This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

8 – ESCORPIÃO ou ESCÓRPIO

23 de outubro a 21 de novembro (210º à 240º)

“EU CONTROLO” – “EU DESEJO”

Um infalível poder de sedução... O signo de Escorpião é a combinação dos seguintes fatores: regência de Plutão em Marte, exílio de Vênus, queda da Lua e segundo alguns astrólogos, exaltação de Urano.

Escorpião é dos signos que tem um regente antigo ou tradicional (no caso, Marte) e outro moderno (no caso, Plutão). Até 1930, data da descoberta de Plutão, o signo era considerado o domicílio noturno de Marte.

O exame dos acontecimentos mundiais e das tendências mais acentuadas do período concomitante ou próximo à descoberta do novo planeta credenciaram-no como regente de Escorpião, por serem semelhantes à natureza do signo.

O ano de 1930 está no intervalo entre duas guerras mundiais – não que a guerra fosse uma novidade da existência do homem, aqui, porém, chegou a lidar com uma força de destruição jamais antes suspeitada.

Ao mesmo tempo em que dominava o poder de aniquilar, a humanidade começou a dominar cada vez mais a ciência e as técnicas de reconstrução, da reabilitação, possibilitando o prolongamento do período de vida do ser humano, através de cirurgias e implantes de órgãos e do extraordinário desenvolvimento da genética.

Houve também uma grande difusão do controle de natalidade e de novas técnicas anticoncepcionais.

Todos esses acontecimentos tem um substrato comum – o tema vida/morte, destruição/recriação, fortemente associado ao signo de Escorpião.

Marte, planeta de auto-afirmação, conserva suas prerrogativas de regente neste signo de emoções intensas, determinado e firme.

Urano se exalta em Escorpião; como Plutão, caracteriza-se pelo radicalismo, pela queda de tabus, pelo avanço até as últimas consequências, nem sempre escolhendo os caminhos mais suaves.

Já a Lua e Vênus, astros das ligações entre as pessoas, de convívio, de busca do outro, encontram em Escorpião um terreno acidentado.

Aqui, o ciúme é capaz de asfixiar a confiança, fundamental para a relação bem sucedida; a reserva e o ressentimento podem inibir o contato. Hábeis na conciliação e na adaptação, a Lua e Vênus estão longe de casa neste signo do tudo ou nada.

Aqui está um dos mais notáveis casos de predominância do personagem feminino na formação da personalidade. A figura materna é de tal força e intensidade que acaba dominando a maioria das experiências existenciais de quem nasce nesse signo.

Pode se conjeturar que, durante os primeiros anos de vida dessa pessoa, incluindo-se a fase anterior ao nascimento, a mãe tenha vivido algum tipo de perda, seja de uma pessoa querida, seja de um sonho ou fantasia.

Esse tipo de experiência tende a ser projetada na criança sob a forma de censura, de proibição de que ela também seja um motivo de perda.

Em outras palavras, a pessoa de Escorpião é proibida desde a infância de viver experiências transformadoras, mudar, para ela, é algo perigoso, que ela jamais ousa.

Esta prevalência do modelo materno muitas vezes isola quem é desse signo de um contato mais pleno e real com o próprio lado masculino, trazendo as consequências obvias de ausência de um modelo de ação e conquista.

Este é um tipo bastante forte para controlar o fogo de uma paixão, e mesmo que pressinta o perigo de se envolver numa relação apaixonante e forte, nem sempre conseguirá desviar seu coração de uma atração fatal. Morrer e renascer são seus fundamentos básicos, ou seja, a regeneração e o sacrifício.

Os pensamentos profundos e a sexualidade também se impõem. Em casos extremos, os escorpianos podem ser cruéis e violentos. É o signo da transformação e é também um signo cármico com vidas passadas, com as raízes, com a família e com o sexo.

O nativo de Escorpião é profundo e misterioso, reservado e não gosta de se expor. Sabe apreciar as coisas boas da vida e possui uma sensibilidade aguçada.

Dá muita importância a contatos com os outros, só que o motivo é sua eterna busca pela essência das coisas. Intenso e apaixonado se joga de cabeça em tudo. Não é à toa que todos se sentem atraídos por ele.

Tem personalidade forte e é intransigente com quem se opõe à sua vontade. Também deve controlar a teimosia.

Dinamismo: Grande disponibilidade para atuar em todos os setores de existência que exigem uma emotividade (água) resistente e imobilizada (fixo), isto é, que exige sangue frio, risco calculado e autocontrole, porém mais levando a consciência da própria força e poder interiores (frio) do que o mundo oferece (feminino), que por sua vez, é frequentemente visto com uma certa indiferença, por vezes espontânea, por vezes assumida.

Integração agressiva e passional na existência (Marte), onde a grande força de trabalho sempre disponível se revela não só pela combatividade sistemática (fixo e Marte), mas também pela inteligência sistemática (Urano) que leva à analise sutil, à estratégia e ao julgamento imparcial (Plutão).

Há uma disposição de existir como um todo, para ir direto aos objetivos com determinação e firmeza ou instintiva auto-suficiência, que faz com que o sujeito sempre esteja transpassando obstáculos e se recriando (Plutão) como consequências.

O gosto do paradoxal e do grotesco, bem como desprezo pelo preconceito (Urano) não raro, está na base de inadaptações nos estilos conformistas e esperançosos de comportamento (exílio de Vênus) e de aceitação da existência baseada na manutenção de algum automatismo (Lua).

Disto resulta frequentemente uma instintiva (água, fixo) disposição ao idealismo masoquista ou ao realismo sádico ou a uma coexistência de ambas que está na base de muitas tendências degeneradoras.

Os conflitos são estruturados num nível de posse e poder (cruz fixa), enquanto que as soluções podem ser estruturadas num nível de investigação de condicionamentos piscianos (ou ocultos, ou insidiosos) trígono de água.

Existem três tipos de Escorpião:

  1. Tipo A: “comum ou típico”, realismo sádico, prevalência da impulsividade sobre a inibição. Neste caso podemos ter uma disposição individualista, rebelde, indisciplinada, refratária aos costumes sociais, etc. Firmeza, coerência de atitudes e constância moral, é um tipo criador.
  2. Tipo B: “incomum”, tipo virgem, idealismo masoquista, prevalência da inibição sobre a impulsividade, ou seja, bloqueio da vida instintiva. Natureza disciplinada, ordenada, pontual, ligada aos princípios, a formalidade, mais crítico do que criador.
  3. Tipo C: “ambivalente”, neste caso, alternância ou coexistência dos tipos anteriores, por exemplo: fisicamente limpo – sujeira moral; crítico – criador; ordenado – desordenado; coexistência ou alternância da impulsividade ou inibição.

Tradicionalmente associado ao poder, escorpião é o signo mais misterioso do zodíaco. Simbolizando o lado profundo e regenerador da vida, este signo tem relação com o sexo: a ação de penetração e fusão é uma característica marcante de escorpião.

É também através do ato sexual que uma nova vida é gerada, e o ato de nascer e renascer fazem parte do eterno ciclo de vida – morte – renascimento, que também está associado ao signo de escorpião.

Entre os seus símbolos, temos a figura do próprio escorpião – apontando a sua natureza inferior, cruel, implacável e traiçoeira – e a fênix, a ave renascida das cinzas que alcança grandes alturas – simbolizando sua natureza superior, transcendente, regeneradora, espiritual.

Escorpião encerra uma imensa possibilidade oculta. É o tesouro enterrado das histórias de piratas, mas para se atingir as profundezas interiores e encontrar este ouro é necessária uma espécie de morte, uma explosão, um cataclisma.

E é preciso que seja assim: a pressão interior é muito maior que a exterior, e acessá-la acarreta uma liberação emocional com intensos poderes.

Podemos associar escorpião à metamorfose da lagarta em borboleta, ao petróleo e às demais riquezas encontradas no interior da terra, e também ao vulcão que libera a lava que fervilha nas profundezas ctônicas.

Em todos estes processos existe uma liberação de energia através da ruptura da casca, o que pode revelar um tesouro ou apenas a lava emocional.

Governando áreas tão complexas e profundas, escorpião não poderia lidar com a vida de uma forma leve e descomprometida.

Quando se identifica com um relacionamento ou com uma causa, ele irá se envolver até a alma; ele irá se “fundir” à situação. É por sentir a vida neste nível de profundidade que os escorpianos costumam ser reservados e discretos com relação as suas motivações.

Caso não estejam emocionalmente envolvidos com a causa, podem evitar a confrontação mais direta, mas caso sejam atacados em pontos a que se liguem emocionalmente, entrarão em guerra para afirmar sua motivações.

E aqui reside uma questão interessante deste signo: quando em conflito, escorpião nunca entra numa batalha, mas sim numa guerra. E neste processo eles atacarão sem piedade e não esperaram nenhuma.

A intensidade deste signo é responsável pela sua característica de transformação. Escorpião está associado a metamorfose, bem como às cirurgias e é claro que o ato de transformar-se demanda uma completa “cirurgia emocional ou mental”. Regido por Plutão, este signo rege as sementes e o próprio sêmen.

Também rege a energia atômica e as explosões nucleares. É o poder da vida e da morte concentrados num simples ponto, num grão, num átomo.

Assim é escorpião. regendo o ponto mais recôndito da existência, o Tártaro de Plutão, podemos ver que este ponto é muito pequeno, um quase nada. E nele se encerra o segredo da vida e da morte, que cria e recicla todo o Universo, a imensidão, o Cosmos.

Com tanto poder concentrado, é nesta região do zodíaco que devemos buscar nossa chance de transcendência. Mas este é sempre um jogo complexo, arriscado, de vida – morte, onde a velha pele será sacrificada. mas das cinzas emergirá a fênix refulgente, alçando o seu voo a alturas até então inimagináveis.

Tarefa: A ti Escorpião, darei uma tarefa muito difícil. Terás a habilidade de conhecer a mente dos homens, mas não te darei a permissão de falar sobre o que aprenderes. Muitas vezes te sentirás ferido por aquilo que vês, e em tua dor te voltarás contra mim, esquecendo que não sou Eu, mas a perversão da Minha ideia que te faz sofrer. Verás tanto e tanto do ser humano, que chegarás a conhecer o homem enquanto animal, e lutarás tanto com os instintos animais em ti mesmo, que perderás o teu caminho, mas quando finalmente voltares a Mim, Scórpio, terei para ti o dom supremo da finalidade.

Abaixo (do lado direito da tela), a autoridade postal da República da Áustria emitiu em datas diferentes, quatro séries com quatro selos cada uma, compondo 16 selos, dos quais 12 mostram a Astrologia através dos signos do zodíaco e 4 selos celebram o Ano Novo do Horóscopo Chinês. Todos são auto-adesivos e foram emitidos em folhas de 8 selos, com valor facial de 0,55 € cada. As três primeiras séries foram emitidas no Ano do Galo. A quarta e última série foi emitida no Ano do Cachorro.

    1. Astroset I – 21/04/2005: Câncer, Gêmeos e Touro
    2. Astroset II – 22/07/2005: Leão, Virgem e Libra
    3. Astroset III – 24/10/2005: Capricórnio, Sagitário e Escorpião
    4. Astroset IV – 20/01/2006: Áries, Aquário e Peixes

Do lado esquerdo, série de 12 selos postais e mini-folhinha emitida pela República da Bósnia Herzegóvina em 15/04/2004, com valor facial de 0,50 centavos de Marco conversível cada selo, eles mostram os 12 signos do zodíaco.

Do lado direito, série de 12 selos postais e mini-folhinha emitida pela República da Hungria em 03/01/2005, com valor facial de 50 Florins húngaros cada selo, eles mostram os 12 signos do zodíaco.

Do lado esquerdo, série de 12 selos postais emitida pela Federação Russa em 21/04/2004, com valor facial de 5,00 Rublos cada selo, eles mostram os 12 signos do zodíaco.

volta ao topo

LUA EM ESCORPIÃO
Mãe poderosa ou super mãe.
A força interior do escorpiano para enfrentar condições precárias pode ser herança de uma vida como guerreiro mongol. Já sua compaixão com o sofrimento coletivo pode ter origem numa vida entre índios norte-americanos, quando era comum sacrificar os desejos pessoais em função das necessidades da tribo.
Dia: Paixões fulminantes, emoções a flor da pele, este dia é caracterizado por um clima de muito magnetismo e excitação. Além disso, há uma urgente busca de renovação, é um tempo de abandonar projetos antigos e superados. O espírito competitivo estará acentuado, assim como os desejos incontroláveis. As atitudes agressivas e audaciosas se farão presentes, para enfrentar situações de desafio. Cuidado com a desconfiança, que pode atrapalhar os negócios. Os assuntos místicos também estarão em evidência. Acentua a sensibilidade e aumenta o magnetismo pessoal. Os negócios que se relacionam a química, ferro e fogo estão favorecidos. Confere persistência e coragem.

Saturno em Escorpião: Constipação ou calcificação. Entregue-se a sentimentos mais nobres e profundos e você conhecerá o verdadeiro significado das coisas. Aqui a grande lição de Saturno é usar o poder sem egoísmo, evitando excesso de ambição. Transforme a agressividade em determinação. Dessa forma você conhecerá o sucesso pessoal.

Em vidas passadas, a pessoa deve ter se favorecido do sexo ou do poder para manipular e subjugar os outros. Seu desafio atual é vencer a insegurança, principalmente nos relacionamentos íntimos, e aprender a se entregar livremente, superando o medo de ser dominado.

Casa 8: É a casa das transformações, do renascimento, do sexo, dos impostos, das heranças e dos empréstimos. A crise, morte, transmutação, sonhos e faculdades extra-físicas, doações, a fortuna do cônjuge e dos associados, o oculto, o astral, a magia, o tipo de morte em vidas passadas, seguros de vida, a afirmação do passado, a transformação da mente, o valor social, é a casa das crises, do sentir profundo e de não sentir-se à altura do nível do outro.

2º eixo Touro - Escorpião: Posse, desejo, poder, controle, necessidade de segurança, necessidade de autocontrole, instinto de sobrevivência; Escorpião - dificuldade de lidar com a perda, excesso de estratégia; Touro - é na puberdade que há uma transformação na voz.

Saúde: Os órgãos genitais (masculinos e femininos), bexiga, vias urinárias e todo o sistema urinário, próstata, uretra, ânus, reto, matéria corante do sangue, nariz, cólon descendente, cóccix, glândulas endócrinas, ovários, testículos, e tem tendência a intoxicações. Qualquer repressão de energia sexual pode provocar atitudes desagradáveis. Eles não resistem a alimentos fortes demais, devem portanto comerem ameixas secas.

Exercício: Deitado de lado, com o cotovelo apoiado no chão, flexione as pernas para perto da barriga e depois estique, não toque as pernas no chão, faça quatro vezes alternadamente.

Personificação: Signo animal, fértil, mudo e agressivo. Os revolucionários, os mágicos, os bruxos, as pessoas que lidam com o poder, a direção, quem sabe o que quer, quem vai a fundo nas coisas, os políticos e estadistas. Representa a águia e a serpente. Significa a queda e a decomposição das flores, a morte da vegetação, a formação do humos.

Aparência: Signo de forte constituição, de pouca beleza e de olhos magnéticos.

Animal: Quadrúpedes grandes e carnívoros e aves de presa.

Profissão: psicólogo, detetive, policial, químico, médico, açougueiro, empresário, psiquiatra, esotérico, veterinário, agente funerário, biólogo, grafólogo, pesquisador, antiquário, executivo, criminalista, médico legista, especialista em comércio de armas, produtor de cinema, político, administrador, perfumista e todas as atividades que necessitam de alto grau de concentração.

Planeta: Plutão, o mensageiro do cosmos, isso o faz genial e brilhante, dono de uma incrível capacidade para trabalhar e fazer valer seus argumentos. Também representa o princípio da autoridade, da organização, dos recursos internos e da sexualidade. Também tem como co-regente o planeta Marte.

Qualidade: Fixa, estável e fluente.

Elemento: Água. Elemental: Ondinas e sereias.

Estação: O meio do outono.

Dia: Terça-feira.

Cor: Vermelho, escarlate, vinho, vermelho escuro, preto, azul, cinza e prateado.

Mineral: Água marinha, opala, obsidiana, rubi, kunzita, ágata, ágata de fogo e topázio.

Metal: Ferro.

Vegetal: Plantas espinhosas, picantes e venenosas, orquídea, a rosa-da-china (simboliza o amor voluptuoso), flor do limoeiro (expressão do desejo), avenca (representa o “sigilo”) e o jacinto silvestre.

Chakra: 1º e 2º.

Aroma: Almíscar, ópio, pinho, hortelã e eucalipto.

À mesa: Drinks requintados e boa culinária, são o seu forte. Devem evitar alimentos excitantes e defumados e ingerir muita água.

Nota musical: Dó.

Arcanjo: Samael.

Plano de vida: Astral.

Regente esotérico: Marte.

Missão esotérica: Enfrentar a hidra de nove cabeças.

Simbologia: Temido e venerado pelos antigos egípcios, era símbolo da fecundidade e da proteção. No ocidente cristão aparece como representação da inveja e do castigo divino. Apesar disso, está ligado ao número oito, que representa a alma e o equilíbrio.

Mitologia: Este signo está associado ao mito de Órion, o gigantesco herói, cuja constelação fica bem próxima de Escorpião. A Terra enviou um escorpião enorme de suas profundezas para punir a arrogância de Órion, que se considerava invencível em suas caçadas.

O signo de Escorpião está associado ao mito de Orion, deus guerreiro. Orion, acreditando em sua superioridade de caçador, resolveu desafiar Diana, a Rainha dos Boques, a fim de verificar quem apanharia um maior número de animais ferozes.

Diana fez sair da terra um escorpião cuja picada matou Orion em meio a dores insuportáveis. Diana entristecida pede a Júpiter que o catasterize, ou seja, transformá-lo em constelação.

Segundo outra versão Orion era filho de Netuno e tinha também a faculdade de andar sobre as águas.

Tarôt: A Morte. Tarôt Cigano: Adaga.

Runas: Tyr, Peorth, Uruz e Othila.

Escorpião Ascendente em:

  1. Áries: Dá extroversão, mais energia sexual e pode se tornar dominador, a impulsividade pode gerar insegurança e decepções para si mesmo.
  2. Touro: Aumenta a preguiça, no amor expressa seus sentimentos com menos receio de ficar vulnerável, muita energia e autoconfiança.
  3. Gêmeos: Capacidade intelectual redobrada, vida amorosa um tanto volúvel, dedicação extrema no que faz e carisma.
  4. Câncer: Pessoa mais amorosa, variações de humor, super sensibilidade, vive sonhando acordado.
  5. Leão: Pessoa muito auto-centrada, ambiciosa e autoritária, grande intuição e capacidade de liderança.
  6. Virgem: Maior equilíbrio, objetividade bem desenvolvida, tendência a analisar tudo com mais firmeza e decisão, pesará sempre os dois lados da situação.
  7. Libra: Magnetismo pessoal, maior sociabilidade, amor sincero, reforço do lado artístico, sensibilidade e requinte.
  8. Escorpião: Redobra as características, personalidade honesta e positiva, ou vingativa e egocêntrica, grande sensibilidade e intuição.
  9. Sagitário: Maior alegria, afetividade, grande sede de prestígio profissional e social, objetividade e praticidade, tendência a aventurar-se nos mais secretos desejos.
  10. Capricórnio: Maior introversão e ambição, sexualidade mais controlada e capacidade de justiça, seriedade e responsabilidade.
  11. Aquário: Personalidade mais atraente e sociável, excelente no amor, confusão e indecisão devido a atração por muitas coisas novas da vida.
  12. Peixes: Maior flexibilidade e idealismo, conflitos por excesso de ilusões, misticismo, sensibilidade e intuição.
Entrada principal !
Última atualização: 17/06/2013.
volta ao topo

LIBRA ASTROLOGIA
SAGITÁRIO