This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

Página dedicada a 16ª colecionadora de girafas que conheço: Paula Miranda. Abaixo, contatos em ordem cronológica.

Paula nasceu em 11/09/1966, mora na cidade de GrândolaPortugal...


PAULA MIRANDA

27/02/2007 – Receber Informações: coleções. Olá, eu sou mais conhecida pela girafa cá na minha terra. Conheci o seu site hoje e fiquei contente de não estar sozinha no mundo, em relação a mania das girafas. Desde pequena que me chamam girafa, porque sempre fui mais alta que todos. Um dia ofereceram-me uma girafa quando tinha 12 anos, e daí­ nunca mais parei. Tenho uma colecção de tudo o que seja relacionado com girafas para mais de 1000 objectos! Todas as pessoas já sabem onde moro porque há girafas por todo o lado, no meu carro já não há mais espaço para girafas! Gostava de lhe poder mostrar a minha colecção! Tive a ver a sua coleção e havia muitas que eu também tenho, engraçado!

01/03/2007 – Eu vivo em Grândola, no sul do País, Alentejo, fica a 110Km de Lisboa, é uma boa terra, sossegada e a 20Km do mar, coisa que não me pode faltar! Você me perguntou onde eu guardo a minha coleção, pois ela está espalhada pela casa toda, onde você entra, há sempre uma girafa!

É engraçado, os meus filhos já apanharam a mania das girafas, mas às vezes incomodam porque já não temos muito espaço! Não me lembro se tenho girafas repetidas mas vou ver se arranjo uma bem original para lhe oferecer. Em relação aos selos, não tenho nenhum, nem sabia que existiam selos sobre girafas, também não sou adepta da filatelia. Tenho é uma grande quantidade de postais! Gostava de lhe mostrar algumas girafas da minha colecção, pelo que eu vi no seu site, você também tem muitas que eu também tenho, engraçado né?! Mando aqui algumas fotos pra você ver... (51)

Há duas girafas muitos especiais na minha colecção... Os meus filhos, o João e a Joana. Ele com 16 anos tem 1,97 m e ela com 12 anos já está quase a ultrapassar a mãe, 1,70 m!

Abaixo, chaveiros pendurados no retrovisor do carro, parte da coleção e girafas de madeira... Outras páginas relacionadas, com fotos de relógios, roupas de cama, tapetes e pantufas...

08/03/2007 – Espero que tenha gostado das minhas fotos, a minha Joana é que dizia: põe mais esta e mais esta, por isso foram tantas. Você conhece 16 pessoas que colecionam girafas?! Eu ainda não tinha conhecido ninguém. Essas pessoas são do Brasil, ou de outros países?! Será que há alguém em Portugal que colecciona girafas? Gostava de conhecer, poderá dar-me o contacto de algumas delas?

Você veio a Portugal, ficou a conhecer melhor o país do que alguns dos Portugueses. Segundo o seu itenerário, passou por Grândola, fica entre Santiago do Caçém e Alcaçer do Sal. Fica a 20 Km da Badoca. Foi pena não ter chegado a horas de fazer o safari... As girafas vieram de França, os tratadores já me deixaram ir mais perto delas, não deram muita confiança, só lhes deixei um balde cheio de ração em cima de um poste para comerem. Disseram-me que estavam habituadas a croissants e agora não querem outra coisa senão o pão alentejano!

Gostou da comida de Portugal?! É boa né?! Tem muita coisa boa, mas também tem muita coisa que faz mal, principalmente porque se abusa muito do sal!

Achei interessante você reparar nos meus álbuns de fotos... eu adoro a fotografia! Eu sempre dei aulas de Educação Física nas escolas e sou treinadora de natação. Fiz natação desde pequena em África, porque eu nasci em Angola e depois fui pra Moçambique logo pequena. Só vim para Portugal tinha já 14 anos.

Agora já com 40 anos, mudei de profissão, sou fotógrafa na Câmara Municipal de Grândola, faço reportagens de tudo o que acontece no nosso concelho e, estou a organizar o arquivo fotográfico desta Câmara. Apesar de não ter tido uma formação séria sobre fotografia, sou uma curiosa e aprendi muito com o meu pai que foi um grande fotógrafo em África. Aprendi a revelar a preto e branco com ele, pois ele tem uma câmara escura em casa!

Além disso também faço animação para crianças e trabalho em part-time num Parque de Campismo a fazer animação. Gosto muito de fazer bonecos em esponja; uma vez pediram-me para fazer um camelo do deserto e aquilo mais parecia uma girafa!... (risos)

Quanto as minhas fotos, você está á vontade, pode coloca-las no seu site, pra mim será uma honra! (utilizei 17 fotos) Aquela foto que mostra um muro, é o muro da minha casa que eu achei que era muito alto e sem graça nenhuma, e eu fiz aquelas girafas para dar alguma graça ao muro e á casa. São feitas de uma madeira que resiste muito ao tempo, criptoméria, madeira dos Açores. E depois desenhei aquela “janela” para ser uma entrada para o mundo das girafas, depois de eu lhe pôr o nome do meu futuro site!

O meu quadro de batique comprei numa feira internacional de artesanato. Tenho girafas que trouxe de muitos lados e sempre há alguém que se lembra de mim e oferece-me. Aquela que voçê reconheceu veio de Porto Galinhas no Brasil um amigo me trouxe e engraçado, os meus pais vieram de lá a semana passada e trouxeram uma igual (cerâmica).

Eu ao Brasil ainda não fui, se calhar é este ano! Como eu viajo sempre sozinha não me sinto segura nesse país... a gente ouve tanta coisa boa do Brasil como má, uma delas é a insegurança. Mas tenho muita curiosodade, principalmente por causa do clima das praias e outras... Mande-me a sua morada qu eu envio-lhe uma girafa que de certeza você não tem! Cumprimentos e...inté!

19/03/2007 – Desculpe a demora na minha resposta, mas tive um problema nas minhas mãos e era impossível de todo responder, mas já está quase solucionado, graças a deus. Fiquei contente, já vi as minhas girafas no seu site, sinto-me bem, já posso partilha-las com quem também goste desse animal tão maravilhoso!

Só agora descobri no seu site a página onde estão os outros colecionadores, interessante, muitos Brasileiros. Vou mandar agora um email para a Ana Isabel do Porto e claro, com cumprimentos seus!

Se quiser vir outra vez a Portugal, esteja à vontade, pode vir aqui para a minha zona para ver a Badoca quantas vezes quiser. Nunca deixei ninguém “pendurado”, quanto mais alguém que goste tanto de girafas quanto eu!... Este fim de semana vou lá. Acho que tem mais animais novos, principalmente aves exóticas! Pode ser que seja desta que a girafa me dê uma lambidela na cara!

Em relação a contactos em Angola ou Moçambique, não tenho, mas posso perguntar aos meus pais. E vou saber alguma coisa aqui entre os meus amigos sobre filatelia.

Sim, tenho algumas fotos do meu pai de África, ele pediu-me, e estou a passar todos os negativos para suporte informático, uma grande trabalheira é o que é! Vou-lhe mandar algumas que eu aqui tenho, mas nada de girafas, é uma pena não é?!..

Já vi a história do Mestre Vitalino, interessante, também já sabia a história de Porto Galinhas, como os meus pais já lá tinham estado contaram-me. Percebi que você deve ser um curioso pela história e contos de todas as terras, aliás vê-se pela quantidade de informação no seu site, a respeito de tudo um pouco...

Quanto à minha ida ao Brasil, não sei, como já lhe disse, tenho receio, mas é um caso a estudar. Não sei para onde iria, como não conheço nada... Talvez fosse para onde os meus pais já conhecem. Eu também viajo sempre no mês do meu aniversário em Setembro, os primeiros 15 dias são só para mim, é o que eu costumo dizer aos meus filhos.

Vou-lhe mandar uma girafa que eu fiz naquela massa Fimo, espero que goste e, que ela chegue inteira! Ah, aquilo que você não conseguiu decifrar, é um suporte com girafas para queimar umas fragâncias, tem uma vela por baixo, põe-se um líquido no vidro e vai libertando um aroma agradavel. Eu mando-lhe uma foto para ver melhor.

A expressão que você usa do “inté”, já é corrente em Portugal, tudo por causa de uma telenovela Brasileira que passou aqui à uns 15 anos atrás, não me lembro o nome, mas toda a gente adoptou o “inté”, assim como o “oi” como cumprimento! Um abraço grande.

29/03/2007 – As minhas mãos já estão operacionais. Aquilo foi um incidente desagradavel. Estava num sítio que não devia estar e à hora errada. Fui apanhada no meio de uma briga e levei com uma cadeira em cima, não foi na cabeça porque me protegi com as mãos. Fiquei com uma quase fracturada e a outra com um grande corte. Coisas de Brasileiros, você me desculpe mas, fomos “evadidos” por gente dos países de Leste e Brasileiros, e desde aì, a minha cidade está cada vez pior, com desacatos, roubos e assaltos. Enfim o progresso de que eu não gosto! Já mandei uns mails para a Ana Isabel do Porto, e ainda não obtive nenhuma resposta. Fui à Badoca...

Os meus pais foram a Porto Galinhas, Porto Seguro, e Recife. Para além disso andaram por ali às voltas. Você acha que eu poderei ir para aquela zona do Rio Grande do Norte (Natal), Pernanbuco (Recife), ou ainda Alagoas (Maceió)? Julgo eu que sejam os melhores sítios para a praia, pelo menos são os mais divulgados a nível do Turismo aqui em Portugal. A nível de preços espreite o site litoural.com, que costuma ser a minha agência de viagens. Quanto ao meu presente que lhe vou dar, ainda não fiz, por causa das mãos, mas espere por qualquer coisa. Nunca mandei nada para tão longe, mas alguma coisa há-de chegar...

02/06/2008 – Depois de muito tempo, pedi notícias... então: Já estou de volta, até já tinha escrito uma mensagem para ti a dar-te os parabéns pelos seus selos... tive internada numa clínica (com uma grande depressão que me afectou a memória), só regressei ao trabalho a semana passada, como eu só tenho net no meu emprego, por minha iniciativa, já mandei a minha morada... com os meus cumprimentos inté. tou melhor mas ainda tenho muitos casos de amnésia...

Entrada principal !
Última atualização: 17/03/2011.
volta ao topo

MAPA GIRAFAMANIA

ESTRANGEIROS – LISTA DE COLECIONADORES DE GIRAFAS – BRASILEIROS