This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do site GIRAFAMANIA

I – O MAGO

Nos baralhos de Tarô, ele é representado por uma altiva figura masculina, usando um chapéu de abas largas e flexíveis, que se dobram ligeiramente para formar o número oito em posição horizontal, a clássica representação do infinito, a comunhão perfeita entre o consciente e o inconsciente; o oito horizontal (lemniscata – ∞) é o símbolo do infinito e do conhecimento esotérico.

Suas roupas são sempre vistosas e cheia de detalhes, na maioria dos desenhos, ele usa uma cobra que morde a própria calda, como cinto. O mago está de pé, com os pés no chão, diante de uma mesa sobre o qual estão vários objetos, entre eles, facas (punhal, espadas, gládios) – símbolo do esforço e das dificuldades; moedas (círculo, roda, ouros, denota a matéria) – símbolo do talento e da concretização de esforços criativos; taças (cálice, copas) – símbolo de emoções, paixões e boa sorte.

Nas mãos do mago vemos o bastão (cetro, paus) a vara de duas pontas – representação da criatividade – atrai a força do alto para sua mão esquerda e faz com que as coisas se manifestem através de sua mão direita, que traz uma moeda apontando para baixo. Esse duplo simbolismo indica que as coisas vem do alto para criar tudo o que há sobre a terra.

Ele é o homem no sentido natural, desconhecedor de suas potencialidades e possibilidades, é o guia interior que percebe a vida como um perpétuo jogo da sorte.

A varinha também representa um símbolo fálico, isto quer dizer que ele não tem bloqueios na área da sexualidade. O mago sabe aproveitar as oportunidades da vida; não perde a noção de realidade, ao mesmo tempo em que sabe ter como meta o infinito; e recomenda que usemos armas que estão ao nosso alcance.

O Mago significa originalidade, criatividade e habilidade para utilizar as próprias capacidades na realização de qualquer tarefa. Regido por mercúrio, ele é a força que nos leva a buscar aquilo que desejamos. Indica que o consulente está num período construtivo de sua vida, em que não terá tédio, preguiça ou paz de espírito.

Aponta também as possibilidades de sucesso, a versatilidade, a energia, o esforço incansável e a capacidade de influenciar pessoas. Elemento: Ar. Signo: Gêmeos. Astro: Mercúrio. Mineral: Pirita. Divindade: Oxaguiã. Hermes. Representa Oxaguiã que simboliza a juventude de Oxalá, uma juventude de aprendizado e guerra. Dia: Domingo à tarde e sexta-feira. Vela: branca. Santo católico correspondente: a juventude de Jesus Cristo.

Em pá – Espontaneidade, força de pensamento, ótimo comerciante, adivinhação, ação, espiritualidade, começos, curiosidade, versatilidade, força de vontade, energia, constância, astúcia, habilidade, criatividade, esforço incansável, dedicação aos ideais, nova situação, busca dos conhecimentos, imaginação, originalidade, sucesso, autoconfiança, início de atividades, capacidade de aceitar riscos, inteligência alerta e aberta, equilíbrio, comunicabilidade, no amor indica flertes, o pensamento é tão rápido que ele adivinha, faz a faculdade e acaba não usando, ele tem bagagem para trabalhar – é o preparador da magia, esta carta é neutra, do momento, ação, no máximo um mês de influências, avisa o começo de algo, mas não avisa o meio e o fim, diz que o correio está aberto, é só fazer o pedido... indica também “o pai idealizado”. Força de vontade é o que não lhe falta para conquistar seus objetivos, você tem sempre caminhos novos pela frente. Para saber que rumo seguir, utilize sua intuição e auto confiança.

Invertida – Indecisão, falta de habilidade, desânimo, dissimulação, descontrole emocional, pobreza de espírito, covardia, charlatanice, fraude, trapaça, falsidade, desequilíbrio, na saúde indica hormônio masculino.

LETRA HEBRAICA – ALEPH – Símbolo do mistério do bom guia, anjo da guarda, intuição. Vê Deus face a face, sem morrer e conversa familiarmente com os sete gênios que mandam em toda a milícia celeste. “O recipiendário”.

AXIOMA – “Seja em tuas obras, como és em teus pensamentos...”

Entrada principal !
Última atualização: 08/10/2010.
volta ao topo

TARÔ TARÔ
PAPISA