This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

UM DIA COM JOÃO MINEIRO E MARINO

A imagem abaixo mostra uma publicação na Revista Além da Pesca Lazer e Turismo, Ano: 02, dezembro de 2000, Edição: 26, matéria Entrevista: Um dia com João Mineiro e Marino, página: 24.

Texto e fotos de Sérgio Eduardo Sakall, dezembro de 2000.

A ALÉM DA PESCA teve o prazer de receber a dupla sertaneja – JOÃO MINEIRO e MARINO – para um dia de pescaria e bate-papo na FAZENDA APINGORÁ.

João Mineiro costuma dizer que mora em São Paulo, porém seu verdadeiro lar é uma fazenda em Minas Gerais, perto de Andradas. Todos os dias ele levanta cedo, bebe leite tirado na hora, morde daquele “queijinho” caseiro e afirma que comer desse queijo, feito naquelas terras, é o que há de melhor!

Quando está em São Paulo, nem de supermercado precisa, porque traz galinha caipira de lá, carne de boi, também de carneiro, tudo criado em sua fazenda Santa Maria.

Já Marino mora na zona norte de São Paulo, precisamente em Santana. Mineiro, diz que seu único medo é o de subir no palco e não ter público. Acrescentou que quanto maior for o número de pessoas, maior é o seu sentimento de segurança e melhor será o show.

Pescador nato, surpreendeu a todos da ALÉM DA PESCA. Flagramos até ele fazendo uma fieira de uma planta para transportar as trutas que pescou!

MENSAGENS DE AIUROCA

Assim que sentamos na beira do lago, João Mineiro começou a narrar suas muitas histórias. Numa delas, disse que conheceu um lugar chamado Aiuroca, de espaço bem grande, com umas 18 cachoeiras, mais parecendo um cenário de cinema.

Contou que tem gente que vai ao local fazer retiro ou meditação e que pessoas de lá mesmo trazem mensagens vindas do além...

Certa vez mandaram chamar a ele e ao seu amigo Adão. Lá, João descobriu que se tratava de uma mensagem: a sua própria história! Embora João tenha ficado “abalado” com tal mensagem, brinca ter ouvido “coisas” que duvidou, até riu, mas outras “coisas” prefere nem comentar.

Em Aiuroca, ficaram na presença de uma senhora que “buscava” mensagens. Ela começou a “chamar” o já falecido pai de João e logo depois disse que São João era quem estava enviando tal mensagem...

Que o Adão tinha sido filho de uma família daquelas terras, em outra encarnação, por volta do ano 1700; e que João foi um coronel importante da região, na mesma época. Poderoso, ele foi o dono de tudo aquilo.

Na conversa, João perguntou sobre a separação de João Mineiro e Marciano. A Dona respondeu que na vida passada havia uma mulher muito bonita que o Marciano desejava, mas o tal do coronel (supostamente João) casou-se com aquela beleza de mulher. Daí a bronca do Marciano, desde aquele tempo, e que no presente não haveria mais solução.

A mensagem ainda esclarecia que a sua atual esposa foi em outra vida a mesma mulher com quem o coronel se casou. Então, segundo a vidente, as histórias coincidem, a conquista de uma mulher e a separação da dupla.

Depois acrescentou que o sucesso em sua carreira artística será como antes, quando estava em parceria com o Marciano, só que agora, seria com o Marino, seu neto na última encarnação.

ULTRAPASSANDO BARREIRAS

A ex-esposa de João já dizia para ele arrumar uma outra mulher. Então, João pediu para Deus uma companhia, não interessava se fosse feia ou bonita, branca ou negra.

Logo apareceu, só que de cara foi uma mulher mais jovem do que ele. Apesar de ter gostado, relutou em aceitá-la por causa da grande diferença de idade.

Achava que tal situação era constrangedora; e o que as pessoas iriam comentar, indagou. Porém, na época, a própria mãe da jovem disse para o João sobre o juízo e a responsabilidade da filha, e que ela gostava muito dele.

João diz que não foi por ambição, muito menos por escolha tal união; e que graças a Deus, completou 3 anos que estão bem casados e agora tiveram um bebe, uma linda menina que significa tudo de mais importante no mundo, é a sua vida!

Bem, parece que João acreditou em algumas coisas ditas, em outras não. Mesmo na dúvida e ficando no meio dessa história, hoje, vê e sente que as coisas estão dando certo para a atual dupla, pois onde João Mineiro e Marino vão cantar o povo gosta.

Recentemente, numa cidade do interior, cantaram para um público com mais de 40 mil pessoas! O prefeito de tal cidade subiu no palco para pedir que voltassem no dia seguinte. Daí o sucesso se repetiu, casa lotada novamente.

SIMPLICIDADE

João já viu muito na vida, igualmente viajou, desde 1959 fazendo shows. Percorreu tanto do nosso Brasil que já nem se lembra mais de alguns lugares. Mas a coisa da qual nunca se esqueceu e sempre valorizou é de como a natureza é linda.

Contou que pouco tempo atrás nasceu um filhote de burro em sua fazenda e que o bichinho é prá lá de lindo.

João Mineiro e Marino estão apresentando um show chamado Recordações, mesmo nome do mais novo CD da dupla. Cantam: “Ainda ontem chorei de saudades”, “Se eu não puder te esquecer”, entre outras músicas.

A ideia desse trabalho foi selecionar músicas antigas e despertar no povo o que o próprio título sugere. Praticamente o público inteiro canta junto com eles. Está sendo um sucesso e tanto!

PROJETOS

Pretendem lançar em abril de 2001 outro CD, apresentando músicas especiais e inéditas. Já existem 3 prontas, uma delas é de Moacir Franco: “Cuidado com o meu coração”. Outra é de Bentana: “Seu cheiro está no ar”.

Também há uma regravação de um antigo sucesso de Vanderlei Cardoso: “Minha namorada”. Estão preparando em estúdio muitas outras do amigo e grande compositor Paulo Nascimento.

Há uma que mistura a música sertaneja com o samba. Outra narra o momento atual da humanidade: “diz sobre briga de religião, fala de homem casando com homem, contrariando a tradição, de rico pisando em pobre, a vivência do mundo cão...”

SEGREDOS

Há um segredo que guardam a sete chaves! Em breve pretendem gravar uma música, outra com autoria de Moacir Franco. Conta a história de uma menina de 15 anos que vive num orfanato e ainda não conhece o mundo, exceto pela TV. Tal música foi feita para um orfanato e será lançada num show, que talvez Moacir irá participar.

ESQUECENDO A LETRA

Com certeza há na dupla uma forte ligação. Sabemos que, às vezes, os cantores esquecem a letra da música ou mesmo como se inicia alguma canção. Quando isso ocorre com João Mineiro e Marino não há problemas.

Como eles estão “ligados” um no outro, o simples ato de quem esqueceu a letra observar a boca do outro que está cantando, faz com que o esquecido em questão seja lembrado. Ou então, apenas uma palavra cantada já é motivo com que o esquecido se recorde imediatamente da frase inteira. O processo é bem rápido, afirmam.

A UNIÃO TRAZ A FORÇA

Agora, com o apoio e a iniciativa do novo companheiro Marino, João Mineiro sente-se encorajado, vivo, com espírito cheio de vontade. Quer viajar muito ainda e continuar realizando o seu eterno trabalho: levar através de suas músicas, letras com verdadeiros significados para o maior número de brasileiros.

Enfim, felizes na parceria, o que a dupla quer mesmo é cantar e levar “mensagens” para o nosso povo!

João Mineiro e Marino deixaram um forte abraço para todos os leitores da REVISTA ALÉM DA PESCA, assim como os votos de um FELIZ NATAL e um ANO NOVO REPLETO DE SUCESSO!

Entrada principal !
Última atualização: 09/10/2012.
volta ao topo

TRABALHOS PÁGINA PRINCIPAL
TRABALHOS