This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

Lista de Zoológicos (quase completa)
em ordem alfabética por Estados Brasileiros!

Página: ZOOLÓGICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO (lista com mais de 60 zoos)

Para localizar: Ctrl + F ou clique nos nomes dos estados

MATO GROSSO DO SUL RIO DE JANEIRO SÃO PAULO SANTA CATARINA BAHIA DISTRITO FEDERAL MINAS GERAIS RIO GRANDE DO SUL PARANÁ PERNAMBUCO AMAZONAS CEARÁ GOIÁS MATO GROSSO PARÁ PARAÍBA SERGIPE RONDÔNIA ESPÍRITO SANTO RIO GRANDE DO NORTE ACRE PIAUÍ

Nota: Foram utilizados asteriscos (*) para os zoológicos licenciados pelo Ibama, segundo a Folha, a qual informa ainda sobre a existência de 120 zoos, entretanto na lista abaixo são listados mais de 150 zoológicos...

ACRE (AC) 1

— Parque Ambiental Chico Mendes (Zoológico Municipal de Rio Branco)
Rodovia AC 40 – Km 07 – Vila Acre – CEP: 69901-180, Rio Branco (AC)


ALAGOAS (AL)

Em Alagoas não há zoológico, também não foi realizado nenhum evento no estado sobre a série “Zoológicos do Brasil”.


AMAZONAS (AM) 2 (nota: uacari no Ecopark?)

— Mini Zoológico Tropical ou Zoológico do Hotel Tropical Manaus *
CIA Tropical de Hotéis da Amazônia / Lincoln Rodrigues (Registro no Ibama: 1/13/87/0048-7)
Avenida Coronel Teixeira, 1320 – Ponta Negra – CEP: 69037-000, Manaus – Amazonas (AM)
Telefone: (92) 2123-5000 – (92) 2123-5040 – Fax: (92) 3658-3034
Funcionamento: domingo a domingo, das 8h às 18h. Entrada franca.
www.tropicalhotel.com.br (clique em destinos: Manaus)

O Tropical Manaus é um hotel resort às margens do Rio Negro. Sua construção horizontal abriga 594 apartamentos e 400 mil m² de área verde que integram a infra-estrutura do complexo hoteleiro. Desde 15/03/1976, possui um zoológico que ocupa quase 20 mil m². A vegetação local é composta por árvores frutíferas, para a alimentação dos animais, e arbustos, identificados para o conhecimento dos visitantes. Todos os animais do Zoológico Tropical foram doados por particulares e pelo IBAMA. O espaço foi criado com o objetivo de conservar e expor representantes da fauna amazônica, para o deleite de visitantes de todas as procedências. Atualmente, conta com mais de 100 espécimes da fauna amazônica, distribuídas entre aves, mamíferos e répteis. Durante a visita poderão ser observadas araras, mutuns, papagaios, socós, marrecos, macacos, caitetus, pacas, quatis, jacarés, entre outros. Dentre estes os quais se destacam as onças, maiores felinos das Américas e a capivara, maior roedor do mundo. Das quatro espécies ameaçadas de extinção: onça-pintada, macaco-aranha (Ateles paniscus e Ateles belzebuth) e jaguatirica. A reprodução dessa última é um sucesso. Em 2000, o zoológico foi o quarto do país a reproduzir essa importante espécie.

— Parque Zoológico Municipal Manaus?
Avenida Getúlio Vargas, 381 – CEP: 66073 – Manaus – Amazonas (AM)

— Zoológico do CIGS – Centro de Instrução de Guerra na Selva* (1/13/1999/000105-9)
Avenida São Jorge, 750 – São Jorge – CEP: 69033-010, Manaus – Amazonas (AM)
Telefones: (92) 2125-6402 ou (92) 2125-6421 | Home-page: www.cigs.ensino.eb.br

Mantido e administrado pelo Exército Brasileiro, o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) foi criado em 02/03/1967, sob Decreto Presidencial 53.649, com o objetivo de proporcionar informações sobre a fauna amazônica e visando fornecer conhecimentos técnicos sobre animais selvagens, necessários aos alunos do Curso de Operações na Selva em suas diversas categorias, já tendo funcionado desde o primeiro curso, ministrado pela “Equipe Pioneira” do então Major Jorge Teixeira de Oliveira, o saudoso “Teixeirão”, fundador e 1º Comandante do CIGS, responsável por dar início às atividades de instrução no CIGS.

Aberto ao público dois anos após a sua criação (1968), quando ainda era regulado pelo extinto Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal, sofreu pequenas modificações em sua estrutura básica para receber visitantes civis, que perduraram até os anos 90. Em 1994, um grupo liderado pelo então Comandante do CIGS, traçou os planos do que viria a ser o Centro de Pesquisas da Fauna e da Flora da Amazônia (CPFFAM), o qual faz parte da Divisão de Veterinária do CIGS e teve o seu canteiro de obras instalado a partir de 1996.

Em um esforço conjunto do Fundo do Exército, da Superintendência da Zona Franca de Manaus, do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus, o CPFFAM foi inaugurado em 04/06/1999, quando passou a contar com recintos adequados aos animais, dentro dos padrões especificados pelo IBAMA, além de oferecer ao público visitante um passeio turístico de extrema beleza aliada à segurança geral. Em 17/12/1999, recebeu a denominação histórica “Centro Coronel Jorge Teixeira”, em justa homenagem ao seu mais insígne integrante.

DISTINTIVO DO CIGS – símbolo exclusivo do CIGS
A onça-pintada é o animal-símbolo do Guerreiro de Selva, do CIGS e do CMA – Comando Militar da Amazônia...

Desde sua criação, o Centro de Instrução de Guerra na Selva teve basicamente três distintivos. O primeiro, empregado da data de sua criação até 28/06/1970, tinha a forma de um escudo peninsular português, chefe de vermelho, onde constava as iniciais “CIGS”. Abaixo do chefe, uma bordadura de amarelo com a inscrição “Operações na Selva”, tendo em brocante e em abismo, uma cabeça de onça-pintada, voltada para destra, com pintas pretas e língua vermelha, caracterizando a imensa Selva Amazônica e o indômito sentimento de brasilidade em sempre guardá-la e defendê-la.

A partir de 29/06/1970, quando recebeu a denominação de Centro de Operações na Selva e Ações de Comandos, teve alterada as iniciais que constavam no chefe, mudando de “CIGS” para “COSAC, e logo acima da cabeça da onça ganhou a inscrição “Comandos”. A partir de 10/01/1980, volta a ter denominação de Centro de Instrução de Guerra na Selva, alterando o chefe, que adotou as cores azul e vermelho, identificando as cores de Organização Militar do Exército Brasileiro, com a as iniciais “CIGS”; na bordadura de amarelo, abaixo do chefe, no lugar da inscrição “Operações na Selva”, verifica-se uma coroa de folhas de castanheiras, de verde, abraçando um escudete, também de verde, carregado com uma estrela gironada, símbolo de Escola, logo acima da cabeça de onça-pintada, sendo este o distintivo utilizado atualmente.

O Zoológico do CIGS abriga cerca de 300 animais que compreendem mais de 60 espécies da fauna amazônica. Nasceu com a intenção de oferecer conhecimentos sobre os animais selvagens da Amazônia, em cursos de operações na selva, mas, após mudanças na sua infra-estrutura, foi aberto à visitação pública.

Há um lago com a “ilha dos macacos”, recinto de répteis (jabutis, jacarés, serpentes), recinto para onças, recinto de aves: Anatidae, Cathartidae (urubu), Accipitridae (águias e gaviões), Falconidae (falcão), Cracidae (mutuns), Psitacidae (araras e papagaios), Ramphastidae (tucanos). Ordem Passeriformes: Ardeídae. O zoológico abriga ainda: antas, cutias, gato-mourisco, jaguatiricas, pacas, entre outros.

Presta serviços gratuitos à comunidade de Manaus, tais como aulas teórico-práticas de preservação do meio ambiente e fauna amazônica e recuperação de animais para devolução ao seu habitat natural. Recebe cerca de 5000 visitantes por mês, entre turistas, estudantes e comitivas nacionais e internacionais.

30/01/2012: Centro de Instrução de Guerra na Selva CIGS (comsoccigs@hotmail.com). Boa tarde, Para nós do Centro de Instrução de Guerra na Selva é uma satisfação saber que o Zoológico desta Organização Militar faz parte do rol de zoo do Brasil. Gostariamos apenas que fosse atualizado a informação quanto ao valor de entrada de R$ 2,50, para R$ 4,00. E os dias e as horas do funcionamento: de Terça a Sexta, das 09:00 às 17:00, Sábado e Domingo, das 09:00 às 18:00. É importante resaltar que na SEGUNDA-FEIRA o Zoológico não abre, pois realizamos manutenção neste dia. Esperamos tê-lo ajudado e boa sorte. Atenciosamente, Comunicação Social do Centro de Instrução de Guerra na Selva. A melhor escola de guerra na selva do mundo. Acesse nosso site (www.cigs.ensino.eb.br).

31/01/2012: Para quem possa interessar... A satisfação foi minha em receber mensagem do CIGS. Sou paulista, colecionador de girafas e zoológicos, sobretudo os brasileiros. Procuro manter no sítio Girafamania informações sobre qualquer zoológico de nosso País. Infelizmente não conheço pessoalmente esta Organização Militar... Quero agregar em minha coleção algum fôlder ou qualquer objeto relacionado ao Zoo do CIGS... e, se isso for possível, gostaria de saber qual o procedimento que devo tomar... Já foram realizadas as devidas atualizações... Muito obrigado pelas informações oportunas. Atenciosamente.


BAHIA (BA) 5

Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, Salvador – Bahia (BA)

— Centro de Resgate e Reabilitação de Mamíferos Aquáticos
Rua Pirapora Lote 13, quadra 14 – Caixa Postal: 7314 – CEP: 41100-260, Salvador (BA)
Telefone: (71) 9198-6195
Instituto Mamíferos Aquáticos – www.mamiferosaquaticos.org
Avenida Pinto de Aguiar, Rua dos Radioamadores, 73 – CEP: 417410-80 – Pituaçú – Salvador

O lobo-marinho-do-sul (Arctocephalus australis), por exemplo, costuma habitar áreas de costões rochosos na América do Sul, distribuindo-se ao longo da costa do Chile, Argentina, Uruguai e Região Sul do Brasil. Esta é a espécie de pinípede mais encontrada em cativeiro nos zoológicos e aquários do Brasil, e isso pode estar relacionado a ocorrência, anual, de exemplares debilitados e doentes em praias brasileiras... Muitas vezes esses indivíduos são recolhidos por instituições licenciadas e nelas são realizados procedimentos de primeiros socorros e reabilitação para uma posterior soltura. Os indivíduos que não podem ser devolvidos ao ambiente natural são encaminhados pelo Centro Nacional de Mamíferos Aquáticos/ICMBio sob avaliação dos técnicos do Programa Manejo de Pinípedes no Brasil para instituições aptas a receber e mantê-los...

— Parque Municipal da Matinha – PMI – Cidade de Itapetinga – Bahia (BA)

— Parque Zoobotânico Rolf ou Zoológico de Rolf – Bahia (BA)
Rodovia BA 093, km 45 – s/n, Mata de São João – BA – Tel: (71) 3645-1014
zoo@parquerolf.com.br – contato@parquerolf.com.br – www.parquerolf.com.br

O Complexo Rolf, pertencente à Fundação José Carvalho (FJC), compreende Parque Aquático, Zoológico e Escola Rural Rolf Weinberg. O zoológico ou Parque Zoobotânico Rolf, foi fundado em 2001, possui animais de espécies nativas e exóticas e está inserido em uma área remanescente da Mata Atlântica. Algumas espécies da fauna africana: hipopótamo, leão, zebra... estátuas de elefantes e girafa...

13/07/2009: Pedido sobre o zoológico. Para quem possa interessar, Sou paulista e colecionador de girafas (objetos)... Fiquei sabendo que o zoo de vocês tinha girafa em plantel... Conheci o site e constatei que se tratava de uma estátua... É isso mesmo? Mesmo assim, por favor, gostaria de receber alguma foto da estátua da girafa por e-mail... Muito obrigado...

— Zoológico Chácara Karkará / Planeta Zoo (privado) – Proprietário: Jaime de Souza Vieira Lima *
Avenida Dep. J. Vieira Lima – E. Coco Km 3,7 – CEP: 42700-000, Lauro de Freitas (BA)
Registro Ibama: 2/29/2001/000238-5

12/4/2007: Vinte e cinco pessoas foram presas em três estados acusadas de tráfico internacional de animais silvestres durante uma operação da Polícia Federal. As prisões aconteceram no Rio de Janeiro, em São Paulo e na Bahia. Entre os detidos está o empresário Jaime Vieira Lima, tio do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). A prisão de Jaime Vieira Lima foi realizada em Lauro de Freitas. A PF prendeu ainda Jayme de Souza Vieira Lima, um empresário que mantém um minizoológico na região metropolitana de Salvador...


CEARÁ (CE)

No estado do Ceará (região nordeste do país) existem apenas dois zoológicos, ambos na capital Fortaleza: o Parque Zoológico Sargento Prato (a mais antiga instituição, administrada pela prefeitura de Fortaleza) e o Parque Ecopoint (particular). Existiu um outro zoológico particular nesse estado, o Paraíso Perdido Park (mas ele foi fechado, em meados de 2006, pelo Ibama – órgão do Governo que controla toda questão sobre fauna do país).

Parque Zoológico Sargento Prato, Fortaleza – Ceará (CE)

Parque Ecopoint, Fortaleza – Ceará (CE)

— Paraíso Perdido Park – Brasil Parques e Turismo Ltda. (1/23/1999/000127-5); foi FECHADO pelo Ibama
Sítio Munguba, s/n.º – Praia do Icaraí – CEP: 62545-000, Caucaia (CE)
Telefone: (85) 3224-9299 / 9104-9299 – lincolnmorais@zaz.com.br (Informações recebidas de Susane)

Inaugurado em 2000, possui 45 mil metros quadrados de área privada e está localizado em Caucaia – região metropolitana de Fortaleza. Com tripla diversão é um misto de jardim zoológico, parque aquático (três piscinas com quatro toboáguas) e ainda o chamado parque seco, reservado aos brinquedos. No zoo, que parece ser denominado Vito Simon de Morais, encontramos leão, onça-pintada, tigres-siberianos, cobra jiboia, jacarés, hipopótamos, macacos, chimpanzés (parece que Judy é a mais velha chimpanzé do Brasil vivendo em cativeiro), araras, porco-espinho, tartarugas – ao todo são 250 animais de 50 espécies.

O Zoológico Paraíso Perdido foi fechado pelo IBAMA em meados de 2006, e um grupo de chimpanzés foi enviado para o Santuário de Curitiba... O Ibama ficou com um grande problema, porque teve de ficar com os animais e só de comida para os 8 leões, ele tem gasto uma nota... (Informação recebida de Jose)

— Parque Botânico do Ceará
Também em Caucaia, às margens da CE-090, rodovia que dá acesso às praias de Icaraí, Cumbuco e Tabuba. Criado em 1996, o parque estadual, mantido por empresas privadas, ocupa uma área de 190 hectares, cedida pelo Governo Estadual. Com banheiros, estacionamento, cantinas e quiosque para piquenique em frente a um lago. Com 182 espécies de flora e 3 quilômetros de trilhas (o parque tem 6 km), a gente fica sabendo, através dos monitores, que saguis, preás, tejos, camaleões, raposas, pássaros e até aranhas caranguejeiras são criados soltos. Tem ainda um espaço todo plantado com orquídeas, viveiro de plantas medicinais e um meliponário – lugar onde são criadas abelhas jandaíras.


DISTRITO FEDERAL (DF) 1

Jardim Zoológico de Brasília – Fundação Polo Ecológico de Brasília * (1/53/93/0021-5)


ESPÍRITO SANTO (ES)

O estado não possui zoológico... Informação recebida de Samantha, em 22/02/2007...

Zoo Parque da Montanha (www.zooparkdamontanha.com.br), cujo proprietário é Romeu Nunes Vieira, está localizado no antigo Sítio da Vovó, no município de Marechal Floriano... Previsão de inauguração: 26/05/2012... Terá cerca de 150 espécies de animais, entre eles alguns animais raros como o papagaio-moleiro... (informação de Carlos)...

Endereço: Sítio da Vovó, em Rio Fundo (a 800 metros da BR-262), Marechal Floriano – Espírito Santo (ES).

Pg. 91 da Seção 3 do Diário Oficial da União (DOU) de 25/03/2008 (www.jusbrasil.com.br/diarios/402769/dou-secao-3-25-03-2008-pg-91), Superintendência no Espírito Santo / Extrato de Ajustamento de Conduta. PROCESSO: 02009.001670/2006-92. ESPÉCIE: Termo de Ajustamento de Conduta que celebram o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovaveis (Ibama), Superintendência do Espirito Santo e Romeu Nunes Vieira. OBJETO: O presente Termo de Ajustamento de Conduta tem por objeto a execução, por parte do compromissário, da apresentação dos documentos de origem dos animais elencados na Cláusula Segunda do referido Termo e ainda a apresentação do plantel atualizado a partir do Relatório anual do ano de 2002, com as justificativas e os documentos de aquisição de novos animais e saídas dos que não compõe mais o mencionado plantel, e determinar ao Compromissário a obrigatoriedade de não receber mais animais até que o Zoológico Park Sitio da Vovó seja homologado. CRÉDITO: Não há transferência de recursos financeiros entre as partes. VIGÊNCIA: de 17/03/2008 a 17/04/2008. DATA DA ASSINATURA: Vitória, ES, 17 de março de 2008. PELO IBAMA: Reginaldo Anaissi Costa – Superintendente do IBAMA/ES. COMPROMISSÁRIO: Romeu Nunes Vieira.

17/06/2012: Mesmo faltando algumas semanas para a abertura oficial do Zoo Park da Montanha, que está com as obras em fase final no Sítio da Vovó, em Rio Fundo, Marechal Floriano, novas espécies de animais não param de chegar para incrementar ainda mais o primeiro zoológico do Espírito Santo...

22/07/2012: O Parque da Montanha, primeiro zoológico do Espírito Santo, que fica em Marechal Floriano, ainda não foi oficialmente inaugurado, mais já está aberto ao público a cerca de duas semanas. Quem for visitá-lo já vai poder conhecer mais de 100 espécies, entre felinos, aves, répteis e mamíferos...

Nota: Os atrasos na inauguração se devem ao clima, pois as chuvas dificultam o trabalho na obra. A inauguração oficial está prevista para o início de setembro... Entretanto, são soube mais nada a respeito...

Zoológico Municipal de Castelo (www.castelo.es.gov.br). Em março de 2013, por causa da divulgação do lançamento de um carimbo postal, fiquei sabendo sobre “outro” 1º Zoológico do Espírito Santo: “Prefeitura Municipal de Castelo, Zoológico Municipal de Castelo – Castelo/ES, 25/11/2012”. Será que comemora o 1º aniversário do zoo?

Zoológico Municipal de Castelo ou ZooParque da Beira Rio
Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, 103 – Centro, Castelo – Espírito Santo (ES)
AUTORIZAÇÃO DE MANEJO DA FAUNA SILVESTRE Nº 3201.5380/2011-ES, data da emissão: 19/10/2011
Acesse aqui e confira a liberação do Ibama (www.castelo.es.gov.br/site/imagens/noticias/File/AM_Zoo+Castelo.pdf)

Então entrei no sítio da Prefeitura de Castelo (www.castelo.es.gov.br) e encontrei a seguinte informação:

No último domingo, dia 25 de novembro de 2012, no Centro Cultural de Castelo, foram apresentados os selos personalizados com imagens do Zoológico Municipal de Castelo, localizado no Parque Beira Rio. A apresentação dos selos e do Parque Municipal foi feita pela Secretária Municipal de Meio Ambiente, Cristiana Gama Pacheco Stradiotti. O evento contou com a presença do Prefeito Municipal Cleone Gomes do Nascimento, do Presidente da Câmara Municipal Gilberto Gava Marques, do Assessor Executivo dos Correios José Vicente Santolini Ferreira, da Gerente da Agência dos Correios de Castelo Maria Amábile Patussi Ferreira e de várias autoridades locais. Na ocasião, foram feitas homenagens para pessoas do município que contribuem na preservação do meio ambiente. Os 5 tipos de selos serão distribuídos por todo o país divulgando o município de Castelo até o dia 25 de dezembro deste ano. Fonte: (castelo.es.gov.br/site/conteudo.asp?codigo=5174).

Depois fiz uma busca e encontrei outras Notícias:

21/07/2006 – Castelo poderá ter primeiro Mini Zoológico do estado – “Já estão adiantados os procedimentos para liberação de parte do espaço do Parque da Beira Rio para construção de um mini-zoológico. Técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) estiveram em Castelo no último dia 21 de julho para vistoriar a área e avaliar as condições técnicas para colocação de pequenos animais no local. ‘O local é adequado e a área tecnicamente perfeita para receber os animais indicados no projeto’, afirma Tomáz D. de Novaes, Analista Ambiental do Núcleo de Fauna do Ibama-ES. Ele diz que existem outros processos em tramitação no estado, mas provavelmente o de Castelo será viabilizado em primeiro lugar porque a Prefeitura já tomou as providências necessárias à implantação do mini zôo, que deverá receber tartarugas, jabutis, cágados, araras, papagaios e pássaros de cantos típicos da região e peixes como a tilápia e carpa vermelha. A Secretária Municipal de Agricultura e Meio Ambiente Cristiana Gama Pacheco Stradiotti diz que o Ibama liberou a licença prévia. ‘Precisamos da licença operacional, que só será liberada após a finalização das obras’. Cristiana diz que em agosto serão iniciadas a construção de lâminas d’água, colocação de puleiros, de ninhos, comedouros, abrigos e plantio de vegetação adequada, objetivando atender as necessidades individuais de cada animal. ‘Este processo é chamado de enriquecimento ambiental’, esclarece. A Secretária informa ainda que existe a possibilidade de no futuro as instalações serem ampliadas para receberem também mamíferos como cutias, catetos, antas e micos saguis. Tomáz Novaes diz ainda que o local poderá se transformar num importante local de pesquisa, inclusive da reprodução em cativeiro, e ponto para preservação de espécies retiradas da natureza e apreendidas ainda filhotes, que poderão ser encaminhados ao local, obedecidos os limites e com a concordância do administrador do zoológico. ‘Ao que tudo indica, este será o primeiro zoológico oficial do estado’, afirma o analista do Ibama.”

21/10/2011 – Castelo tem o primeiro zoológico público do estado – “O município de Castelo, localizado ao sul do Espírito Santo, recebeu ontem (20) a liberação do Ibama para funcionar no Zoo Parque da Beira Rio um zoológico, categoria C. Com esta conquista, Castelo se torna a primeira cidade do estado a ter um zoológico público. Aproximadamente 250 espécies como papagaios, araras, tucanos e flamingos, em extinção e/ou protegidas serão colocadas no zoológico até o início do ano que vem. ‘Foram cinco anos de espera por esta liberação. Para o município o zoológico público favorece o turismo, pois é mais um atrativo, é uma fonte de lazer, ajuda na educação ambiental das crianças e estudantes, além de ser o reconhecimento do Governo Federal como o município amigo da natureza e do meio ambiente’, destaca a secretária de Meio Ambiente, Cristiana Gama Pacheco Stradiotti. Vale destacar que os animais que farão parte do plantel do zoológico de Castelo são aqueles que não tem mais condição de viver em vida livre, já sofreram em cativeiros e precisam de abrigo para se recuperarem. ‘Este zoológico funcionará como um abrigo aos animais necessitados’, complementa Cristiana Pacheco. O zoológico, categoria C, como é o de Castelo, é de pequeno porte, o mais simples que existe. Para funcionar é necessário apenas um veterinário e um posto de atendimento. Hoje o Zoo Parque da Beira Rio conta com cerca de 150 espécies, sendo jabutis, marrecos silvestres, pomba leque, calopsita, canário belga, faisão, fênix e ring neck. Agora, funcionando como zoológico, o local terá capacidade para abrigar em torno de 500 animais.”

volta ao topo

GOIÁS (GO) 2

Parque Zoológico de Goiânia * ou Lago das Rosas (1/52/96/0204-9)

— Bioparque Jaó (Zoo Bio Parque Jaó) – Clube Jaó * (1/52/1998/000158-2)
Avenida Quitandinha, 600 – Alameda Paranã Chácara 03, Setor Jaó – CEP: 74673-060, Goiânia (GO)
Telefone: (62) 3204-2021
José Carlos Fávaro Júnior, Médico Veterinário (jcfavarovet@yahoo.com.br)
Fernanda Queiroz Tavares, Bióloga Bioparque Jaó

— Bosque Auguste de Sant-Hilare

Localizado no Campus II da Universidade Federal de Goiás, o Bosque Saint-Hilare foi fundado em 21/09/1978. O nome é uma homenagem ao botânico francês Saint Hilare que percorreu a província de Goiás em 1819. Sua área inicial era de 31 mil metros quadrados, tendo sido posteriormente ampliada. Espaço reservado para estudos, ensino, pesquisa e a visitação da comunidade, o que se objetiva é a conservação da fauna e flora. Ipê-amarelo, jatobá, garapa, pau-d'óleo, canela-de-velho, gitó ou marinheiro, mandiocão, jacarandá, escorrega-macaco, angico e cedro, são árvores representativas da vegetação que contém várias formas arbustivas, herbáceas, cipós e epilitas. O Parque ganha colorido especial nos meses de julho a setembro quando ocorre maior floração...


MATO GROSSO (MT) 3

Zoológico da Universidade Federal de Mato Grosso

— Zoológico Facuza / Zoológico de Alta Floresta – FACUZA
Setor de Urbanismo e Lazer – CEP: 78897-000, Alta Floresta (MT)
Telefone: (65) 521-3354?

— Zoológico Municipal de Jaciara
Caixa Postal: 93 – CEP: 78820-970?, Jaciara (MT)
Telefone: (65) 461-1308?

MATO GROSSO DO SUL (MS) 1

Parque Ecológico Baía Bonita

Nota: Página em Girafamania dedicada aos estados do MT e MS!

Cartão-postal “Brasil Turístico – Aquidauana – MT – Jardim Zoológico de Aquidauana”. Foto-Coleção Pierre. Distribuidor Exclusivo em Mato Grosso: Pierre. Rua S. Cristóvão, 638. Telefone: 3800 – Cuiabá – MT. “mercator” impresso no brasil – gráficos brunner ltda. – c.p. 21.029 – são paulo – reprodução proibida. Nota: Coleção Dorval A. Rodrigues. A foto do cartão-postal, provavelmente da década de 70 (pois a divisão em dois estados, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, ocorreu em 1977), mostra uma anta no Jardim Zoológico de Aquidauana – Prefeitura Municipal de Aquidauana (aquidauana.ms.gov.br), cujo sítio não encontrei nada a respeito em 05/13...

volta ao topo

MINAS GERAIS (MG) 24

Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (25/01/1959) * (1/31/2001/000246-6)

CEBUS – Centro de Biodiversidade da Usipa ou Zoológico da Usipa, Ipatinga (23/02/1959)

— Parque e Zoológico Municipal de Alfenas

Fundado em 1979, o Parque e Zoológico Municipal possui 6 alqueires, cerca de 2.573.000 m², onde estão instalados 3 playgrounds; um teatro de arena com capacidade para mil pessoas; piscinas abastecidas por fontes naturais; quadras de vôlei, basquete e peteca; oito banheiros; duchas e restaurante. Toda a área do parque é recortada por trilhas e avenidas pavimentadas que levam à área das churrasqueiras, com capacidade para 64 pessoas e ao açude, que possui 240 metros de extensão e de dois a 70 de profundidade, onde se pode passear de pedalinho ou canoa. Em vários locais do parque existem diversos quiosques. No zoológico, são encontrados vários animais da fauna brasileira, tais como aves, macacos, cobras, jacarés, tartarugas, jaguatiricas, jegues, lebres, coelhos, cabritos e ovelhas.

— Zoológico Municipal de Andradas
Endereço: Rua do Horto Florestal – Bairro Matadouro, Andradas (MG)

Situado em uma pequena área do Horto Florestal, o minizoológico proporciona aos visitantes um passeio por caminhos arborizados. São diversos viveiros e jaulas, além de um pequeno lago com garças, marrecos e patos e uma gruta artificial, abrigando imagens santas. Possui alguma infra-estrutura, como: lanchonete e instalações sanitárias. O Minizoológico é administrado pela Prefeitura Municipal.

Animais em exposição: gralha-do-campo, arara-vermelha, canários, maritaca, araçaripoca, tucano-de-bico-verde, tucano-de-bico-preto, tucanaçu, pássaro-preto, birro, araponga, papagaio, sagui, cateto ou caititu, capivara, queixada, jacaré, tinga, cutia, veado-mateiro, jabuti, cachorro-do-mato, gato-do-mato, quati, furão, mão-pelada, cascavel, suçuarana, leão, babuíno-sagrado, bugio, suindara, gavião-caracará, quirí-quirí, jaguatirica, pomba, macaco-prego, paca, onça-pintada, perdiz, pavão-azul, faisão-dourado, coleira e jacu.

— Parque Natural CBMM
Córrego da Mata, s/n.º – CEP: 38180-000, Araxá (MG)
Telefone: (34) 662-1544 R. 352?

Localizado em Araxá, o Centro de Desenvolvimento Ambiental mantido pela CBMM cuida da preservação e da reprodução de espécies nativas ameaçadas de extinção. Especializado na reprodução em cativeiro de animais do Cerrado, seu Criadouro Conservadorista abriga cerca de 350 animais, desenvolve atividades científicas e pesquisas sobre os hábitos dos animais numa área de 60.528 m².

— Hotel Pousada do Pinheiro, Bocaiuva

— Zoológico de Pedra Peter Wilhelm Lund
Praça Octacílio Negrão de Lima, Cordisburgo (MG)

O Zoológico de Pedra Peter Wilhelm Lund possui exposição de réplicas de animais do período Pleistoceno (entre 10.000 anos e 2.000.000 de anos atrás). As réplicas são confeccionadas com telas, areia e cimento. O zoológico homenageia o cientista dinamarquês Peter Lund, estudioso da Gruta do Maquiné, considerado o pai da Paleontologia brasileira.

— Zoológico de Contagem
Avenida João César de Oliveira, 2889 – Glória – CEP: 32340-001?, Contagem (MG)
Telefone: (31) 351-0111 / 351-0366?

— Zoológico Municipal de Jaciara

— Floresta Clube Dr. Henri Meyers
Rua Paraiúna, n.º 560 – Centro Industrial – CEP: 35930-457, João Molevade (MG)
Telefone: (31) 3851-1787

— Zoológico de Juíz de Fora
Rua D. Pedro II, s/n.º – CEP: 36035-780, Juíz de Fora (MG)
Telefone: (32) 211-1145? – Área Total: 30.000 m².

— Parque Municipal Milton Prates ou Zoológico de Montes Claros

Tem uma extensa área verde, ideal para piqueniques; lagoa com pedalinhos, restaurante, playground, quadras de esportes com chuveiro frio, campo de futebol, pistas de bicicross e patins. Aberto diariamente, localiza-se junto ao Zoológico Municipal, com vários animais silvestres de diferentes espécies.

— Secretaria Municipal de Agricultura de Muriaé

— Jardim Zoológico Lauro Palhares
Rua Godobeto de Oliveira, 135 – CEP: 35660? – Pará de Minas (MG)
Telefone: (37) 231-2042

— Zoológico da Universidade de Passo Fundo

— Parque Municipal do Mocambo ou Parque Mucambo de Patos de Minas
Avenida Getúlio Vargas, 230 – CEP: 38700-000, Pato de Minas (MG)
Telefone: (34) 821-9555? – Fundação: 24/05/1990. Área Total: 20.000 m².

— “Country Club” – Zoológico de Poços de Caldas
Avenida Senador Salgado Filho, s/n.º, bairro Country Club – Poços de Caldas (MG)
Prefeitura de Poços de Caldas (www.pocosdecaldas.mg.gov.br)

O Country Club é um local agradável, com horto florestal, quadras (conta com numerosas zonas esportivas), piscinas, playground, um pequeno zoológico (mini-zoológico) e lago artificial. Localização: Situado próximo ao Parque Municipal Antônio Molinari (o qual está na Avenida João Pinheiro e também é uma importante área de lazer da cidade).

Espalhadas por toda a área do zoológico, encontram-se pequenas jaulas, viveiros e aviários. Do lado direito localizam-se as jaulas maiores, sendo que, estas possuem no meio uma ilha. O local é todo arborizado, o calçamento é de terra batida, e ele é todo cercado por tela. Há ainda dois banheiros, um masculino e outro feminino. Nos fundos do zoológico encontra-se um rio e uma mata.

Abaixo, cartão-postal Poços de Caldas – Minas Gerais – Brasil: Country Club – Museu e Mini-Zoo. Distribuição Exclusiva: Papelaria Art-Pel. Postal Cultural – Editoração e Fotografia de Eduardo Sallum.

— Parque Zoobotânico de Pouso Alegre
Praça João Pinheiro, n.º 73 – CEP: 37550-000, Pouso Alegre (MG)
Endereço: Estrada do bairro Santa Edwiges – Bairro: Santo Antônio

Localizado em uma das maiores manchas de Mata Atlântica (aproximadamente 396 hectares) do Sul de Minas, conta com horto florestal, áreas de recreação, playground, mina de água mineral, aves e animais. Abriga dois viveiros para produção de mudas que abastecem áreas verdes da cidade. É um dos locais mais procurados para contato com a natureza, com infra-estrutura para passeios com toda família. Como chegar: acesso pelo bairro Santo Antônio, estrada do Ribeirão das Mortes, no bairro Santa Edwirges.

— Mini Zoológico Municipal de Sete Lagoas * (1/31/92/0011-4)
Avenida Prof. Maurílio de Jesus Peixoto, 535
Parque Náutico da Boa Vista – Bairro Boa Vista
Sete Lagoas – Minas Gerais (MG) – CEP: 35700-138
Telefone: (31) 3774-4422 ou (31) 921-9320?

Com área de 3.523 metros quadrados, encontra-se localizado a 1,5 km da área central de Sete Lagoas, no Parque Náutico da Boa Vista. O Minizoológico Municipal de Sete Lagoas foi inaugurado em 21/09/1990 e construído pela Administração Municipal com o objetivo de conservar e reproduzir espécies. No minizoológico pode-se ver entre outros: anta, capivaras, cutias, queixadas, macacos-aranha, macacos-prego, aves diversas e coloridas, dentre elas, arara-azul, pavão, papagaio, periquito, mutum. Os patos, gansos, cisnes e marrecos se encarregam de oferecer um espetáculo agradável e diferente aos visitantes. As instalações são adequadas para o confinamento dos animais. Outro objetivo é o de conscientizar a população e os visitantes para a importância da preservação de nossos recursos naturais e de nossa fauna, transformando o Minizoológico em um permanente centro educativo.

— Zoológico Municipal de Três Pontas
Praça John Kennedy, 82 – Três Pontas (MG)

— Parque Municipal / Horto Florestal de Ubá (MG)
Ubá – “Terra da Manga”... O lugar é agradável, segundo Vittorio... Tínhamos um lobo-guará, emas, onça, aves, pássaros etc e tal...

01/06/07: Quanto ao endereço do Horto Florestal, é Rodovia Ubá-Juiz de Fora, Km 2. O mini zoológico foi desativado e os animais entregues aos cuidados do IBAMA. Se quiser temos um folder sobre os Patrimônios tombados em Ubá. Podemos enviar pelos Correios. Qualquer dúvida, estamos a disposição. Anderson Moreira, Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Ubá (cultura@uba.mg.gov.br).

13/09/07: Por aqui não se fala “inté”. Falamos muito “uai” e chamamos a tudo de “trem”, rs. Gostei muito do seu site, principalmente da girafinha que aparece de surpresa quando olhamos para a figura sem foco. Estou enviando via Correios o material de divulgação da nossa cidade. Infelizmente não encontrei nada sobre o Horto Florestal. Desculpe a demora, Abraços, Anderson.

— Parque Municipal do Jacarandá ou Zoológico Municipal de Uberaba * (1/31/96/0004-0)
Rua Bolivar de Oliveira, s/nº – Vila Olímpica – CEP: 38010-000, Uberaba (MG)
Secretaria Municipal – Praça Rui Barbosa, n.º 30 – Centro – CEP: 38010-240, Uberaba (MG)
Telefone: (34) 3333-7470 – Fax: (34) 3332-4500 – Fundação: 30/11/1963? – www.uberaba.mg.gov.br

Parque com densa e rica mata nativa, com grande quantidade de madeira de lei, abriga o mini-zoológico de Uberaba, com espécies de animais e aves do Cerrado. Na área, com pouco mais de 33 mil metros quadrados, uma boa opção é o museu com animais empalhados que pode ser apreciado nos fins de semana, onde grupo de monitores voluntários garante a orientação. Outra é o parque infantil. No Jacarandá estão 45 espécies animais, reunindo cerca de 250 exemplares da fauna brasileira, especificamente da região do Cerrado: lobo-guará, tartarugas, jaguatiricas, macacos, etc. Poucos são exóticos como o faisão e o pavão. O Zoológico Parque Jacarandá é credenciado pelo IBAMA desde 1999, mas existe de fato desde meados da década de 80. Os animais vêm de recolhimento da Polícia Ambiental, permuta autorizada pelo IBAMA com outros zoológicos e doações da comunidade. A maioria da vegetação é nativa e algumas introduzidas dentro da execução de projetos paisagísticos.

Nota: Nunca houve girafas no Zoo de Uberaba, segundo o biólogo Paulo, nem haveria espaço para tal animal. Ele sabe que tem na Zebu Ecológica tanto girafas quanto zebras, em Uberaba mesmo (Carlos 10/11/06).

— Santuário Ecológico Zebu, Uberaba (MG)
Telefone: (34) 8858-9958, localizada nas proximidades da Capelinha do Barreiro (a 21 km da cidade de Uberaba)
Nota: Teve 1 casal de girafas... A fêmea veio do Zoo de Curitiba (parece que em 1996) e o macho teria sido importado, não se sabe de onde...

José Neto – jneto_zootecnia@hotmail.com (08/09/09): Publicação de nota sobre Girafa em Uberaba. Primeiramente gostaria de elogiar o trabalho do site, segundo que fossem mais claras as informações sobre os animais citados em nome do Sr. Luiz Antonio Costa, vulgo Luiz Botina, Ambientalista com visão de futuro que foi uma pessoa muito importante nos anos 90, hoje aposentado, mais mesmo assim um grande amante dos animais. Todos os animais citados estão em ótimas condiçoes físicas, exceto a Girafa Macho que não resistiu a viagem e veio a falecer no mesmo ano em que chegou ao santuário, mesmo com um dos melhores Veterinários do Brasil (na época) cuidando do ferimento na pata decorrente da longa viagem. O Santuário Ecológico Zebu é uma reserva ambiental de aproximadamente 200 alq sem cercas, gaiolas ou similares, todos os animais são soltos, cercas e telas aqui somente nas divisas com confrontantes. Já prestado alguns esclarecimentos para correção de matéria antes publicada em seu site e aberto para futuros, gostaria de pedir apoio, pois a anos a girafa não possui parceiro e gostaríamos de efetuar um cruzamento para procriação em ambiente livre, recebemos a doação de uma Girafa macho e uma Zebra Macho, somente para a cruza, certo que vou obter resposta desde já agradeço e me coloco a disposição para quaisquer esclarecimento. Ps: Santuario Ecologico Zebu recebe também doação de qualquer animal da fauna Brasileira desde que não seja predador!

10/10/09: Muitíssimo obrigado pelo contato e elogios, claro. Gostei mesmo de vc ter escrito, pois sempre ouvi coisas sobre o Santuário... até que havia falido... Tenho uns correspondentes, tanto em Minas como no RJ, e ambos que me informaram “coisas” desconexas, insubstanciais... Agora, com sua ajuda, poderei agregar informações corretas a respeito do Santuário... Vc é o biólogo responsável? Por favor, tenho interesse apenas em informações corretas sobre as girafas que viveram ai... Nos arquivos do Zoo de Curitiba encontrei que uma fêmea foi transferida em 1996 para o Santuário... É a mesma que vive ai? Já o macho que você diz que não resistiu a viagem e faleceu, ele teria sido importado? De onde? Sabe o ano? Muito obrigado pelas informações já prestadas. Vou melhorar a matéria, com certeza. José, caso você tiver alguma foto antiga das girafas, sua história no Santuário, e quiser contribuir com a minha coleção e o site Girafamania, por favor, mande por e-mail para ser agregada ao site... ok?! Outra coisa, talvez seja interessante uma página específica de divulgação ao Santuário Ecológico Zebu (que, aliás, até o nome estava grafado errado em meu site)... Deixo essa sugestão de montar uma página a respeito, gratuitamente em meu site Girafamania, uma vez que o Santuário não é tão divulgado.... José, eu sou colecionador temático sobre a família dos girafídeos, como deve ter visto em meu site. Tenho quase tudo sobre girafas, exceto vivas (o que nem quero). Não saberia como ajudar em arrumar um macho para a sua girafa... talvez eu possa contribuir com um anúncio ou matéria no site Girafamania... Estou a disposição para tentar ajudar nesse caso e aberto às suas ideias... E novamente eu peço que você me dê qualquer informação sobre as girafas dai...

11/10/09: Olá Sergio! Que bom que você respondeu isso só da mais credibilidade ao seu trabalho. Bom as perguntas; Não Sou biólogo, ainda estou cursando a Faculdade de Zootecnia. Não vou saber se a fêmea veio de Curitiba, a informação que tive desde o início de minhas atividades no Santuário é que foram importadas de um país europeu... Vou confirmar isso e te mando em alguns dias! Vou reunir umas fotos aqui e te mando também. Sobre a página eu tinha mesmo pensado em algo do gênero, mas a política do santuario é territorio dos animais então gostaríamos de deixa-lo assim, anônimo. Vou buscar nos arquivos materiais, escritas e vídeo e assim que possível manterei contato... obrigado!

12/10/09: Sou eu quem agradeço pela resposta. E olha que vou cobrar a foto! Você não tem noção de como sou chato quando alguém me promete algo... (rs) Mas José me conte e me explique melhor, por favor, que história é essa de anonimato?! O santuário não recebe visitantes? É fechado ao público? Não concordo com essa política do Santuário de anonimato... Primeiro porque fica assim, como no meu site, informações truncadas e erradas... Se aí é território dos animais e não recebe visitas, por exemplo, podemos fazer uma matéria a respeito e deixar mais clara essa situação... Não é? Qualquer um que busca informação a respeito da Zebu Ecológica no Google, por exemplo, a primeira coisa que aparece é uma matéria de envolvimento com a polícia...?! Penso que deveríamos colocar o nome correto e alguns dados de esclarecimentos... O que achas?

12/10/09: O Santuário não recebe visitas a não ser agendadas. Para abertura ao público seria necessário um grande investimento em logística e isso é algo que não sera feito, se tiver que investir será em benefício dos animais. Sim podemos agendar uma visita e colocar em panos limpos. Muita polemica já rondou o Santuário, mais a vida é assim, se você faz 1 milhão de coisas boas você ainda vai ser lembrado por uma única ruim. Ps: Vamos manter contatos e assim que tudo estiver organizado eu te aviso e podemos marcar uma visita. Obrigado!

Nota: No YouTube tem duas postagens sobre a girafa fêmea do Zebu:
From: yvespereira, 23/05/2009 (www.youtube.com/watch?v=abTDRZxus4A) (imagem direita)
From: yvespereira, 24/05/2009 Giraffa doméstica “Lora” (www.youtube.com/watch?v=Xh79gxYiDPo)
From: cristianocecilio74, 24/08/2009 (www.youtube.com/user/cristianocecilio74) (imagem esquerda)

volta ao topo

— Zoológico Parque do Sabiá ou FUTEL – Fundação Uberlandense do Turismo Esporte e Lazer *
Registro Ibama: 1/31/1998/000005-8
Rua Haia, s/n.º, Parque do Sabiá – Tibery – CEP: 38406-169, Uberlândia – Minas Gerais (MG)
Contato: Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 – Santa Monica – CEP: 38406-175, Uberlândia (MG)
Telefone: (34) 3232-7223 – zoologico@prodaub.com.br – Total: 75 ha
www3.uberlandia.mg.gov.br/midia/imagens/planejamento_urbano_e_meio_ambiente/parque_sabia.jpg
www3.uberlandia.mg.gov.br/midia/imagens/planejamento_urbano_e_meio_ambiente/zoologico.jpg

O Complexo Parque do Sabiá começou a ser construído em 07/07/1977 e foi inaugurado em 07/11/1982. Possui uma área de 1.850.000 m² que abrange um bosque de 350.000 m² de área verde, um conjunto hidrográfico composto por três nascentes que abastecem 7 represas e originam um grande lago artificial e outros menores; à margem da represa existe uma praia artificial, chamada de “prainha”, com 300 metros de extensão e alambrado de proteção; um zoológico com 235 animais em cativeiro de 73 espécies; uma estação de piscicultura com vários tanques que servem para estocagem de matrizes, reprodução de peixes, estocagem de pós-larvas e alevinagem; um pavilhão de 1.080 m² de área construída que comporta 36 aquários e 36 espécies diferentes de peixes; uma pista de cooper de 5.100 metros de extensão e trilhas alternativas para caminhada; duas piscinas de água corrente (50 e 25 metros); 7 campos de futebol; 5 quadras poliesportivas (futebol de salão, vôlei, basquete e handebol); uma quadra de areia; um campo society de grama; um completo parque infantil denominado “O Mundo da Criança”, com mais de 100 brinquedos e até um trenzinho; conjuntos sanitários; vestiários esportivos; lanchonetes e vários recantos contemplativos (um deles é local próprio para jogos de cartas, chamado de “Recanto do Truqueiro”, o galpão tem servido também para outras atividades), espaço para shows abertos, entre outras instalações, e o Estádio João Havelange, com capacidade para 75 mil torcedores. A proposta de sua criação teve como principal objetivo proporcionar ao cidadão menos favorecido um local para a prática desportiva e outras atividades de lazer.

SABIAZINHO: Dentro do Parque do Sabiá está localizado também o Sabiazinho, um campo com excelente gramado e medidas oficiais, utilizado para jogos do campeonato amador e eventos de maior proporção, como decisões de outros campeonatos e treinos do Uberlândia Esporte Clube (UEC).

ESTAÇÃO DE METEREOLOGIA: Realiza estudos sobre as variações climáticas no Município, registra dados sobre temperaturas máxima e mínima, pluviosidade, umidade relativa do ar e direção e velocidade do vento. Os dados são repassados diariamente para Belo Horizonte.

CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Tem como principal objetivo divulgar a importância da preservação do meio ambiente. A “Casa Ambiental” fica aberta das 7h às 17h e oferece às escolas e frequentadores do Parque palestras, vídeos, cursos e apresentações teatrais, além do desenvolvimento de trabalhos que conscientizem as pessoas sobre problemas existentes no Parque e maus-tratos aos animais.

PISCICULTURA: A Futel mantém a mais bem estruturada estação de piscicultura da região, desenvolvendo um trabalho de produção de alevinos. Dentro do plantel de reprodução, existe uma infinidade de espécies e a produção de alevinos da estação de piscicultura do Parque Sabiá é utilizada para povoar os rios da região. Os peixes recebem cuidados especiais. A temperatura da água tem que se adequar à condição da espécie. Outro aspecto importante deste setor é que alunos das escolas municipais, estaduais, particulares e até da UFU utilizam a estação para realizar pesquisas e trabalhos escolares relativos à produção de peixes.

ZOOLÓGICO: A criação de um zoológico se justifica pela necessidade de promoção, valorização e preservação da fauna brasileira. O zoológico do Parque Sabiá conta com uma estrutura adequada para manter em seu interior diversas espécies de animais. A flora do parque é exuberante. Foram catalogadas 300 espécies de vegetais nativos, a fauna, necessária para a educação ambiental, é constituída de um plantel com mais de 200 espécies de animais. Vale ressaltar que, para a manutenção de um zoológico, é necessário receber autorização do Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente. É o Ibama quem cuida da fiscalização e das condições oferecidas à criação de animais. O zoológico do Parque do Sabiá obedece à legislação e zela pelo bom estado de preservação dos animais. Todos os animais são mantidos em recintos apropriados, dando a cada espécie condições adequadas de sobrevivência. Quem visita o Parque Sabiá pode admirar a beleza de várias espécies. Para garantir a boa condição de sobrevivência dos animais, a Futel mantém dentro do Parque uma equipe de veterinários e biólogos com atenção voltada para os mesmos.

19/02/2009: Visitei o zoo quando dormi na cidade, em viagem rumo à Brasília. O Zoológico Municipal Parque do Sabiá ou Zoológico Municipal de Uberlândia possui lindos bosques, as casas dos animais são bastante naturais e a entrada do zoo é gratuita. Horário de visita: das 7 às 17 horas. O zoo possui em seu acervo um casal de leões, cujo recinto do leão “Clemente” foi uma obra doada pela casa “Clementina Bar e Ristorante”, inaugurado em 12/02/1998, segundo placa no local.

Abaixo, a cor amarela delimita o Parque do Sabiá no mapa da SEPLAMA – Secretaria de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Divisão de Planejamento Integrado, Núcleo de Informações Setoriais e Geográficas, Núcleo de Cartografia), DPAM – Diretoria de Patrimônio Ambiental, NEA – Núcleo de Educação Ambiental. Administração da FUTEL – Prefeitura de Uberlândia.

.
volta ao topo

— Parque Zoobotânico Dr. Mário Frota
Rua Petrópolis, s/n.º – Jardim Petrópolis – CEP: 37002-040, Varginha (MG)
Telefone: (35) 3690-2124? / (35) 221-2644? – Fundação: 30/11/1965.

— Museu de Zoologia da UFV
Vila Geanetti – Campus da UFV, Viçosa (MG)

No acervo, como material de exposição, destacam-se: esqueletos articulados, animais empalhados, peles, crânios e outras peças como cascos de tartaruga, galhadas de veado, mandíbula de jacaré, fósseis, dentre outros materiais. Além disto, uma coleção científica com 18 ordens de aves (aproximadamente 850 exemplares), 6 famílias de lagartos (aproximadamente 120 exemplares), 6 famílias de cobras (aproximadamente 480 exemplares), 3 famílias de morcegos (aproximadamente 75 exemplares), 8 famílias de anfíbios (aproximadamente 820 exemplares), diversas espécies de mamíferos (aproximadamente 125 exemplares) e diversas espécies de peixes (aproximadamente 500 exemplares).


PARÁ (PA) 5

Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém

Bosque Municipal Rodrigues Alves ou Jardim Botânico da Amazônia (BRAJBA)

Parque Mangal das Garças

— Associação Zoobotânica de Carajás ou Parque Zoobotânico de Carajás (PZC)*
Avenida Pindaré, s/n.º – Serra dos Carajás, Pará
Rod. Raimundo Mascarenhas, Km 27 (Núcleo Urbano) – CEP: 68508-000, Parauapebas (PA)
Contato: Rua Grajau, 69 (Núcleo Urbano) Serra dos Carajas – CEP: 68508-000, Carajás (PA)
Telefone: (91) 328-1150 R.161 / Fax: (91) 327-1297
Caixa Postal: 139. Fundação: . (1/15/91/0171-7)

O Parque Zoobotânico de Carajás (como é mais conhecido) foi inaugurado em 05/02/1985 (talvez março)... O PZC ocupa uma área total de 30 hectares na Floresta Amazônica, localizado dentro da Floresta Nacional de Carajás, município de Parauapebas (PA).

É uma Unidade de Conservação administrada e fiscalizada pelo IBAMA, sendo mantido pela Vale. O PZC é administrado pelo Instituto Ambiental Vale e conta com aproximadamente 20 profissionais, entre veterinários, biólogos, identificadores botânicos e tratadores.

Com o objetivo de proporcionar a integração do homem ao meio ambiente, o Parque tem a missão de ser um espaço modelo, representativo do ecossistema amazônico regional, promotor da educação, lazer, pesquisa e conservação biológica. Recebe mais de 3.500 visitantes por mês. Dentre eles, muitos estudantes e grupos de convidados da Vale.

Cerca de 300 mamíferos, aves e répteis vivem no PZC, todos em ambientes muito próximos ao habitat natural. Há várias espécies ameaçadas de extinção, como arara azul, ararajuba, onça-pintada, suçuarana, jaguatirica, gato-do-mato e macaco-aranha-de-cara-branca.

Mais de mil amostras de plantas conservadas no museu botânico – onde também há mais de cem espécies de orquídeas catalogadas – preservam a história natural da região e servem como referência para pesquisas botânicas. Para a Vale, o PZC representa um importante espaço para desenvolvimento de pesquisas científicas e programas de conservação de espécies ameaçadas, além de fomentar a educação ambiental.

Programa de Manejo Reprodutivo ex-situ para conservação de espécies ameaçadas de extinção

Tem por objetivo a manutenção do estoque genético de populações locais de espécies raras ou ameaçadas de extinção. O manejo reprodutivo dos espécimes pode garantir a sobrevivência de genes na população em cativeiro e até mesmo no ambiente natural, viabilizando futuros programas de recuperação. Todos os filhotes produzidos têm destino específico, conforme critérios estabelecidos pelas autoridades competentes:

• Manutenção para reprodução dentro do próprio parque;
• Destinação para projetos de re-introdução na Região Amazônica;
• Destinação para outros programas experimentais de re-introdução e recuperação ambiental;
• Destinação para formação de novos plantéis reprodutivos.

Animais escolhidos para o programa de reprodução: Ararajuba (Guaruba guarouba) e Arara-azul (Anodohynchus hyacinthinus)

Fonte: www.vale.com (Sustentabilidade > Meio Ambiente > Instituto Ambiental > Parques)

04/11/2008: Solicitei para nosso contato em Carajas que me envie os postais do Zoo local... Fique tranquilo, um dia vc paga. Fernando.

— Centro Nacional de Primatas ou Parque dos Primatas, Ananindeua – Pará (PA)
Criação e reprodução de macacos, apoiando pesquisas e preservando as espécies...
Ministério da Saúde – Fundação Nacional da Saúde

Existe uma série de cartão telefônico emitida pela TELEPARÁ em 12/1998 que compreende 11 cartões com 20 unidades e tiragem de 150 mil cada: “Centro Nacional de Primatas”. Os 11 cartões telefônicos mostram “Seres em extinção — Primatas” (macacos, micos e saguis): sagui-de-bigode ou macaco-bigodeiro (Saguinus imperator), sagui-leãozinho ou macaco leãozinho (Cebuella pigmaea), sagui-branco ou macaco chuim ou ainda sagui de santarém (Callithrix argentata), bugio-preto ou macaco-guariba (Alloatta caraya), macaco-da-noite (Aotus infulatus), macaco-aranha ou macaco-aranha-negro (Ateles paniscus), macaco zog-zog (Callicebus moloch), macaco-cuxiú (Chiropotes satanas utahicki), macaco-barrigudo (Lagothrix lagothricha), macaco-parauaçú (Pithecia irrorata), mico-preto (Callimico goeldi)


PARAÍBA (PB) 2

Parque Zoobotânico Arruda Câmara ou Jardim Zoológico Municipal Arruda Câmara – “Bica” *
Veja: VII Encontro Norte e Nordeste. (1/25/1999/000080-8)

— Associação Ornitológica da Paraíba – AOPB (Registro Ibama: 1/25/87/0001-5)
Rua Dr. Batista Lins, 38/SL-05 – Jaguaribe – CEP: 58000-000, João Pessoa (PB)


PARANÁ (PR)

Eu nunca ouvi falar sobre um Zoológico na cidade de Londrina... O zoo de Apucarana não sei nada...

No estado do Paraná, o maior e mais importante é o Zoológico de Curitiba* (1/41/95/0153-1), localizado na capital do estado, aliás a cidade de Curitiba abriga dois parques abertos à visitação pública: o Passeio Público (mais antigo, inaugurado em 1886, localizado bem no centro da cidade) e o Zoológico de Curitiba, inaugurado em 1982, sendo um dos sete setores que compreende o Parque Regional do Iguaçu (maior parque urbano do Brasil); embora distantes entre si, ambos são administrados pela mesma pessoa da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Na cidade de Foz do Iguaçu, além das Cataratas no Parque Nacional do Iguaçu, temos como atrações: o Zoológico Foz Tropicana – Parque das Aves* (zoo particular sobre pássaros, localizado próximo das Cataratas; 1/41/94/0473-0) e Zoológico Bosque Guarani. Três outros municípios do estado abrigam: o Parque Ecológico Municipal “Danilo Galafassi” ou Zoo de Cascavel (pequeno zoo localizado na cidade de Cascavel) e, que eu saiba, dois menores, ambos apenas com fauna local, localizados em Maringá e Matelândia.

— Bosque Municipal de Apucarana
Praça Presidente Kennedy, s/n.º – Apucarana (PR)
Telefone: (43) 422-4000 R.254?

— Parque Ecológico Municipal “Danilo Galafassi” ou Zoológico Municipal de Cascavel
Rua Fortunato Bibber, 2307 – Jardim Nova York – CEP: 85808-390, Cascavel (PR)
Prefeitura Municipal de Cascavel – Rua Paraná, 5000 – Centro – CEP: 85810-011, Cascavel (PR)
Telefone: (45) 3321-2020 – sema@cascavel.pr.gov.br – www.cascavel.pr.gov.br (Secretaria de Meio Ambiente)

Inaugurado em 12/12/1978, o Parque Municipal Danilo Galafassi conhecido como Zoológico Municipal de Cascavel, possui uma área de 17,91 hectares, e é parte integrante do Parque Municipal Paulo Gorski (Complexo Lago Municipal e Zoológico) com 111,26 hectares. O Zoológico conta atualmente com cerca de 340 animais de aproximadamente 71 espécies: 23 de mamíferos, 39 de aves e 09 de répteis, distribuídos em 60 recintos específicos de acordo com as necessidades de cada espécie, sendo algumas raras ou em risco de extinção, como jaguatirica, onça-pintada, arara-vermelha entre outros.

Os animais que existem no zoo foram adquiridos através de: permutas de animais com outras instituições, aquisições de outros zoológicos, doações supervisionadas pelo IBAMA, nascimentos no próprio zoológico, apreensão de animais realizada pelo IBAMA e Polícia Florestal. O Zoológico possui o Centro de Educação Ambiental Gralha Azul e Museu de História Natural, onde estão expostos ao público mais de 550 peças, entre animais taxidermizados, rochas, esqueletos e peças arqueológicas de diversas regiões do Brasil.

— Zoológico Municipal de Foz do Iguaçu – Bosque Guarani * (1/41/1998/000018-5)
Rua Tarobá, 875 – Jardim Festugato – CEP: 85851-220, Foz do Iguaçu (PR)
Telefone: (45) 3572-4605 / 0800-451516 – Sidnei de Oliveira, Biólogo respensável (sidneibio@hotmail.com)
Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu – Praça Getúlio Vargas, n.º 280 – Centro – CEP: 85851-340, Foz do Iguaçu (PR)
www2.fozdoiguacu.pr.gov.br/Turismo
Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu – Telefone: (45) 3521-1455 – Fax: (45) 3521-1451

Inaugurado em 09/06/1996, o Zoológico Municipal está situado em uma área privilegiada no centro da cidade de Foz do Iguaçu, conhecida como Bosque Guarani. Nele encontra-se um remanescente da flora regional com exuberantes árvores nativas e exóticas tornando o ambiente agradável à visitação e ao lazer. O Zoológico ocupa uma área de 4,5 hectares, possui 21 recintos com aproximadamente 400 animais de espécies silvestres entre aves, répteis e mamíferos, que podem ser visitados por trilhas pavimentadas. O complexo dispõe playground, lanchonete e um mini anfiteatro, onde são realizadas palestras e atividades de educação ambiental. Ainda possui aproximadamente 1.000 árvores nativas e alguns pequenos lagos, resultado do aproveitamento de uma nascente. Podem ser encontradas espécies como: arara, cisne, ema, garça, gavião, gralha, marreco, papagaio, sabiá, tucano; ainda furão, irara, lobo-guará, macaco-prego, onça-pintada; também cágado, jabuti, tigre-d’água, entre outras. O Zoológico funciona diariamente, das 8 às 17 horas, com entrada gratuita. Recebe em torno de 80.000 visitantes por ano incluindo estudantes, turistas e moradores da cidade.

LEVANTAMENTO DE AVIFAUNA DO ZOOLÓGICO BOSQUE GUARANI (06/2009): Além de ter 57 espécies de animais vivendo nos recintos, o Zoológico Municipal de Foz do Iguaçu também tem vários animais que vivem soltos, porque encontram abrigo, alimentação e demais condições para ali viverem. Um levantamento inicial realizado pela médica veterinária Luciana Chiyo, em 4 meses de observação, identificou pelo menos 32 espécies de aves, de 12 famílias diferentes. Algumas destas aves são encontradas durante todo o ano e outras são migratórias, aparecendo só em determinadas épocas do ano.

02/07/2009: Soube que você é o Biólogo respensável pelo Zoológico Municipal de Foz do Iguaçu – Bosque Guarani. Moro na capital de São Paulo, sou fotógrafo e colecionador de objetos de girafas e zoológicos em geral... Dê uma olhadela em meu site Girafamania... Por favor, gostaria de confirmar o endereço que tenho de vocês e saber da possibilidade de adquirir algum fôlder, cartão-postal ou qualquer material impresso sobre o zoológico de vocês... O endereço eu penso que está certo... mas os telefones e o e-mail abaixo conferem? Eu gostaria de entrar em contato com alguém da Prefeitura, pois penso que o responsável deva ter algum material para mim... o que você me sugere? Ficaria muito grato se você me contasse mais sobre o seu zoo... os bichos que tem, alguma história curiosa etc, qualquer informação eu agradeço.

02/07/2009: Dei uma olhada no seu site e achei muito interessante. Continue firme nessa batalha de informar, só assim podemos preservar o que nos resta da fauna e flora. Parabéns. A instituição pela qual sou responsável, passa por muitas dificuldades, pois é mantida totalmente pelo poder público municipal, que não tem interesse em investir, nessa área. O endereço está correto, porém nosso email está desativado. Na page da PMFI, clique Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Zoológico, onde algumas informações estão disponibilizadas. Grato pelo contato. Espero poder contribuir de alguma forma no seu trabalho. Biol. Sidnei.

04/07/2009: Com certeza vc poderá utilizar meu endereço de email, para divulgar. Quando for possível te envio mais fotos do nosso espaço. Obrigado pelo interesse. Biol. Sidnei.

— Itaipu Binacional / Margem Esquerda / Foz do Iguaçu
— Zoológico de Itaipu (criado em 1978) / Margem Direita / Foz do Iguaçu

Nota: Do lado direito do rio Paraná é o Paraguai e do esquerdo do rio é o Brasil. Margem Esquerda é porque fica no lado esquerdo do rio Paraná...

A Itaipu Binacional (www.itaipu.gov.br), maior hidrelétrica do mundo em geração de energia, mantém oito reservas e refúgios biológicos localizados no Brasil e no Paraguai. A área protegida, que inclui mata nativa e trechos de reflorestamento, soma 41.039 hectares. No Brasil estão os refúgios biológicos Bela Vista (1.920/ha) e Santa Helena (1.482/ha), enquanto o Paraguai administra as reservas biológicas Itabó (15.208/ha), Limoy (14.828/ha), Carapá (3.250/ha), Tati Yupi ou Tatí Yupí (2.245/ha) e Yui Rupá (750/ha).

Nota: Ainda existem os refúgios Maracaju (binacional), Pikyry e Mbaracayú (no Paraguai)...

Na fronteira dos dois países, entre o Departamento paraguaio de Kanendiyu e o estado brasileiro do Mato Grosso do Sul, há ainda o Refúgio Binacional de Maracaju (1.356/ha), que abrange uma área em litígio envolvendo Brasil e Paraguai. O Refúgio Binacional de Maracaju passa por um trabalho de reflorestamento, que já promoveu a restauração de 620 hectares, quase metade de sua área de 1.356 hectares.

Os estudos relacionados à fauna ocorrem, no lado brasileiro, no Criadouro de Animais Silvestres da Itaipu Binacional (Casib), localizado no refúgio biológico Bela Vista, próximo à barragem da usina. Lá, animais silvestres se reproduzem em cativeiro e são soltos posteriormente na faixa de proteção do lago e nos refúgios biológicos do lado brasileiro do reservatório. O Casib tem capacidade para abrigar até 300 animais. O centro já reproduziu aproximadamente 800 animais de 42 espécies. Hoje, os trabalhos de reprodução se concentram em espécies ameaçadas de extinção no Brasil e naquelas que são raras na região. A reprodução em cativeiro dos pequenos felinos é um dos trabalhos que mais se destacam.

Pesquisadores da Itaipu, CNPq, Ibama, Universidade Federal do Paraná e do Zoológico de Curitiba conseguiram resultados excelentes na reprodução do gato-do-mato-pequeno (Leopardus tigrinus), gato-maracajá (Leopardus wiedii) e da jaguatirica (Leopardus pardalis). Já na margem paraguaia, os pesquisadores estão obtendo grande sucesso na reprodução do cachorro-do-mato-vinagre (Speothos venaticus) e do cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus), ambos seriamente ameaçados de extinção.

Estudos realizados desde 1986 sobre a fauna silvestre estimam que, na faixa de proteção do reservatório, nas reservas e nos refúgios localizados na margem brasileira do lago de Itaipu existem 44 espécies de mamíferos, 305 de aves e 37 de répteis. Na margem paraguaia, onde a mata nativa não foi tão alterada, já foram observadas 62 espécies de mamíferos e 409 de aves.

Na natureza, os pesquisadores encontraram espécies hoje raras, como a onça-pintada (Panthera onça), o gato-maracajá (Leopardus wiedii), o veado-mão-curta (Mazama nana), o gavião-real (Harpia harpyja, a maior ave de rapina da América do Sul, depois do condor-dos-andes) e o urubu-rei (Sarcoramphus papa).

— Refúgio Biológico Bela Vista da Itaipu Binacional... fôlder enviado por João... do PTI – Parque Tecnológico Itaipu – Tecnologia e desenvolvimento a serviço da região trinacional. Criado em 2003 pela Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) tem como missão compreender e transformar a realidade da Região Trinacional de Iguassu (Argentina, Brasil e Paraguai), articulando e fomentando ações voltadas ao desenvolvimento econômico, científico e tecnológico.

Localizada entre os Parques Nacionais do Iguaçu e da Ilha Grande, a Itaipu desempenha um papel fundamental na preservação do meio ambiente na Tríplice Fronteira. O projeto mais antigo e bem-sucedido nessa área é o Refúgio Biológico Bela Vista, uma unidade de proteção criada para receber milhares de plantas e animais desalojados quando da formação do reservatório da usina. No Refúgio Bela Vista, o visitante pode percorrer cinco roteiros temáticos, acompanhado por guias. As trilhas envolvem educação ambiental e caminhadas na floresta nativa, onde foram construídos recintos que abrigam animais silvestres, com destaque para a onça-pintada Juma. O refúgio em si é uma lição de ecologia. Todas as edificações do espaço usam fontes alternativas de energia e foram construídas com base em conceitos de arquitetura verde. As atividades concentram-se na produção de mudas para reflorestamento, acolhimento e reprodução de animais silvestres em cativeiro e pesquisa da fauna e flora. Também são desenvolvidas ali ações de educação ambiental voltadas a escolas e a comunidades da região. Além disso, a reserva integra uma espécie de corredor verde, que liga o Parque Nacional do Iguaçu a Guaíra, passando pelas faixa de proteção (matas ciliares) do reservatório, nas margens brasileira e paraguaia, totalizando 40 mil hectares.

Segunda-feira e de quarta a domingo. Aconselhável efetuar reserva. 0800 645-4645, (45) 3520-6398 (http://h2foz.com.br/index.php / reservas@complexoitaipu.tur.br). Nota: Parece que, além da fauna silvestre mostrada nas fotos abaixo (anta e veado), também possui em acervo fauna exótica, como o grou-coroado, por exemplo...

— Parque do Ingá
Avenida São Paulo, s/n.º – CEP: 87013-040, Centro – Maringá (PR)
Telefone: (44) 226-1133 R. 292 – Fundação: 10/10/1971. Área Total: 47,4 hectares.
www.maringa.com/turismo/parque_inga.php

Além de exercer suas funções de lazer, de centro de pesquisa e prática de educação ambiental, localiza-se numa área de 47,3 hectares dispondo de lago artificial (que dispõe de pedalinhos), zoológico com exposição de animais da fauna regional (leão), parque infantil, cancha de bocha, pista de “cooper”, quiosque, uma gruta “Gruta Nossa Senhora Aparecida”, lanchonete e um jardim imperial japonês, inaugurada em 21/06/1978, em homenagem a visita do então Princípe Akihito e sua esposa Michiko, hoje Imperador do Japão, demonstrando desta maneira um elo de carinho e ligação entre Maringá e o Japão.

— Zoológico de Matelândia
Avenida Duque de Caxias, 800 – CEP: 85887-000, Matelândia (PR)
Telefone: (45) 262-1362? – Fundação: 26/02/1979. Área Total: 32 m².
volta ao topo


PERNAMBUCO (PE) 2

Horto Zoobotânico Dois Irmãos / Recife * (1/26/96/0118-8)

Chaparral Zoo / Recife


PIAUÍ (PI) 1

Parque Zoobotânico do Piauí


RIO DE JANEIRO (RJ) 6

Fundação Jardim Zoológico da Cidade do Rio de Janeiro (1/33/96/0146-7)

Zoológico de Niterói e Zoológico de Volta Redonda e outros zoológicos do estado do Rio de Janeiro


RIO GRANDE DO NORTE (RN) 1

— Aquário Natal Empreendimentos Turísticos Ltda – ME (particular)
Avenida Litorânea, 1091 – Redinha Nova – CEP: 59122-999, Natal (RN)
Telefone: (84) 3224-2177 – Fax (84) 3224-2641 – www.aquarionatal.com.br

Considerado o mair aquário do Nordeste, abriga 60 espécies de animais, em média, entre eles mamíferos (macaco-prego), répteis (cágado, iguana, jaboti, jiboia, tartaruga-de-pente, teiú, tijuaçu), anfíbios (rã), peixes de água doce (tambaqui, piranha, pirarucu etc) e de água salgada (tubarão-lixa, moreia, mero, peixes de corais etc), também cavalo-marinho, lagosta, polvo, tamurutaca (uma espécie de lagosta?) e aves (pinguins-de-magalhães)...


RIO GRANDE DO SUL (RS) 8

Parque Zoológico do Município de Sapucaia do Sul

Pampas Safari * e outros zoológicos do estado do Rio Grande do Sul


RONDÔNIA (RO) 3

Em Porto Velho há um zoo onde existem apenas animais da região, segundo me consta... O amigo filatelista Anísio ficou de verificar...

— Fundação Instituto do Meio Ambiente – CIMA
Rua José de Alencar, 3438 – Centro ou Caiari – CEP: 78900-000 ou 78902-260? – Porto Velho – Rondônia (RO)
Telefone: (69) 221-1466

— Zoológico de Vilhena
Centro Administrativo Teotônio Vilhena – CEP: 78995-000? – Vilhena – Rondônia (RO)
Telefone: (69) 321-2133?

— Zoológico Municipal de Ariquemes ?

RORAIMA (RR)

Zoológico do Sétimo Batalhão de Infantaria de Selva – Boa Vista – Roraima (RR)


SANTA CATARINA (SC)

Em Santa Catarina existem apenas 6 zoológicos, localizados em 6 dos 293 municípios do estado (www.santur.sc.gov.br), sendo 3 particulares, nas cidades de Penha, Pomerode e Salete, e os outros 3 governamentais, nas cidades de Balneário Camboriú, Brusque e Joinville.

A SANTUR – Santa Catarina Turismo S.A. –, é responsável pela promoção e divulgação dos produtos turísticos catarinenses, de acordo com a política estadual do lazer, definida pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Turismo (www.sol.sc.gov.br).

Zoológico de Pomerode (Fundação: 01/09/1932 – Pomerode)

Parque Cyro Gevaerd (Fundação: 10/12/1981 – Balneário Camboriú)

Zoológico de Beto Carrero World (Fundação: 28/12/1991 – Penha)

Parque Zoobotânico de Brusque (Padre Raulino Reitz) ou Fundação Parque Ecológico de Brusque (Fundação: 19/09/1992 – Brusque)

Zoo Park Cattoni – Cattoni-tur Park Hotel Salete Ltda (Fundação: ? – Salete)

Parque Zoobotânico de Joinville (Fundação: 1992 – Joinville)

Havia em Florianópolis, na capital do estado, um zoológico municipal que visitei em 12/1996, quando pude conferir pouquíssimos animais, já naquela época, uma ema e alguns macacos, os quais eram cuidados por um caseiro – quem abriu o portão do zoológico a meu pedido... mas o Zoológico de Capistrano foi fechado pelo Ibama devido o envolvimento com tráfico de animais...

— Zoológico de Capistrano (Página de Florianópolis)
Rua Geral Vargem G., s/nº – Canasvieiras – CEP: 88052-800, Florianópolis (SC)
Telefone: (48) 266-2123? Nota: enviei correspondência em 15/10/2007, ela foi obliterada atrás com carimbo ENDEREÇO INSUFICIENTE e na frente AO REMETENTE.

volta ao topo

SERGIPE (SE) 3

— Zoológico de Riachuelo?

— Parque dos Falcões (gaviões)

— Parque Governador José Rolemberg Leite
Jardim Industrial, Aracajú – Sergipe (SE) – CEP: 49067-060
Telefone: (79) 224-4438 – Fax: (79) 241-2030 – Fundação: 25/05/1985. Área Total: 30 hectares.

— Zoológico Eco Parque Boa Luz – Parque Resort (Zoológico do Hotel Fazenda Boa Luz) *
BR 235, Km 16 – Laranjeiras – Sergipe (SE) – CEP: 49170-000
Telefone: (79) 3281-4848/4849/4850
www.boaluz.com.br – www.boaluz.com.br/v3/zoo.php

Localizado no município de Laranjeiras, a quinze quilômetros do centro de Aracaju, na BR 235. Com 46 Apartamentos e Chalés, o Hotel dispõe de três restaurantes, bares, piscina exclusiva para hóspedes, Parque Aquático, Sala de Jogos, Pesque-Pague, Charretes, Passeios a Cavalo, Lagos com Pedalinho, Esportes Radicais, Mundo dos Insetos e Vale dos Dinossauros. Também um dos mais completos e o maior zoológico particular do nordeste de animais exóticos como: avestruz, camelo, chimpanzé, cobo (foto abaixo), hipopótamo, leão, lhama, jacaré, tigre, urso, zebra, entre outros. São mais de 30 espécies de animais espalhados em todo o complexo. Os tigres, recentemente, presentearam o parque com três lindos filhotes...

Entrada principal !
Última atualização: 17/12/2013.
volta ao topo

ZOOLÓGICOS DO BRASIL MAPA GIRAFAMANIA
ZOOLÓGICO DO RIO DE JANEIRO