This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

NOVA ZELÂNDIA (1947)

Animal-símbolo: Quiuí (Apteryx)
Árvore Nacional: Samambaia-prateada, uma espécie de feto arbóreo (Cyathea dealbata), em inglês Silver Tree Fern, em maori é chamada de Kaponga ou Ponga, cuja folha é utilizada na base do Brasão de Armas e no logotipo da equipe de rugby da Nação, entre outros. Outra árvore considerada emblema é a metrosídero ou árvore-de-fogo, conhecida pelo nome maori de Pohutukawa (Metrosideros excelsa), também chamada de árvore-de-natal-neozelandesa (New Zealand’s Christmas Tree), não por sua folhagem ou forma, mas porque produz flores vermelhas brilhantes na época do Natal (verão no Hemisfério Sul).
Flor Nacional (não oficial): Kowhai (Sophora spp.) é uma árvore nativa com flores amarelas em cascata.
Lema: “AVANTE!” (“Toujours Droit”)

O país utilizou o mesmo Brasão de Armas do Reino Unido até 1911, quando foi instituído o seu próprio Brasão, com pequenas modificações em 1956. Desde o primeiro, o Escudo central permaneceu inalterado: um escudo esquartelado contendo no primeiro quarto quatro estrelas representando a Constelação Cruzeiro do Sul (como na bandeira neo-zelandesa, mas com diferentes proporções); no segundo quarto a pele macia de uma ovelha indicando a indústria da pecuária; no terceiro um punhado de trigo simbolizando a agricultura; e no quarto dois machados representando a mineração e a indústria. No meio há uma pala em forma de tira com três navios que fazem referência ao comércio naval e aos imigrantes que formaram o povo neozelandês. O escudo é sustentado por duas figuras, tenentes: uma Dama de feições europeias segurando a bandeira da Nova Zelândia no lado esquerdo e um Guerreiro maori segurando a taiaha (arma de guerra maori) no lado direito. No topo há uma Cruz de São Eduardo, e abaixo, dois ramos de Cyathea dealbata e um listel contendo o nome do país em inglês.

O selo postal “Nouvelle-Zélande” (WNS nº. UN223.06) foi emitido pela Organização das Nações Unidas (Post United Nations Geneva) em 5/10/2006 e compreende uma série de oito valores sobre “Coins and Flags”, ele mostra a Bandeira Nacional da Nova Zelândia. A constelação mais representativa do Hemisfério Sul é a Cruzeiro do Sul que, além do Escudo Brasileiro, integra as Bandeiras Nacionais do Brasil, Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné e Samoa Ocidental.

Nueva Zelanda – New Zealand, Neuseeland
Capital – Wellington (localidades).
Moeda (numismática) – dólar neozelandês (New Zealand dollar). Código internacional ISO 4217: NZD.
Religião – Cristianismo 56,3% (anglicanos 21,4%, presbiterianos 16%, católicos 14,8%, metodistas 4,1%), sem filiação 19,7%, outras 24% (1991).
Chefe de Estado – Rainha Elizabeth II do Reino Unido representada pela Governadora Geral: Dame Silvia Cartwright, nomeada em 2001, ela foi a primeira mulher na NZ a ser nomeada juíza da High Court (cargo similar do presidente do Supremo, no Brasil). A Primeira Ministra (Chefe de Governo) do país é Helen Clark, reeleita em 2005 para o próximo mandato de três anos (terceiro mandato consecutivo dela).

Territórios da Nova Zelândia, incluindo a Dependência Ross (Ross Dependency):
Ilhas Cook – Cook Islands (Aitutaki e Penrhyn)
Niue
Toquelau

No lado oposto do globo, é a ex-colônia britânica que reproduz com maior fidelidade as instituições políticas do Reino Unido, terra de origem de grande parte de seus habitantes.

A população está concentrada na ilha do Norte, onde se encontra a capital, Wellington. Com amplas áreas de pastagem, a Nova Zelândia produz lã, carne bovina e de carneiro.

Abaixo (lado esquerdo), um selo de 1923 (Scott: 175) que mostra o mapa da Nova Zelândia. O selo central mostra o mapa das 200 Milhas de Zona Econômica Exclusiva da Nova Zelândia. Do lado direito, um selo (Scott: 649) que mostra o mapa com as coordenadas geográficas do país.

Scott: 668.
volta ao topo

História

Os primeiros moradores do arquipélago da Nova Zelândia são os maoris – indígenas polinésios que ali chegam por volta do século X... O país é descoberto em 1642 pelo explorador holandês Abel Tasman. Mas é o inglês James Cook quem reivindica as ilhas para a coroa britânica em 1769.

Em 1791, a Grã-Bretanha reclamou a posse das Ilhas Chatham (Chatham Islands) – nome derivado do primeiro navio que aportou na ilha. A população nativa era de Maoris que havia se instalado a centenas de anos atrás.

Atualmente, a ilha pertence a Nova Zelândia, mas tem um conselho distrital com autoridade territorial separada. O selo abaixo, emitido em 1989 (Scott: 950), reconhece a tradição Maori e mostra o mapa de um grupo de ilhas.

Missionários britânicos instalam-se no território em 1814. Em 1840, o Tratado de Waitangi garante aos maoris a posse das terras de seus ancestrais... No entanto, o acordo é violado pelos colonizadores britânicos, provocando guerras sangrentas entre os brancos e os maoris. Os nativos são derrotados e expulsos de suas terras, gerando um litígio que persiste até hoje...

Abaixo, uma emissão de 1990 (Yvert: B72) sobre os 150 Anos do Tratado de Waitangi (1840-1990).

Garantias sociais

A forte presença de ativistas sindicais entre os imigrantes britânicos faz da Nova Zelândia um dos primeiros países a adotar políticas de bem-estar social – uma série de leis regulando aposentadoria, educação, assistência médica e outros benefícios aos trabalhadores aprovada a partir de 1898.

Em 1907, a Nova Zelândia torna-se nação autônoma dentro da Comunidade Britânica, obtendo a independência em 1947. Mesmo aliada do Ocidente, a Nova Zelândia tem-se destacado nas últimas décadas por sua oposição aos testes nucleares no Pacífico.

Em 1985 eclode uma crise diplomática com a França em consequência do afundamento, no porto neozelandês de Auckland, do navio Rainbow Warrior, da organização ecologista Greenpeace, que supervisionaria os testes nucleares franceses no atol de Mururoa.

Ajuste econômico

As eleições de 1990 dão maioria aos conservadores liderados por James Bolger, do Partido Nacional da Nova Zelândia (NP), após seis anos de governo do primeiro-ministro trabalhista David Lange. O governo de Bolger aplica um drástico programa de ajuste econômico. Nas eleições parlamentares de outubro de 1996, o partido governista conquista 44 das 120 cadeiras.

Dois meses depois, estabelece coalizão com o partido nacionalista Nova Zelândia Primeiro – uma dissidência do NP, formada em 1993. Bolger renuncia ao cargo de primeiro-ministro e à liderança do NP no início de novembro de 1997. O novo primeiro-ministro do país, Jenny Shipley, assume em 8 de dezembro.

Zona não-nuclear

Em março de 1996, EUA, Reino Unido e França estabelecem um tratado que torna o Pacífico Sul zona não-nuclear. Com o acordo melhoram as relações com os EUA, que haviam sido abaladas pela política neozelandeza de proibir a passagem pelas águas do país de navios de guerra norte-americanos com armas nucleares. O tratado também atenua o conflito com a França, motivado pelos testes nucleares franceses no vizinho atol de Mururoa...
volta ao topo


Selos são emitidos pela Nova Zelândia desde 1855.

A primeira série (1855-1872) é conhecida por “Chalon Head” – nome dado ao retrato da rainha Vitória usado nos selos de várias colônias. Este nome deriva de Alfred Chalon – o artista que pintou o retrato. O mesmo retrato foi utilizado nos selos da ex-colônia Nova Escócia (Canadá), Bahamas, Granada, Queensland (Austrália),entre outras.

O primeiro selo postal é chamado de “Chalon Head”, foi emitido no dia 18? ou 20/07/1855 (Scott: 1), com valor facial de 6 pence (vermelho), o qual na imagem acima está em P&B, mas ele é bem parecido com as imagens mostradas no interior dos selos (abaixo), embora de valor diferente...

Do lado direito da tela, selo emitido em 1980 quando se comemorou os 125 anos do primeiro selo postal. Do lado esquerdo, selo emitido em 2005 quando se comemorou os 150 anos – sesquicentenário do primeiro selo neozelandês!

1980 - SG:1210.


FILATELIA

Europeus bretões 86%, maoris 10%, samoanos e ilhéus do Pacífico 4% (1996), compõem a população de nacionalidade neozelandesa. O idioma oficial é o inglês, mas o maori é bastante falado.

► “Girafa” em diferentes línguas na Nova Zelândia – giraffe (inglês) – hirawhe (maori)
► Girafas no Zoológicos da Nova Zelândia

Girafas em Artes FolclóricasTatuagem


1994

16/08/1994 – Série com 10 valores iguais de 45 centavos cada: “Wild Animals” (Animais Selvagens). Os selos mostram a fauna de vários continentes, cujo respectivo mapa topográfico de cada animal está identificado. Yvert: 1309/1318, BF 97. Scott: 1227/1236, bloco 1236b. US$7

Wild animals have always been a source of fascination and awe with children, which is why this issue has been created to coincide with Stamp Month. After careful consideration these ten wild animals of the world were chosen, because of their appeal and educational value to children. One of the primary objectives of Stamp Month is to foster an interest in stamps among children. This issue will be one of the most visible vehicles used and will be promoted with the help of Sanitarium. Stamps and first day cover designed by Denise Durkin of Wellington.

Animais selvagens sempre tem sido uma fonte de fascinação e admiração entre crianças, motivo pelo qual esta emissão foi criada para coincidir com o Mês do Selo. Depois de cuidadosa avaliação, 10 animais selvagens do mundo foram escolhidos, devido aos valores educacionais que eles exercem sobre as crianças. Um dos principais objetivos do Mês do Selo é promover o interesse de selos entre as crianças. Esta emissão será uma das mais usadas em veículos de divulgação e será promovida com a ajuda de SANITARIUM. Os selos e o envelope de primeiro dia foram desenhados por Denise Durkin, de Wellington.

FDC SANITARIUM e selo da girafa com valor facial de 45 centavos (n.1309).


(96k)

A mini-folhinha com 6 selos mostra o logotipo “PHILAKOREA 1994” e comemora a Exposição Filatélica Mundial, ocorrida na Coreia do Sul entre 16 a 25 de agosto de 1994.

Do lado esquerdo, Livro Animais Selvagens, com pôster. A foto com a subespécie girafa-reticulada (Giraffa camelopardalis reticulata) impressa no máximo-postal (lado direito) foi utilizada no ano seguinte em um selo da República da Libéria...

volta ao topo

Outras emissões:
PERNHYN: Nova Zelândia. N. Z.: Nova Zelândia.
1979 – Scott: B105a: Mini Sht.of 6 Underwater Photography.

Standard ISO: NZ – Adesão UPU: 01/10/1907

New Zeland Post Office
csc.help@nzpost.co.nz – www.nzpost.co.nz/Cultures/en-NZ/
New Zealand Stamps – www.stamps.co.nz
New Zealand Post – www.stamps.nzpost.co.nz

New Zealand Philatelic Federation Inc.
webmaster@nzpf.org.nz – www.nzpf.org.nz

Post Ross Dependency – Stamp issuing authority New Zealand Post

Kadine Stamps
PO Box 3382, New Plymouth – New Zealand
Email: stamps@kadine.com – WebSite: www.kadine.com
PO Box 3382, New Plymouth, New Zeland
Phone: 06 759-8212 / Fax: 06 755-2188
PS: No Ebay ou no TradeMe (www.trademe.co.nz), utiliza o nome “Kadinenz”.

Entrada principal !
Última atualização: 27/01/2013.
volta ao topo

NAURU PAÍSES DA OCEANIA
PALAU