This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

TAMANHO

A GIRAFA É O ANIMAL MAIS ALTO DA TERRA!

A girafa é o animal mais alto do mundo, chegando a medir 5,80 metros do chão ao topo de suas pretuberâncias, isto é, até a ponta dos cornos. A estatura desse singular ruminante é de cerca de 3 metros até a junção das espáduas, o pescoço longo e ereto faz a cabeça elevar-se a quase 5 metros e meio.

Entretanto, a altura da girafa adulta pode variar bastante, em média de 4 até quase 5 metros. O macho é maior do que a fêmea. As fêmeas, por exemplo, medem até quatro metros e meio de altura e os machos mais de cinco metros de altura, dos quais, boa parte é constituída pelo pescoço.

Os jovens machos crescem aproximadamente 8 centímetros por mês, dobrando a sua altura em dois anos, enquanto que as fêmeas dobram a sua altura em 30 meses. Graças a sua grande altura elas podem observar a distância e notar a aproximação de algum carnívoro, por exemplo. As girafas carregam o “peso” do título de maior ruminante terrestre!

Padrões de Medidas

Diferentes civilizações padronizaram unidades de medidas desde os primórdios... Com vários tipos de unidades, as medições davam resultados variados, o que tornava praticamente impossível esse tipo de comunicação entre os povos...

Para solucionar tal problema, em 1790, a Academia Francesa de Ciências propõe que todas as unidades de comprimento existentes: côvado, braço, pé, milha, polegada etc., sejam substituídas por uma única: o metro – fazendo parte das reformas desencadeadas pela Revolução Francesa.

Houve, então, uma Conferência Internacional de Pesos e Medidas, na qual um sistema planejado foi adotado oficialmente por vários países...

Algumas Datas Importantes na História da Metrologia no Brasil:
1830 – Início da história da metrologia brasileira. Projeto de adoção do sistema métrico decimal...
1862
Em 25/06/1862, o Imperador D. Pedro II estabelece que o sistema de pesos e medidas será substituído pelo sistema métrico francês. Na cidade do Rio de Janeiro então, eclode uma revolta chamada de Motim do Quebra Quilo, em função da adoção do Sistema Métrico Decimal. Esta data ficou conhecida como Dia do Quilo.
Em 26/06/1862, houve a promulgação pelo Imperador D. Pedro II, com a Lei Imperial nº 1.157, que oficializou o Sistema Métrico Decimal em todo o Brasil. Esta data ficou conhecida como o Dia do Metrologista. Cem anos após esta data, em 26/06/1962, foi emitido um selo postal brasileiro comemorativo para marcar o Centenário da Instituição do Sistema Métrico no Brasil (imagem logo abaixo), com valor facial de Cr$ 100,00 cruzeiros, o selo mostra a escala em milímetros... Picotagem: 11½ × 11. Tiragem: 5.000.000 selos. Impressão: Rotogravura. Filigrana: Q Correio Estrela Brasil (5 mm). Yvert: 716. Scott: 940. Michel: 1018. RHM: C-473.
1875 – Dezessete países assinam, em Paris, a Convenção do Metro.
1881 – Adoção internacional do Sistema CGS (centímetro, grama e segundo).
1905 – I Conferência Nacional de Pesos e Medidas nos USA.
1931 – Por falta de recursos o Brasil se desliga da Convenção do Metro.
1948 – Conferência Internacional de Pesos e Medidas.
1953 – Reintegração do Brasil à Convenção do Metro.
1954 – Foram escolhidas seis unidades fundamentais, as que têm mais condições de satisfazer as necessidades da vida cotidiana e das ciências: metro (extensão, comprimento; definição desde 1889); quilograma (padrão de massa; desde 1889); segundo (tempo); ampére (corrente elétrica; desde 1948). Apenas a unidade de tempo não tinha definição aprovada pelo CGPM...
1960 – Brasil participa da Conferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM) que cria o SI – Sistema Internacional de Unidades –, institucionalizando o SI.
1962 – I Convenção Nacional de Órgãos Metrológicos realizada no Rio de Janeiro.
1963 – Fixadas normas para a indicação quantitativa de produtos ou carnes vendidos em embalagens de metal, plástico ou vidro.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO (www.inmetro.gov.br) é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que atua como Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (CONMETRO), colegiado interministerial, que é o órgão normativo do Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (SINMETRO). Objetivando integrar uma estrutura sistêmica articulada, o Sinmetro, o Conmetro e o Inmetro foram criados pela Lei 5.966, de 11/12/1973, cabendo a este último substituir o então Instituto Nacional de Pesos e Medidas (INPM) e ampliar significativamente o seu raio de atuação a serviço da sociedade brasileira.

Filatelia Métrica (outras emissões a respeito):
Austrália 1973 – Conversão métrica. Bom. Yvert: 486/489. Scott: 541/544. NT
França 1954 – Alegoria sobre o Sistema Métrico, introduzido primeiramente na França. Scott: 732. Yvert: 998.
França 1975 – Centenário da Convenção do Sistema Métrico, Paris, 1875. Documento, Aton Diagram e Waves (movimento). Scott: 1435. NT
Gana 1976 – Série de 4 valores sobre o Sistema Métrico: Sept Goes Metric 1975, cujos selos mostram: 7p (litro – l), 30p (quilograma – kg), 60p (metro – m, centímetro – cm) e 1c (temperatura Celsius, centígrado – c). Scott: 570/573.
Hungria 1976 – Centenário da Introdução do Sistema Métrico na Hungria. Scott: 2418/2420.
Suíça 1975 – Centenário da Convenção Internacional do Sistema Métrico, Paris. Scott: 599/602. NT

Selos abaixo:

  1. Suécia 1975 – Centenário da Convenção Internacional do Sistema Métrico de Medida, Paris, 1875. Bicentenário da medicina veterinária sueca, fundada por Peter Hernqvist (1726/1808). Carl Milles (1875/1955), escultor. Scott: 1121/1123.
  2. Quênia, Uganda e Tanzânia (KUT), sistema métrico e sistema de pesos e medidas...
  3. África do Sul 1977 – Mapa do Mundo com a letra “M” – Introdução Internacional do Sistema Métrico. World map and “M” – Introduction of International Metric System. Yvert: 439. Scott: 497.

(51k)

(39k)

(66k)
volta ao topo

COMPARAÇÃO COM OUTROS SERES VIVOS

Qual é o maior ser vivo na face da terra?

A maior criatura do planeta foi descoberta apenas em 1996: um fungo que cresce sob o solo da Floresta Nacional de Malheur, no Estado do Oregon, Estados Unidos.

Esse Armillaria ostoyae, popularmente conhecido como “cogumelo do mel”, nasceu como uma partícula minúscula, impossível de ser vista a olho nu, e foi estendendo seus filamentos durante um período estimado de 2.400 anos.

Da superfície, dá para ver apenas suas extremidades junto aos troncos das árvores, mas debaixo da terra ele ocupa 880 hectares – o equivalente a 1.220 campos de futebol. “Ele ainda cresce de 70 centímetros a 1,20 metro por ano”, diz o engenheiro agrônomo João Lúcio de Azevedo, da USP.

Antes de sua descoberta, o maior ser vivo, a maior criatura da face da Terra era uma árvore! Até os anos 90, o título pertencia a árvore chamada sequoia...

1 – A sequoia-gigante (General Sherman), na Califórnia – com 83 metros de altura – era o maior ser vivo conhecido no planeta. A sequoia-gigante, encontra-se no Parque Nacional da Sequoia, na Califórnia, EUA. Da classe das coníferas chega a medir até 100 metros de altura e 11 metros de diâmetro, aproximadamente, e podem viver mais de 3.000 anos! Nota: Um dos selos de uma série emitida em 1978, pelos Estados Unidos, mostra a Giant Sequoia (Scott: 1764/1767). JT

2 – A baleia-azul (Balaenoptera musculos) é o maior animal da Terra: chega a medir 30 metros de comprimento e a pesar mais de 150 toneladas. O mais longo mamífero de que se tem notícia é também uma baleia-azul, morta em 1909, media 33,58 metros.

3 – O elefante-africano macho da espécie (Loxodonta africana) é o maior dos animais terrestres: pode medir de 3 a 3,7 metros de altura e pesar de 4 a 7 toneladas. O maior já pego media 3,96 metros de altura e pesava 12 toneladas; foi morto em novembro de 1974.

4 – O homem mais alto registrado media 2,72 metros! Seu nome: Robert Wadlon (1918–1940). Por disfunção hormonal, tornou-se o homem mais alto do mundo moderno. Uma pequena mutação poderia ter sido a causa desta disfunção, já que entre seus parentes, não haviam pessoas de grande estatura. Não se sabe com certeza mas também não se descarta esta hipótese.
Aos 5 anos tinha 1,60 m.
Aos 10 anos tinha 1,92 m.
Aos 12 anos tinha 2,10 m.
Aos 14 anos tinha 2,22 m.
Aos 20 anos tinha 2,55 m.
Aos 22 anos tinha 2,72 m.
Atualmente (1999), o homem mais alto é o jogador de basquete coreano Michael Ri com 2,35 metros.

5 – A girafa (Giraffa camelopardalis) – pesa, aproximadamente, 1.200 kg. Mas o troféu de animal mais alto do mundo vai para ela, pois pode alcançar 6 metros de altura! A girafa mais alta de que já se teve notícia viveu em meados do século XX, em um zoológico no Quênia, e chegava aos 5,8 metros de altura.

6 – O ocapi (Okapia johnstoni) – parecido com um cavalo, ele pesa, aproximadamente, 250 kg. Seu corpo tem cerca de 2 metros de comprimento e 1,50 a 1,70 metros de altura até o dorso (ombro).

Abaixo, uma imagem para se ter ideia do tamanho do homem em relação a família dos girafídeos.

volta ao topo

“Brincando de Matemática” = algumas unidades de medidas, com os principais múltiplos e submúltiplos

COMPRIMENTO (Unidade básica de medida do comprimento: metro) – Unidades de medida de comprimento:
milímetro (mm) = milésima parte do metro [mili- (mil) + -metro]
centímetro (cm) = centésima parte do metro [centi- (cem) + -metro]
decímetro (dm) = décima parte do metro [deci- (dez) + -metro]
metro (m) = Corresponde à distância percorrida pela luz, no vácuo, durante um período de tempo equivalente a 1/299.792.458 de segundo [do grego metrón, metron (medida)]. 1 metro é igual a 1.000 milímetros; 100 centímetros; 10 decímetros; 0,1 decâmetro; 0,01 hectômetro e 0,001 quilômetro.
decâmetro (dam) = equivale a dez metros [dec(a)- + -metro]
hectômetro (hm) = equivale a cem metros [hect(o)- + -metro]
quilômetro (km) = equivale a mil metros [quilo - + -metro]

MASSA (Unidade básica de medida da massa: grama) – Unidades de medida de massa:
miligrama (mg) = milésima parte do grama [mili- (mil) + grama]
centigrama (cg) = centésima parte do grama [centi- (cem) + grama]
decigrama (dg) = décima parte do grama [deci- (dez) + grama]
grama (g) = Principal unidade de massa do sistema métrico, correspondente a um milésimo do quilograma [do latim gramma, atos]. 1 grama é igual a 1.000 miligramas; 100 centigramas; 10 decigramas; 0,1 decagrama; 0,01 hectograma e 0,001 quilograma. Nota: Substantivo feminino e masculino.
decagrama (dag) = equivale a dez gramas [deca- + grama]
hectograma (hg) = equivale a cem gramas [hecto- + grama]
quilo ou quilograma (kg) = equivale a mil gramas [quilo- + grama]
tonelada (t) = equivale a mil quilogramas (1.000 kg) [tonel + -ada]

VOLUME (Unidade básica de medida do volume: litro) – Unidades de medida de volume líquido:
mililitro (ml) = milésima parte do litro [mili- (mil) + litro]
centilitro (cl) = centésima parte do litro [cent(i) (cem) + -litro]
decilitro (dl) = décima parte do litro [deci- (dez) + -litro]
litro (l) = Unidade de capacidade para líquidos e substâncias secas equivalente a um decímetro cúbico. 1 litro é igual a 1.000 mililitros; 100 centilitros; 10 decilitros; 0,1 decalitro; 0,01 hectolitro e 0,001 quilolitro.
decalitro (dal) = equivale a dez litros [deca- + -litro]
hectolitro (hl) = equivale a cem litros [hect(o)- + -litro]
quilolitro (kl) = equivale a mil litros (1.000 l) [quilo- + litro]

COMPRIMENTO km hm dam metro / m dm cm mm
MASSA kg hg dag grama / g dg cg mg
VOLUME kl hl dal litro / l dl cl ml
  0 0 0
1
0 0 0

TEMPO (Unidade básica de medida do tempo: segundo) – Aquilo que é medido em horas, dias, meses ou anos; período; medida de duração dos fenômenos [do latim tempus, oris. Ideia de 'tempo': cron(o)- (cronômetro); -cronia (sincronia)]. Unidades de medida do tempo:
segundo (seg., s e ") = sexagésima parte de um minuto [do latim secundus]
minuto (min) = equivale a sessenta segundos [do latim minutus]
hora (h) = divisão de tempo equivalente a 1/24 do dia , que é dividida, por sua vez, em sessenta minutos [do grego hora]
dia (d) = período de tempo que, aproximadamente, dura a rotação da Terra em torno do seu eixo, e que, incluindo o dia e a noite, é dividido em 24 horas [do latim dia]
semana = período de sete dias seguidos, ger. contados a partir de domingo [do latim septimana]
mês = cada uma das 12 partes em que se divide o ano [do latim mensis]
ano = cada um dos intervalos de 12 meses, de 1º de janeiro a 31 de dezembro [do latim annus]

Fazendo uma mudança de unidade do sistema métrico decimal à outra, considerando-se 6 metros de altura, uma girafa pode medir:

Outras medidas:

Acre – Unidade de medida agrária (de dimensão variada, de acordo com o lugar de uso): 150 acres de terreno. O acre inglês e americano equivale a 40,47 ares.

Alqueire – Medida agrária de superfície, ainda usada no Brasil, mas de valor variável de acordo com o lugar, equivale nos estados de MG, RJ e GO (alqueire mineiro): 48.400 m² (4,84 ha); em São Paulo (alqueire paulista): 24.200 m² (1 alqueire de terra paulista = 2,42 hectares); no Norte (alqueire do Norte): 27.225 m².

Are – Unidade de medida agrária equivalente a 100 m².

Hectare (simb.: ha) – Unidade de medida de superfície agrária igual a 100 ares ou a 1 hectômetro quadrado (1 ha = 10.000 m²): um quilômetro quadrado tem 100 hectares (1 km = 100 ha).

Milha – Unidade de distância terrestre que, usada nos países de língua inglesa, é igual a 1.609 metros. Dez mil metros quadrados (10.000 m²), por exemplo, é igual a um hectare (metric measure of area) que é igual a 2.471 acres ou equivalente a 100 ares.

Onça – Medida de peso norte-americana usada, por exemplo, no peso da cunhagem de moedas; uma onça equivale a 28 gramas, aproximadamente.

Na coleção há uma trena – fita métrica, de material e comprimento variáveis, usada em medição – que foi contribuição de Lídia em 07/09. Compartimento quadrado, de plástico decorado com imitação de pele de girafa: aperte o botão central e puxe a cauda (um metro e meio); para recolher a cauda é só apertar o botão central...


Matemática é a Ciência que investiga relações entre entidades definidas abstrata e logicamente.

Existem colecionadores filatélicos que são matemáticos, isto é, são especialistas em Matemática. Abaixo, alguns exemplos de coleções filatélicas sobre Matemática, desenvolvidas por quatro brasileiros:

Carlos Fernando Knauer: “Matemática: dos primórdios aos dias de hoje” (estreou na exposição em Ouro Preto)

José Jackson Lima Albuquerque, com duas coleções “Matemáticas”:
“Matemática através dos tempos” (62 pts) e “Mensurando as coisas do mundo” (Piracicaba 2008)

– Roberto João Eissler: “Do número à matemática”

Rodrigo de Almeida Siqueira: “Fractarte”

Em 1995 Rodrigo desenhou o carimbo oficial usado pelos correios, em comemoração aos 25 Anos do IME – Instituto de Matemática e Estatística da USP. As imagens fractais representam tanto a matemática quanto a computação, pois a teoria dos fractais só se desenvolveu graças aos computadores, já que milhões de cálculos precisam ser feitos para gerar cada imagem. Saiba mais no site de fractais (www.fractarte.com.br/fractarte.php).

As três imagens que aparecem no carimbo (ampliadas abaixo, do logo da Fractarte) representam formas básicas da Geometria Fractal.

Fragmento de envelope com selo obliterado pelo carimbo comemorativo “25 Anos do Instituto de Matemática e Estatística – USP” de 15 a 21/01/1995 em São Paulo. Do lado direito da imagem, adesivo comemorativo...

Nota: Em 21/07/1967 foi emitido o selo 6º Colóquio Brasileiro de Matemática. RHM: C-574 (a. papel marmorizado). Yvert: 827.

Entrada principal !
Última atualização: 07/07/2014.
volta ao topo

ANATOMIA TUDO SOBRE AS GIRAFAS
PELE E PÊLOS