This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

VANIA TOLEDO

“Homens – ensaio”, Vania Toledo
Ficha Técnica:
Agradecimentos a: Luiz Sergio e Juliano, Antonio Bivar, Ana Arantes, Daniel Más, Ricardo Van Steen, Wesley Duke Lee e Zezé Brandão.
1ª Edição em junho de 1980.
Copyright © 1980 by Vania Toledo
Todos os direitos reservados por HRM Editores Associados Ltda.
Nenhuma parte deste livro pode ser reproduzida, sob qualquer forma, sem prévia autorização do editor.
Laboratoristas: Magal e Marcio
Fotolitos: Estudio 5 Fotolitos Ltda.
Composto pela Linoart Ltda.
Impresso na Raízes Artes Gráficas Ltda.
Livraria Cultura Editora
Caixa Postal 22 144 – São Paulo

São 31 nus retratados em preto e branco: José Luiz, Danton Jardim, Sergio, Claudio Tozzi, Um amigo, Roberto de Carvalho (com dois meninos), Antonio Maschio, Jean Noel, Mauro, Ulisses, Nuno Leal Maia, Um amigo, Jean Pierre Bisilliat, Tony Scott, Caetano Veloso, Walter Franco, Sergio e Claudio Mamberti, José Márcio Penido e Pobre (um cachorro), Jorge Otto, Ignácio de Loyola, José Possi, Oswaldo (Made in Brazil), Ezequiel Neves, Ney Matogrosso, Juliano Cordeiro de Toledo (com bonecos), Marinho, Rodrigo Santiago (em quatro fotogramas), Neville D’Almeida, Markito, Zózimo Bulbul, Tadeu.

“Calendário 1996” – Vania Toledo
Ficha Técnica:
Concepção e Produção Executiva: Vania Toledo
Coordenação e Produção Gráfica: Fausto Chermont
Projeto Gráfico e Editoração: Isabel Petit
Agradecimentos: Juliano Toledo; Ina Sinisgali; Regina Boni; Walter Rosa e Bruno Saladine, da Elite Model’s; Henrique Belling e Osmar Zampieri, do Ballet Stagium.
Agradecimentos Pessoais: Ary Persan; Bete Loeb; ao pessoal da Casa da Foto – RJ; Cecília Ribeiro; Gê Comine; Justino Douro, do Hotel Cambridge; Isabela Prata; Liza Monteiro; Mario Mendes; Okky de Souza, pela trilha sonora; Regina Guerreiro; Ricardo Guimarães; Sandra Carta, da Pijamah; W/Brasil.
Staff: Renato Silva; Guilherme Maranhão; Tonice Leite; Ronaldo Arten; Elena, massagista; Mara Lucia Pallotta.
A Vera e Luiz Carlos Burti, minha eterna gratidão.
Fotolito e Impressão: Editora Gráficos Burti, novembro de 1995.

Nota: Ambos doados para a Biblioteca FCCB em 01/14.

O sítio de Ney Matogrosso traz um ensaio com fotos sensuais inéditas do cantor realizadas pela fotógrafa. Vânia já havia fotografado Ney e outras celebridades, como Caetano Veloso e Walter Franco em 1979, para o polêmico livro/ensaio “Homens”, com fotos de nus masculinos.

volta ao topo

A EXPRESSÃO DE PERSONAGENS NA FOTOGRAFIA: O OLHAR DE VANIA TOLEDO

Por Cassandra Carneiro da Silva

Desde 1826, quando foi produzida por Nièpce pela primeira vez, a fotografia vem sendo utilizada para compor as representações do mundo. De lá para cá, “tudo, ou quase tudo, parece ter sido fotografado” (Sontag, 1986, p.13).

No entanto ao longo do tempo, o rosto humano vem sendo, certamente, o motivo mais colocado diante da câmera. Na contemporaneidade, dos amadores, com suas automáticas de bolso aos profissionais, donos de sofisticados equipamentos, todos fotografam e seguramente, todos fazem retratos.

Isto porque “renunciar ao homem é para o fotógrafo a mais irrealizável das exigências” (Benjamin, 1987, p.102).

No entanto, é exatamente na fotografia profissional que se encontram pessoas que se dedicam inteiramente aos “portraits”. Assim é Vania Toledo, uma mineira, graduada em Sociologia pela USP, que é reconhecida como “a mais importante fotógrafa brasileira na difícil arte de fazer retratos”, por Luiz Carlos Lopes – colaborador de revista especializada em fotografia.

Com a experiência de quem já trabalhou em jornal – como no extinto Última Hora – e de quem faz fotos para candidatos políticos, capas de discos e peças teatrais, Vania Toledo começou em 1984 a produzir um ensaio sobre personagens com famosas atrizes. Porém, só em 1992, a fotógrafa pôde concluir o ensaio, que foi publicado em livro intitulado “Personagens femininos”.

“Personagens femininos” é um trabalho com 54 fotografias em preto e branco de personagens interpretadas por famosas atrizes brasileiras. Nele, cada atriz foi convidada a representar o papel dos seus sonhos e a fotógrafa realizou uma fantasia própria: “sempre quiz dirigir teatro”.

Dessa forma, “as fotos pretendem ser pôsters da estreia de peças que estão na cabeça das atrizes”; revela a própria Vania Toledo sobre este seu segundo trabalho publicado.

O primeiro de 1980, foi “Homens” e trata da nudez masculina, trazendo personalidades como o cantor Caetano Veloso e o ator Nuno Leal Maia junto a pessoas “comuns”. Em “Personagens femininos”, Vania Toledo dirige e fotografa seres fictícios, apesar de ser a fotografia uma imagem fixa, desprovida de narrativa e continuidade.

Elementos estes próprios da literatura, do teatro e do cinema; meios em que ocorrem construções de personagens de ficção.

Para a atriz Giulia Gam – uma das modelos de Vania Toledo – a fotógrafa “é uma diretora nata, que consegue, na feitura de uma foto, criar um ser de tal densidade que pode ser levado para um palco ou filme”.

O crítico de arte João Gabriel Lima explica a qualidade do trabalho de Vania por sua capacidade de “fazer amigos e influenciar pessoas”. Para ele, a fotógrafa “consegue, na base da conversa, imagens que o mais dedicado paparazzi não flagraria em anos e anos de espreita no buraco da fechadura”.

Assim, o objetivo deste projeto de pesquisa é analisar a poética produzida nas fotografias da artista, buscando entender como a técnica fotográfica e os elementos cênicos são utilizados nas composições das personagens.

Monografia apresentada ao Curso de Bacharelado em Comunicação Social da Universidade Federal da Bahia com requisito a obtenção do grau de Bacharelado em Comunicação. Salvador, julho de 1995.

A versão integral deste texto pode ser encontrada na Bibiloteca da Faculdade de Comunicação da UFBA – R. Basílio da Gama, s/n, Canela, Salvador-BA, CEP: 40110-140. Tels: (71) 336-6319. Fax: (71) 336-6800.

Entrada principal !
Última atualização: 02/01/2014.
volta ao topo

FOTO CINE CLUBE BANDEIRANTE PÁGINA PRINCIPAL
FOTO CINE CLUBE BANDEIRANTE