This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

COMUNIDADE DA AUSTRÁLIA (1942)
ex-Nova Holanda

Animal-símbolo (não oficial): Canguru-vermelho (Macropus rufus) | Ave Nacional (não oficial): Emu (Dromaius novaehollandiae)
Árvore Nacional: Acácia-dourada / Golden Wattle (Acacia pycnantha)
Lema: Não tem... | Hino Nacional: “Advance Australia Fair” | Pedra Nacional: Opala

Brasão de Armas: Símbolos de seis estados da Austrália aparecem juntos no centro do Escudo, cuja borda simboliza a federação. São eles: New South Wales (Cruz de São Jorge com um leão e quatro estrelas), Victoria (Coroa Imperial e a constelação Cruzeiro do Sul), Queensland (Cruz de Malta azul encimada por uma Coroa Imperial), South Australia (Piping Shrike, uma espécie de pássaro australiano, talvez Gymnorhina tibicen), Western Australia (cisne-negro) e Tasmania (leão vermelho caminhando para à direita). O Brasão de Armas da Austrália, formalmente conhecido como Commonwealth Coat of Arms, é o símbolo oficial da Austrália. O primeiro foi permitido pelo Rei Edward VII em 07/05/1908, e a versão atual foi concedida pelo Rei George V em 19/09/1912, embora a versão de 1908 continuou a ser usada em alguns contextos, particularmente aparecendo na moeda de seis centavos até 1966. Como suportes do Escudo apresenta o Canguru e o Emu, não só devido ao fato de que ambos os animais são nativos da fauna australiana, mas também pelo fato deles não poderem andar para trás, indicando que a Austrália continuará a avançar sempre. O topo é adornado por uma estrela dourada de sete pontas, seis delas representam os estados australianos e a outra representa os territórios. Dois ramos floridos de acácia-dourada aparecem de fundo e um pergaminho na base contém o nome do país.

Bandeira Nacional da Austrália: É constituída por três elementos sobre um campo azul: uma pequena bandeira do Reino Unido, a Union Jack, aparece no cantor superior esquerdo reconhecendo o vínculo histórico com a Inglaterra; um conjunto de cinco estrelas, o Cruzeiro do Sul, representa a localização geográfica da Austrália no mundo; e por último uma grande estrela com sete pontas, conhecida como Estrela da Federação ou Estrela da Comunidade (Commonwealth Star), representa o sistema federal de governo da Austrália. Originalmente, essa estrela tinha seis pontas (para os seis estados), mas em 1908 uma sétima ponta foi adicionada para representar os territórios da Comunidade da Austrália.

Fonte: Australian Government (http://australia.gov.au/about-australia/our-country/our-national-symbols).

O selo postal abaixo (do lado esquerdo da tela), “Australia” (WNS nº. UN119.06), foi emitido pela Organização das Nações Unidas (Post United Nations New York) em 5/10/2006 e compreende uma série de oito valores sobre “Coins and Flags”. Ao lado, dois lindos selos postais emitidos em 07/01/2003 (numa série de 10 valores), com valor facial de 0,50 centavos de dólar australiano cada, ambos mostram o Cruzeiro do Sul entre outros elementos, como a Bandeira Nacional, canguru e o mapa de localização do país no Globo Terrestre. A constelação mais representativa do Hemisfério Sul é a Cruzeiro do Sul que, além do Escudo Brasileiro, integra as Bandeiras Nacionais do Brasil, Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné e Samoa Ocidental.

Australie – Australien
Nome oficial – Commonwealth of Australia (sigla “C of A”) ou Comunidade Britânica da Austrália.
Capital – Canberra (assim com a letra “n”).
Religião – Cristianismo 74% (católicos 27,3%, anglicanos 23,8%, Igreja Unitária e Metodista 8,2%, presbiterianos 4,3%, outros protestantes 7,6%, ortodoxos 2,8%), sem filiação 12,9%, outros 13,1% (1991). Também Bahaísmo (Templo da Fé Bahá’í).
Moeda (numismática) – dólar australiano (Australian Dollar). Código internacional ISO 4217: AUD. Em 07/2010 AUD 1.00 = R$ 1,59 (+/-).
Chefe de Estado – Rainha Elizabeth II do Reino Unido, representada pelo governador geral.
Chefe de governo – Primeiro-ministro.

Territórios administrados:
Ilhas Cocos – Cocos (Keeling) Islands
Ilha Natal – Christmas Island
Ilha Norfolque – Norfolk Island

Outras espécies da flora que são consideradas símbolos oficiais (Floral Emblem):
Australian Capital Territory: Royal Bluebell (Wahlenbergia gloriosa)
New South Wales: Waratah (Telopea speciosissima)
Northern Territory: Sturt’s Desert Rose (Gossypium sturtianum)
Queensland: Cooktown Orchid (Dendrobium phalaenopsis)
South Australia: Sturt’s Desert Pea (Swainsona formosa)
Tasmania: Tasmanian Blue Gum (Eucalyptus globulus)
Victoria: Common Heath (Epacris impressa)
Western Australia: Red and Green Kangaroo Paw (Anigozanthos manglesii)

Sexto país em extensão territorial, a Austrália possui grande diversidade de paisagem natural: florestas tropicais, montes nevados e muitas praias. Ao longo da costa nordeste fica a maior formação de corais do mundo. O centro e o oeste do país são dominados por desertos.

Embora apenas 10% de suas terras sejam aráveis, a Austrália exporta grande quantidade de trigo e frutas. É também líder mundial na produção de diamante, lã e bauxita, e seu parque industrial está em crescimento. O turismo, em expansão, é beneficiado pela escolha da cidade de Sydney como sede dos Jogos Olímpicos do ano 2000.


História

Quando o explorador inglês James Cook desembarca no país, em 1770, a Austrália é habitada exclusivamente por aborígines. Fundada como New South Wales em 1788 (referência ao País de Gales), transforma-se em colônia penal, para onde são mandados os criminosos ingleses... O país nasce como um grupo de colônias isoladas, com o povoamento concentrado no leste e no sul.

Em 1830, o Reino Unido declara sua soberania sobre a ilha e, nove anos depois, deixa de enviar prisioneiros. A população cresce com a chegada maciça de imigrantes ingleses, escoceses e irlandeses. A transformação de vastas regiões em pastagens de carneiro e a corrida do ouro, na segunda metade do século XIX, lançam as bases para o desenvolvimento econômico. Entretanto, quase levam ao extermínio as comunidades aborígines.

Thomas Mitchell (1792-1855) fez muito para o desenvolvimento da ex-Colônia de Queensland. Ele deixou estradas, pontes, cidades e desenvolveu muito da região leste. Em 1846, ele realizou uma longa jornada de um ano pelo interior. Essa expedição levou ao descobrimento e a abertura de ricas áreas de pastagem no centro de Queensland. Depois de nomear o rio Vitória, ele retornou a Sydney.

Em 1901, a Austrália adota uma estrutura federativa e o sistema parlamentar. Nas duas guerras mundiais fica ao lado do Reino Unido. Independente desde 1942, continua a ter como chefe de Estado formal o soberano da Inglaterra.

O selo (abaixo, lado direito da tela), emitido em 1946 (Scott: 203), comemora o centenário da exploração de Mitchell ao interior da ex-colônia Queensland (1846-1946). No mesmo ano, remarcado em um selo da Austrália, foi emitido o primeiro selo da ocupação pelas forças japonesas “B.C.O.F. Japan 1946” – British Commonwealth Occupation Force Japan (“BCOF”: sigla usada para identificar a Força Japonesa de Ocupação da Comunidade Britânica), com valor facial de ½d , (lado esquerdo da tela; Scott: M1, SG: J1).

A imigração intensifica-se no pós-guerra com a chegada, entre 1945 e 1973, de 3 milhões de europeus, metade de origem inglesa. Em 1973, o país revoga as leis racistas que impediam a imigração de não-brancos, favorecendo a instalação de asiáticos e nativos das ilhas do Pacífico.

Nas últimas décadas, três partidos têm-se alternado no poder: Trabalhista (ALP), Liberal (LPA) e Nacional (NAP). Surgem, porém, novas forças políticas, como os democratas, que enfatizam a defesa do meio ambiente. As novas agremiações também incluem em sua plataforma a defesa dos aborígines, que, apenas a partir de 1970, começam a lutar por seus direitos.

Em dezembro de 1992 ocorre uma vitória significativa: no debate mais longo (50 horas) do Senado australiano é aprovada a Lei de Títulos Nativos, que permite aos aborígines reivindicar até 10% das terras australianas...
volta ao topo


História Postal

Os Primeiros Selos Australianos foram emitidos por colônias individuais... As 6 ex-Colônias Britânicas se juntaram para criar uma nova nação em 1901... Selos são emitidos pela Austrália (unida), Confederação dos Estados Australianos, desde 1912.

Em 1912, o selo “Mapa da Austrália e Canguru” surgiu e, imediatamente, o assunto virou controvérsia tanto no país como fora dele – a nova nação não havia colocado o rei da Inglaterra, mas sim o canguru australiano em seu primeiro selo!

Entretanto foi “entendido” como uma atração turística..., afinal o canguru foi considerado símbolo do país desde sua colonização... O primeiro selo postal “Mapa da Austrália e Canguru” em bom estado custa, aproximadamente, quatro mil dólares!

Abaixo, os números Scott: 1 e 2, ambos emitidos em 1912, considerados os primeiros selos oficiais australianos, o primeiro com valor facial de meio pêni verde (½d, Half Penny) e o segundo com valor facial de um pêni vermelho (1d, One Penny).


CURIOSIDADE

1957 – “50 Years of Christmas Stamps”

Parece que o primeiro selo do mundo alusivo sobre o Natal foi emitido em 1957, como mostra o selo abaixo, datado de 01/11/2007 com valor facial de 50 centavos, emitido em comemoração ao cinquentenário do selo “CHRISTMAS 1957”.


FILATELIA

Europeus meridionais e setentrionais 95%, asiáticos 3,5%, grupos étnicos autóctones 1,5% (1996), compõem a população de nacionalidade australiana. O idioma oficial é o inglês.

► “Girafa” em diferentes línguas na Austrália – giraffe (inglês)...
► Girafas em Zoológicos da Austrália

A atuação do movimento pelos direitos dos animais teve um aumento significativo a partir da publicação, em 1975, do livro Animal Liberation, do filósofo australiano Peter Singer...

Página sobre a Declaração dos Direitos do Animal


1980

30/04/1980 – Envelope de primeiro dia sobre a ZOOPEX 1980, ocorrida entre 26/04 a 04/05. Com ilustração do Zoológico Taronga, o FDC foi selado com um canguru e obliterado em Mosman, no estado New South Wales (NSW).

NT


1981

01/01/1981 – Série de 7 EPS envelopes postais pré-pagos sobre o Zoológico “Western Plains Zoo” (que tem como logotipo a silhuetas de 3 girafas), localizado na cidade de Dubbo, no estado New South Wales (NSW), carimbo ilustrado com cabeça de girafa!

Outro FDC com cachê em belo desenho da cabeça de uma girafa e o mesmo carimbo girafa do zoológico “1 Jan 1981 Western Plains Zoo Dubbo N.S.W. 2830”.

A série sobre espécies de animais ameaçados de extinção foi obliterada poucos meses depois, com carimbo em outra data: 01/07/1981, cujo envelope abaixo também foi ilustrado com girafa.

Na coleção há outro envelope com cachê colorido, similar ao carimbo, obliterado em 15/06/1983 e circulado para Darwin, porte pago com 4 selos, perfazendo um total de 19 centavos (peça adquirida de Claudio em 30/01/10). Abaixo, outro carimbo, bastante similar, datado de 30/03/1988, sobre aerograma (contribuição de António em 25/10/07).


1994

28/09/1994 – Série de 5 valores mais 1 bloco: “Zoos Endangered Species” (Espécies de Animais em Perigo de Extinção). Os selos mostram animais do zoológico, sendo que 4 deles têm valor facial de 45 centavos cada: arara-canga (Scarlet Macaw), guepardo (Cheetah), iguana (Fijian Crested Iguana), orangotango (Oran-utan) e, o último selo, com valor facial de 1 dólar australiano, mostra elefante-asiático (Asian Elephant), rinoceronte (Rhino) e duas girafas (Giraffes) ao fundo. Yvert: 1388/1392, B 23. Scott: 1385/1389, B 1391a-e.

Contribuição de Seme, em 19/02/05. Veja o FDC!

Nota: Existem 4 sobrecargas que foram aplicadas sobre o bloco, cujas inscrições estão indicadas abaixo. Numeração: 1389a (Not Overprinted), 1389b (OP Brisbane stamp show), 1389c (OP Sydney stamp show), 1389d (OP Melbourne stamp show) e 1389e (OP Fremantle stamp show).

Sydney Stamp and Coin Show
30/09/1994 to 02/10/1994

Brisbane Stamp Show Zoos
October 21-23 1994

Stampshow 94 Melbourne October 27-30
National State Centennial Exhibition 1894-1994

Stamp Show 94
Fremantle Convention Center 5-6 November 1994


(85k)


200?

Inteiro postal pré-selado emitido em 2007?... Prestamped postcard – postal stationary for international use ($1,95 – International Post)... “Greetings from Taronga Zoo”, com ilustração do Zoológico Taronga...


2012

28/09/2012 – Série de 7 valores, “Australian Zoos”, cujas imagens mostram close-ups de sete animais de alguns dos maiores zoológicos da Austrália. Set of stamps (7 sheet of 50) + miniature sheet of 7 designs. Denominations: 7 × 60c (0.60 AUD). Stamp design: Simone Sakinofsky. Printing process: Lithography. Stamp issuing authority: Australia Post. Printer: EGO & McKellar Reknown.

10/01/13: Oi querido, Finalmente seu pacote foi despachado hoje! Recibos anexos, total em AUD 67.55 × 2.17 = R$ 147,00 reais. Beijos. Tudo foi despachado da agência postal Mandurah (Mandurah Post Office). Mandurah (mandurah.wa.gov.au) é uma cidade localizada no estado Austrália Ocidental (Western Australia), a 72 km ao sul de Perth, capital do estado. O nome Mandurah é de origem nativa, mas como os nomes aborígenes são bem longos, normalmente, o simplificado ficou Mandurah. O nome original é Mandjoogoordup e significa “ponto de encontro do coração”. Nota: É o subúrbio onde fica o escritório, 30 km ao sul do meu bairro... 26/01/13: Dia em que o pacote chegou.

Set of stamps (9 312650 508456; $4.20) + Minisheet ($4.20)
Nota: Na coleção tem o selo avulso com margem inferior.

Maxicard set (9 312650 508470; $9.45)

Como a série de máximos postais foi obliterada na cidade de Parkville, VIC 3052 (Victoria), com a imagem de um tigre no carimbo, então o único verdadeiro máximo postal desta série é do tigre, isto é, só essa peça tem concordância entre os três elementos do máximo postal, pois o carimbo mostra também os nomes da cidade e do estado, o selo mostra o tigre-de-sumatra do Melbourne Zoo e a foto do cartão-postal igualmente retrata um tigre-de-sumatra do Zoológico Melbourne, localizado em Parkville, no estado Vitória.

1. Sumatran Tiger (tigre-de-sumatra) – Melbourne Zoo. Melbourne Zoo was Australia’s first zoo. It was established 150 years ago at Royal Park. It is now involved in numerous international endangered species breeding programs, such as the captive breeding program for the Sumatran Tiger, as well as in conservation campaigns aimed at inspiring the community to take action on behalf of wildlife and the environment. The Sumatran Tiger is a critically endangered species, native to the Indonesian island of Sumatra’s rainforest. There are currently five Tigers at the zoo, including four adorable cubs born in February 2010.

2. Wedge-tailed Eagle (águia-rabo...) – Healesville Sanctuary, Vic. Healesville Sanctuary in Victoria opened in 1934, is dedicated to the conservation of native fauna, including the Platypus, Tasmanian Devil and Leadbeater's Possum. The sanctuary’s oldest animal, as well as one of its most popular, is Jess the Wedge-tailed Eagle. This year in 2012, Jess will celebrate his 41st birthday. He has performed more than 120,000 times in the spectacular Spirits of the Sky presentation, with his thrilling aerial displays demonstrating his magnificent flight and hunting skills. The presentation also includes other Australian raptors (birds of prey) and parrots.

3. Sumatran Orangutan (orangotango-de-sumatra) – Perth Zoo, WA. Perth Zoo, established in 1898, is a Western Australian icon which is active in local, regional and international conservation projects. The zoo has special expertise in breed-for-release programs for threatened species such as the Sumatran Orangutan; one of the world’s most endangered primates. Perth Zoo is a world leader in breeding Sumatran Orangutans and has funded an Orangutan sanctuary at Bukit Tigapuluh, in Sumatra, as part of an international conservation program.

4. Giant Panda (panda-gigante) – Adelaide Zoo, SA. Established in 1883, Adelaide Zoo is home to over 300 species of exotic and native mammals, birds, reptiles, amphibians, fish and invertebrates, including the only Giant Pandas in the Southern Hemisphere, Wang Wang (meaning Net Net) and Funi (meaning Lucky Girl). It is hoped that the pair will breed successfully at Adelaide Zoo, contributing to the small surviving population. Today, there are only 1,600 Giant Pandas living in the wild in south-western China.

5. Giraffe (girafa) – Taronga Zoo, NSW. Since 1916, Sydney’s Taronga Zoo has been renowned for its care of wildlife, as well as its vital wildlife conservation, education and breeding programs. Visitors can see and learn about over 3,500 animals, from Feather-tail Gliders to Asian Elephants and Giraffes. Giraffes are found throughout Africa, south of the Sahara Desert. Unfortunately, their numbers have fallen to less than 80,000 individuals, classifying the Giraffe as conservation-dependent.

6. Saltwater Crocodile (crocodilo-de-água-salgada) – Australia Zoo, Qld. Australia Zoo, on Queensland’s Sunshine Coast, is the largest privately owned zoological facility in Australia. Today, Australia Zoo directly contributes to many conservation projects within Australia and overseas. Australia Zoo is best known for its Saltwater Crocodiles, made famous by Steve Irwin (The Crocodile Hunter) and his widow Terri. The Saltwater Crocodile is the largest of all living reptiles. Mature males can exceed six metres in length. Saltwater Crocodiles are found in northern Australia and the population is estimated at somewhere between 100,000 and 200,000 adults.

7. Black Rhino (rinoceronte-africano-negro) – Taronga Western Plains Zoo, NSW. Taronga Western Plains Zoo opened in Dubbo in 1977 and was Australia’s first open range zoo. The zoo plays an important role in education and the conservation of wildlife, such as the critically endangered Black Rhino, a native of the eastern and central regions of Africa. The zoo has enjoyed a successful Black Rhino breeding program for over two generations. The newest addition is Kufara, a female, born in February 2010.

Booklet 20 × 60c (9 312650 507848; $12.00)

O Booklet (caderneta, brochura, folheto) tem 20 selos autoadesivos que mostram alternadamente 6 animais da série, faltando apenas o selo do tigre, cujo tamanho é maior. A peça tem a mesma quantidade de selos girafa que a faixa (Gutter strip): 4. A foto da girafa é de Lorinda Taylor, cortesia da Sociedade de Conservação: Taronga Conservation Society Australia. A foto do panda é de David Mattner do Zoológico de Adelaide. Notas: Quando encomendei a caderneta estava esgotada, embora no website ainda a tinha para venda... No entanto, adquiri a peça de D. Mirian em 28/01/13. Na coleção também tem uma tira horizontal autoadesiva da caderneta.

Memory card games (9 312650 146528; $12.95) + Gutter strip Giraffe-Rhino (9 312650 119850; $6.00)

O “Jogo da memória zoológicos australianos” vem acondicionado em uma linda latinha de metal (a imagem abaixo, do lado esquerdo da tela, retrata a tampa da lata), cujo verso traz impresso um pequeno texto com as instruções de uso (compilado a seguir), e com 36 cartas, sendo duas cartas para cada um dos 18 bichos: Bear, Crocodile, Eagle, Elephant, Giant Panda, Giraffe, Hippopotamus, Koala, Lion, Meerkat (suricata), Monkey (orangotango), Parrot, Rhinoceros, Seal, Snake, Tiger, Tortoise e Zebra. Nota: Parece mentira... mas o meu jogo veio embalado com 37 cartas, uma a mais... e adivinhe de qual bicho é a foto? (rs) Todas as imagens impressas nas cartas são de direitos autorais da Shutterstock.com, uma empresa fundada em 2003 e sediada em Nova York.

Australian Zoos Memory Card Game (For ages 3+): This memory game is fun for card players of all ages. It can be played alone or by two or more players. How to Play: Simply shuffle and lay the cards face down in rows. The first player flips over any two cards. If they match, the player collects the cards and takes another turn. If they do not match, the cards are turned face-down again and the next player has a turn. Be sure to always keep the cards in their original places. The game is over when all the matches have been made. The player who has collected the most cards is the winner. All images © Shutterstock.com.

Notas: Na coleção tem duas peças da faixa com 10 selos (6 rinos e 4 girafas), com valor facial de 60 centavos cada. Outra peça desta foi toda destacada verticalmente e quatro selos do rino (4 × 60c), com o logo girafas do Zoológico Planícies Ocidentais Taronga (Taronga Western Plains Zoo) entre eles, pagaram a franquia de um envelope circulado de Mandurah para São Paulo em 21/12/12 (dois selos sobraram e vieram dentro). Também quatro selos girafa (4 × 60c), com o logo Zoológico Taronga entre eles, pagaram a mesma franquia em 13/12/12.

volta ao topo

Outras emissões – Atlantis: Fantasy issues of the 1930’s.
Atlantium (previously Atlantian), Empire of Australia. Fantasy issues from 1981 onwards.
Australian National Parks & Wildlife Service – Cinderellas.

State of Rainbow Creek

Rainbow Creek, Victoria Australia – a short-lived secessionist state em 1979: Tom Barnes proprietário de uma fazenda próxima a Rainbow Creek em Gippsland. Em 1979, inundações devastaram as suas terras... Primeiramente o Estado de Vitória recusou-se a ajudar os fazendeiros da região... Então, Tom Barnes declarou sua fazenda Estado de Rainbow Creek, e emitiu seus próprios selos e passaportes para angariar fundos. Depois do acontecimento público, o governo de Vitória reviu sua posição e pagou aos fazendeiros uma adequada compensação. Para receber sua parte dos fundos, Tom Barnes teve que desistir da idéea de criar um novo estado...


Outras emissões:
1973 – Conversão Métrica
1991 – Fotografia
2001 – Scott: 1938? TARONGA ZOO, SIDNEY. 150th aniversário. Eu tenho a imagem...
2009 – Barbie

Standard ISO: AU – Adesão UPU: 01/10/1907

Australia Post Stamps Site
mailorder@auspost.com.au – www.auspost.com.au/stamps

APF – Australian Philatelic Federation – www.apf.org.au

Curiosidade sobre Capitais Planejadas – Além de Brasília, outras cidades foram concebidas e construídas especificamente para serem capitais de seus respectivos países. Entre elas, estão Washington (Estados Unidos), Canberra (Austrália) e Islamabad (Paquistão). Ao contrário de Brasília, as três cidades foram construídas próximas a grandes cidades pré-existentes. A capital brasileira foi fundada em 1960, na Região Centro-Oeste.

Entrada principal !
Última atualização: 28/01/2013.
volta ao topo

OCEANIA PAÍSES DA OCEANIA
FIJI