This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

ILHAS WALLIS E FUTUNA

Estatuto: Coletividade Ultramarina Francesa das ilhas Wallis e Futuna (collectivité d’outre-mer française)

Três estabelecimentos da República Francesa (FR) estão localizados no Oceano Pacífico – Oceania: Nova Caledônia, Polinésia Francesa e Wallis e Futuna. Na religião o Cristianismo tem o maior percentual (Catolicismo, Protestantismo) e a minoria professa de outras religiões... No sistema monetário (numismática) todos usam o franco do pacífico ou franco CFP / Franc Pacifique / CFP franc (XPF). Todos têm como idioma oficial o francês (girafe), mas dialetos e línguas polinésias (Polynesian) são faladas...

A bandeira oficial de Wallis e Futuna é a Bandeira Nacional da República Francesa. Uma bandeira não-oficial é utilizada, a qual apresenta um sautor vermelho ou cruz de Santo André (símbolo heráldico na forma de uma cruz diagonal ou letra X), sobre um quadrado branco, que por sua vez está contido em um campo vermelho (por vezes, uma cruz pátea maior é usada). A cruz está um pouco chegada ao batente (a cruz pátea fica também ligeiramente para baixo); a bandeira da França contornada a branco localiza-se no quadrante superior da tralha...

Wallis-et-Futuna, Îles Wallis et Futuna (francês) – Wallis and Futuna Islands (inglês) – Wallis y Futuna (espanhol)
Capital – Mata-Utu.
Área: 274 km² | População (2008): 13.445 habitantes | Gentílico: wallisiano, futunês
Idiomas: wallisiano-oriental ou ouvéa (nome nativo: Faka’uvea, Fakauvea ou ʻUvea / francês: wallisien / inglês: Wallisian, East Uvean) e futunês (nome nativo: Fakafutuna / francês: futunien / inglês: Futuna-Aniwan, East Futunan).

É o único território francês que não está subdividido em comunas ou municípios. Habitado por povos polinésios, mantém uma divisão constituída por três monarquias tradicionais: o reino do arquipélago de Wallis e os dois reinos que dividem o arquipélago de Futuna (Sigave e Alo). Além do administrador-chefe, indicado pela França, o território é dirigido por um conselho de seis membros, que inclui os três reis. Há ainda uma Assembleia Territorial de 20 membros eleitos pela população.

O território constitui um arquipélago de 22 ilhotas e 3 ilhas principais: Wallis, Futuna e a desabitada Alofi. Mais de 2.000 km as separam da Nova Caledônia. Esse conjunto está situado na Polinésia Ocidental, a leste da Austrália, rodeado por Tuvalu (norte), Fiji (sul), o arquipélago de Samoa (leste) e as ilhas Tonga (sudeste).

O arquipélago de Wallis, localizado cerca de 200 km de Futuna, é composto por uma ilha principal, a ilha de Wallis (96 km²) ou Uvea (nome polinésio dado à ilha por seus habitantes, cuja pronúncia é Ouvéa) – onde está situada a capital – e várias ilhotas coralíneas. Foi nomeada pelo Capitão inglês Samuel Wallis, quem a descobriu em 1767. Em 1886, tornou-se um protetorado francês.

Já o arquipélago das ilhas de Futuna (îles Horn ou îles Futuna) é composto por duas ilhas separadas por um canal de 2 km: Futuna (64 km²) e Alofi (51 km²). Descobertas em 1616 por navegadores holandeses que as nomearam “îles Horn” (como o Cabo Horn que tem a mesma origem), mas deve seu nome ao porto holandês de Hoorn – de onde eles partiram.


História

As ilhas que formam Wallis e Futuna são ocupadas no século XII por imigrantes polinésios de Tonga e Samoa. Tornam-se território francês em 1842, como dependências da Nova Caledônia.

Após plebiscitos realizados nas ilhas, em 1959, o arquipélago adquire a condição de território ultramarino em 1961, com estatuto próprio.

Uma estação de comunicação por satélite é inaugurada em 1989, ano em que o governo francês anuncia a ajuda adicional para a pesca e para a agricultura das ilhas.

No início da década de 90, a economia local também se beneficia com a expansão do setor de construção civil e de obras públicas, e ainda com a fundação do Banco de Wallis e Futuna, em 1991.

Nessa época, porém, estima-se que a escassez de empregos no arquipélago tenha levado mais da metade da população a migrar para a Nova Caledônia.

Em um plebiscito em 1992, 76,5% dos eleitores aprovam a integração à União Europeia. Nas eleições desse ano, o partido Tumu’a Lelei conquista a maioria na Assembleia Territorial.

Em 1994, uma greve geral protesta contra a alta do custo de vida e contra o sistema de ensino, considerado inadequado. Em janeiro de 1996, a recusa de dez membros da assembleia em aprovar o orçamento anual de US$ 20 milhões (cerca de US$ 4,5 milhões inferior ao do ano anterior) gera instabilidade política.


Selos são emitidos pelas Ilhas Wallis e Futuna desde 1920.

O primeiro selo foi emitido em 1920 (Scott: 1), com valor facial de 1 centime (preto sobre verde), ele foi remarcado com a sobrecarga “ILES WALLIS et FUTUNA” no primeiro selo exclusivamente impresso com o nome do território francês Nova Caledônia, datado de 1905.

O primeiro selo impresso com o nome da ilha foi emitido em 1944 (Scott: 127, SG: 126), com valor facial de 5 centimes.

Outras emissões:
1983 – Scott: C125. Niépce – fotógrafo pioneiro.

Standard ISO: WF – Adesão UPU: ?

La Philatélie à Wallis et Futuna
adminspt@wallis.co.nc – www.wallis.co.nc/philatelie/index.htm

Entrada principal !
Última atualização: 22/04/2014.
volta ao topo

ILHAS PITCAIRN PAÍSES DA OCEANIA
NOVA CALEDÔNIA