é enviado acidentalmente do zoológico de Nova Iorque para à África. Agora, seus amigos devem fazer de tudo para trazê-lo de volta. Nesse filme da Walt Disney (03/2006), Bridget é o nome da personagem interpretada por uma girafa.

Bridget é uma girafa bonita, ajuizada e independente que quer ser vista mais do que apenas um par de pernas compridas com pintas grandes. A altura e a praticidade de Bridget prestam uma ajuda valiosa a Sansão e ao restante da equipe animal de resgate. Ela logo supera os rigores físicos da vida selvagem e seu desânimo inicial para ajudar a salvar Ryan. Isto é, quando não está se esquivando das investidas amarosas de seu pretendente, um esquilo de 20 centímetros de altura, Benny.

Os personagens de Selvagem: Ryan, Nigel, Benny, Bridget, Larry e o Camaleão foram confeccionados em plástico duro (Made in China) e se transformaram em peças promocionais distribuídas pela rede McDonald’s. Do lado esquerdo da tela, girafa da Disney com 18 centímetros de altura, adquirida do ML... Nota: Álbum de Figurinhas...

– O filme 2012 rolava legal na tela quando, de repente, surge uma girafa pendurada em um helicóptero, sendo transportada para a arca... Mais adiante um grupo se refugia nas baías e lá novamente as girafas comparecem, mostrando em close a sua carinha de protagonista do movie... Achei de muito bom gosto quando deram a ela o seu momento 5 minutos no filme. Lógico que com isso a fita ficou muito mais completa, pois na realidade ela pode ser o ícone símbolo da fauna terrestre, não é mesmo? Carlos, 04/10.

– filme ZARAFA, 2012

Outro: As obras do escritor Kim Balagumas, revestidas de realidade e profecia propõem uma diferenciada e profunda abordagem das questões do homem enquanto ser no espaço-tempo. O seu livro mais popular, cujos direitos de filmagens já foram comprados por Hollywood, trata-se de uma ficção científica chamado: “Girafa” – a dramática história em que um acidente genético causa a proliferação descontrolada e incessante das girafas a ponto delas cobrirem a crosta terrestre até sufocar e eliminar toda vida de nosso planeta provocando também gigantesca elevação de peso da Terra...

volta ao topo

TELEVISÃO

Seriado do Chaves com o professor Girafales!
Clique abaixo para ver uma página de GIRAFAMANIA dedicada ao programa:

CHAVES

Recebi de Marcelo a programação da TV Escola da Revista TV Escola, publicação bimestral da Secretaria de Educação a Distância do MEC (mec.gov.br/seed/tvescola), edição Estação das Mídias com tiragem de 300 mil exemplares, seção Próximas atrações, página 41, cujo desenho tem um girafa entre outros personagens [sic]: “Animais – A série de desenhos animados 'O divertido mundo dos bichos' (França) é uma das atrações da TV Escola para o início do ano 2000, especialmente dedicada ao ensino fundamental.”

● Documentário: “Nascidas para Ser Livre: Girafas em Marcha”. O documentário registra uma emocionante missão ecológica no leste da África: transportar onze girafas rothschild, uma das três subespécies da raça ameaçadas de extinção, numa viagem de 60 quilômetros até uma reserva de 3.500 acres. Restaram apenas cerca de 60 girafas no Parque Nacional do Lago Nakuru, no Quênia, onde os filhotes se tornaram presas fáceis de famintos leões. O grande desafio é capturar esses animais pescoçudos e enormes, que são capazes de correr a 40 quilômetros por hora. Nota: Foi televisionado no sábado 20/08/2005?, às 13 horas, no canal ANP...

● Amigo, vc lembra do progama da girafa ? Estive fuçando no site MEMÓRIA da REDE GLOBO e me deparei com um progama, que nem conhecia, que levava o nome de Girafa. Veja no link abaixo e me comente depois. Abs. Wagner, 26/01/12.

SHOW DA GIRAFA
Período de exibição: 26/02 a 30/12/1972
Horário: 17h | Periodicidade: sábado
– Apresentado por Murilo Néri e Sandra Bréa, Show da girafa era um programa de variedades, que teve a direção de Augusto César Vannucci, Mário Lúcio Vaz e Arnaldo Artilleiro, com a produção de Luiz Carlos Miéle e Ronaldo Bôscoli. Exibido semanalmente, tinha duas horas de duração.
– O programa de estréia contou com a participação de Roberto Carlos, Elis Regina, Regina Duarte, Marília Pêra, Chico Anysio e Agildo Ribeiro.
– O Show da girafa estava voltado, sobretudo, para o chamado “girafista” – participante do Plano da girafa, um sistema de cupons que dava aos telespectadores o direito de participar de sorteios.
– Cada programa contava com a participação de artistas exclusivos da TV Globo, que faziam shows e brincadeiras, como O jogo-da-velha. Havia também sorteios de carros.
– Um exemplo da participação dos “girafistas” era o quadro Tiro de ouro, em que o “tiro” era manobrado eletronicamente por uma máquina de acordo com as instruções dadas pelo telespectador.
– Nomes como Tônia Carrero, Dina Sfat, Débora Duarte e Cláudio Cavalcanti, entre outros, participaram do quadro Vida de artista.
– Foi no Show da girafa que o cantor e compositor Guilherme Arantes fez sua primeira apresentação na TV.
– O último programa teve a participação da atriz Elizangela.

[Fontes: Depoimentos de Durval Honório e Mário Lúcio Vaz ao Memória Globo; MEMÓRIA GLOBO. Dicionário da TV Globo, v.1: programas de dramaturgia & entretenimento. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 2003; “Hoje na TV” In: O Globo, 1972]
http://memoriaglobo.globo.com/Memoriaglobo/0,27723,GYN0-5273-249778,00.html

● Agência JWT cria campanha para brinquedo educativo da Positivo Informática

A JWT criou uma divertida campanha para a série Bichos da Floresta, lançamento da divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática. A série é composta por pelúcias com chave de acesso a um portal de atividades na internet e explora o conceito de edutainment (educação e entretenimento). A campanha é composta por três filmes e peças de mídia online.

Os comercias de 30’ “Girafa”, “Leão” e “Elefante” lembram documentários e contam histórias de animais que dão maus exemplos de comportamento para a criança. O comercial “Leão”, por exemplo, mostra alguns machos deitados de barriga para cima, descansando enquanto a voz do locutor explica que, enquanto eles dormem, as leoas se arriscam atrás de alimentos. O locutor finaliza contando sobre o lançamento: “Finalmente bichos que dão bons exemplos para os seus filhos. Chegaram os Bichos da Floresta”. Os filmes serão veiculados nacionalmente no próximo final de semana no canal fechado da Discovery Kids. As peças online foram criadas pela RMG Connect e serão veiculadas no site do canal (discoberykidsbrasil.com).

08/2008: “Bichos da Floresta” foi lançada pela Positivo Informática, líder nacional em tecnologia educacional e maior fabricante de computadores do Brasil; Grupo Positivo (positivo.com.br)

Bichos da Florest@ une o concreto ao virtual, dentro de um conceito que equilibra diversão e aprendizado e atende às aspirações das crianças da geração 100% conectada. A coleção é uma linha de brinquedos composta por cinco bichinhos de pelúcia (um elefante, uma girafa, um leão, um macaco e um urso) acompanhados, cada um, por uma chave de acesso ao exclusivo portal na internet Bichos da Floresta (bichosdafloresta.com.br).

Ao acessar o mundo virtual de seu bichinho, a criança se diverte com jogos e atividades que estimulam e desenvolvem importantes habilidades de aprendizado e raciocínio lógico. Além disso, o Portal Bichos da Floresta também possui um espaço reservado exclusivamente para adultos onde pais ou responsáveis podem acompanhar o desempenho da criança, conhecer suas preferências e até definir o tempo máximo de uso diário do portal.

O portal foi desenvolvido pela equipe de educadores da Positivo Informática e tem brincadeiras e atividades que estimulam o aprendizado de crianças de 3 a 6 anos e promovem uma diversão saudável e sem os riscos da navegação alheatória pela web. Bichos da Floresta é o primeiro brinquedo educativo da Positivo Informática, mas a experiência da divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática em edutainment (educação e entretenimento) já tem quase vinte anos, com a oferta de softwares e de conteúdos para internet.

100% nacional, a linha “Bichos da Floresta” foi desenvolvida pela divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática, apoiada na experiência de quase 20 anos trabalhando com produtos de tecnologia para crianças. “Nos inspiramos nas características e aspirações das crianças desta nova geração – os chamados nativos digitais –, e criamos um produto que reúne o concreto e o virtual e combina educação e entretenimento”, explica André Caldeira, vice-presidente da divisão de Tecnologia Educacional da empresa.

A proposta é simples: cada pelúcia é vendida separadamente. Junto com cada bicho vai uma chave com uma senha de acesso ao Portal que traz atividades específicas para cada um dos bichos de pelúcia. Quer dizer, quem tiver a girafa acessará o ‘mundo da girafa’, quem tiver o macaco acessará o ‘mundo do macaco’ e assim por diante. Elaborado pela equipe multidisciplinar da Positivo Informática para crianças de 3 a 6 anos, o Portal reúne brincadeiras e atividades que estimulam a criatividade e desenvolvem habilidades como reconhecimento de cores, formas, números e letras, além de trabalhar também coordenação motora, raciocínio lógico, memória e despertar o gosto pela música.

A coleção Bichos da Floresta já está nas lojas de todo Brasil. Cada bicho custa R$ 99,90 e dá direito a sua respectiva área dentro do Portal. O acesso ao Portal Bichos da Floresta é válido por um ano após o registro. Mais informações sobre a linha de brinquedos educativos Bichos da Floresta e todos os demais produtos da Positivo Informática podem ser obtidas no site positivodireto.com.br, pelo DDG 0800-414636 ou pelo e-mail (sac_info@positivo.com.br).

Ficha Técnica
Títulos: Comerciais “Girafa”, “Leão” e “Elefante”, 10?/2008
Anunciante: Positivo Informática/ Tecnologia Educacional
Agência: JWT Curitiba (Girafa da JWT para Positivo Informatica Bichos da Floresta)
Redação: Rafael Mattioli
Diretor de Arte: Sergio Takahata
Direção de Criação: Mario D’Andrea e Fabio Miraglia
Produção Eletrônica RTV: Renata Soares, Daniele Alvim e Ana Carolina Gianisella Oliveira
Produtora de áudio: Jamute Áudio
Produtora de vídeo: Deiró Filmes
Diretor de Cena: Gustavo Brandau
Diretor de Fotografia: Grimaldi
Pós-produção: Deiró Filmes
Atendimento: Gabriela May, Danielle Béllio e Cristiane Bittar
Mídia: Anita Bardeli e Angela Pepplow
Aprovação: Wagner Rover
Agência Digital: RMG Connect
Dir. de Criação: Jean Boechat, Fabio Miraglia, Flavio Vidigal
Dir. de Arte: Bruno Real
Redator: Luciane Krobel e Bruno Leite
Atendimento: Juarez Salvador e Fernanda Zaruch
Aprovação: Wagner Rover

Imagens ilustrativas.

volta ao topo

FITA DE VÍDEO CASSETE – VHS

Na coleção há 4 vídeos em fita VHS... Abaixo, Wildlife Tales, Tall Story, vídeo produzido em 1992, pela ABC.

Tipo de Material: Vídeo | Data:
Título Original em Inglês: Africa’s Animal Oasis
Título em Português: OÁSIS DE ANIMAIS AFRICANOS (Oásis de animais africanos)
Editora: National Geographics
Descrição Física: Duração: 60 minutos | Sistema: VHS Som, Colorido
Sinopse: Este vídeo mostra como a abundância de plantas e de água transformou a cratera do vulcão extinto de Ngorongoro, na Tanzânia, num espetacular oásis de vida selvagem, com gnus, rinocerontes, elefantes, zebras, hienas e leões.

Tipo de Material: Vídeo | Data: 1998
Título: ARMAS DOS ANIMAIS (Armas dos animais) | Idioma: Português
Editora: Globo? | Produtor: Rob Harvey | Série/Coleção: Mundo Incrível
Descrição Física: Duração: 30 minutos | Sistema: VHS Som, Colorido
Sinopse: Vamos acompanhar o lagarto Lico numa viagem cheia de surpresas, para conhecer os bichos mais originais e a incrível vida selvagem. Que animal tem a presa maior que seu próprio corpo? Qual é a maior arma da girafa? Lico vai descobrir por que não se deve incomodar os animais, do porco espinho aos cupins que esguicham ácido, entre outros. Vamos conhecer as mais Incríveis Armas dos Animais.


“Memórias da África” ou “Mogambo”...

“As Neves do Kilimanjaro” – o Kilimanjaro com girafas foi cenário nesse famoso filme...

“Simba” (1955) Antigas lanças que vemos no velho filme, um drama clássico de Martin e Osa Johnson. Conta a história de um jovem que vai ao Quênia para encontrar o seu irmão – assassinado pelos maus-maus. Diretor: Brian Hurst. Elenco: Dirk Bogaroe, Virginia Mckenna. Duração: 99 minutos. ...arremesso minha lança contra o monstro da globalização uniformizante posta desde o ocidente e em defesa de um futuro melhor para todos os Maasai, que lhes permita eleger livremente seu destino sem o tira e afloja a que se vem continuamente submetidos. Talvez assim a velha profecia se torne realidade...


“Giraffe”, A Novel – J. M. Ledgard – Author
Audiobook: Downloadable Audiobook – Unabridged
7 Hours | ISBN 9781429585842 | 17 Aug 2006 | Penguin Audio

In 1975, on the eve of May Day, secret police dressed in chemical warfare suits sealed off a zoo in a small Czechoslovakian town and ordered the destruction of the largest captive herd of giraffes in the world. This apparently senseless massacre lies at the heart of J. M. Ledgard’s haunting first novel, which recounts the story of the giraffes from their capture in Africa to their deaths far away behind the Iron Curtain. At once vivid and unearthly, Giraffe is an unforgettable story about strangeness, about creatures that are alien and silent, about captivity, and finally about Czechoslovakia, a middling totalitarian state and its population of sleepwalkers.

It is also a story that might never have been told. Ledgard, a foreign correspondent for the Economist since 1995, unearthed the long-buried truth behind the deaths of these giraffes while researching his book, spending years following leads throughout the Czech Republic. In prose reminiscent of Italo Calvino and W. G. Sebald, he imbues the story with both a gripping sense of specificity and a profound resonance, limning the ways the giraffes enter the lives of the people around them, the secrecy and fear that permeate 1970s Czechoslovakia, and the quiet ways in which ordinary people become complicit in the crimes committed in their midst.


24/09/2008 – Girafas querem tomar o lugar das vacas. Filme da Peralta Strawberry Frog veiculado na web mostra girafas que falam em tomar o lugar das vacas, personagens de Toddy.......

GIRAFA FILMES

A Produtora Girafa Filmes tem em seu currículo o primeiro longa de Lina Chamie, “Tônica Dominante”, que recebeu vários prêmios, entre eles o Kodak Vision Awards – WIF, Los Angeles, e o prêmio APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte. Seu segundo longa-metragem, “A Via Láctea” (avialactea.com.br), que teve sua estreia mundial em Cannes – Seleção Oficial da “Semana da Crítica 2007”.

Produtora: Girafa Filmes – Lina Chamie
Endereço: Rua São Carlos do Pinhal, 345 – ap. 603
CEP: 01333-001 – São Paulo – Brasil
Telefones: (11) 3288-5104 e (11) 8281-6161
E-mail: lchamie@uol.com.br


O Anima Mundi Web é o Concurso Internacional de Animações para a internet do festival Anima Mundi (animamundi.com.br), um dos mais destacados festivais de animação do mundo. O festival online recebe trabalhos realizados no programa Flash, e os finalistas são exibidos no sítio do Anima Mundi onde os internautas podem participar como membros do Cyber-Júri da votação pela escolha da melhor animação. O concurso é aberto a trabalhos criados especialmente para veiculação na internet, inéditos ou não, produzidos por animadores profissionais e amadores. Não há restrição quanto a temas ou gêneros. Fonte: Wikipédia.

Animação Selecionada 2009 – “Girafa em Chamas!” – Ivan Mola (ivanmola.com), Brasil
www.animamundi.com.br/web_galeria.asp?ano=2009&cod=768

Fugindo dos quadros de Salvador Dali, a girafa em chamas dispara pelas savanas africanas em busca de um lugar para incendiar... Música: Maria Callas – Carmen Opera Trance Club Mix Arte e Animação: Ivan Mola, Ideia original... O resultado dos vencedores da edição 2009 será no dia 26 de julho, no Memorial da América Latina.

07/11/2009: Ivan Mola (ivan.mola@uol.com.br) – Primeiramente quero te parabenizar pelo “Girafa em Chamas!” O máximo! Ainda mais se tratando de uma girafa apocalíptica sob título homônimo da obra de Salvador Dali – que eu adoro. Ivan também quero saber se a sua animação selecionada foi a vencedora, pois não encontrei o resultado... Por último, desconhecendo como funciona a aquisição desse tipo de obra, quero saber se eu posso ter o filme... Ivan eu gostaria muito de ter uma cópia da sua “Girafa em Chamas!” para agregar em minha coleção temática sobre girafas... Isso é possível? Obrigado por sua atenção. Abraços e inté.


► Tipo de Arquivo: vídeo na internet / curta-metragem
Título em inglês que circula como divulgação: “Giraffes – incredible!” (Girafas – incrível!)
Título original em francês: “5,80 Mètres” ou “5m80” (5,80 metros) | Duração: 00:05:27 | Ano: 2012
“5,80 Mètres” ou “5m80” – Un court-métrage de Nicolas Deveaux.
Produit par Cube Creative Productions & Orange,
Avec la participation d’Arte France, le soutien de la Ville de Paris & le partenariat du CNC.

Vídeo completo no Youtube (www.youtube.com/watch_popup?v=uFxnBrO9n7o)
Resumo: 5m80 Extrait (vimeo.com/cubecreative)
Vídeo completo no Dailymotion (dailymotion.com/fr/relevance/search/5m80/1#video=xxyuig)

Descrição: O curta-metragem surreal de Nicolas Devaux, “5,80 metros”, produzido por Cube Creative Productions & Orange em 2012, com participação de Arte France, apoiado pela Prefeitura de Paris com parceria da CNC, mostra 12 girafas que realizam saltos ornamentais desde o trampolim de uma piscina, alcançando variados movimentos e posições corporais, cujo apoio ou força de impulso vem de outras duas girafas, as quais se jogam na piscina ao final do filme... Abaixo, a fotografia tirada de uma cena do filme (photo scène de film) mostra um aspecto da piscina semissubterrânea Suzanne-Berlioux (dita “Piscine des Halles”), localizada no nível 3 do centro comercial Forum des Halles (forumdeshalles.com), no coração de Paris. Ela ostenta o nome de Suzanne Berlioux (1898-1984), treinadora e personalidade da natação francesa, tem 50 × 20 metros com 8 linhas d’água, uma profundidade que varia de 80 centímetros a 1,80 metros, também uma rampa de acessibilidade para cadeira de rodas – por onde supostamente as girafas saem caminhando para fora da piscina...

19/05/13: José Henrique.
26/05/13: Rosa.

Entrada principal !
Última atualização: 17/06/2014.
volta ao topo

ARTES LITERÁRIAS LISTA DE MATERIAIS
ARTES MUSICAIS