This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

REPÚBLICA DA BELARUS (25/08/1991)

ex-República da antiga União Soviética (Union Soviet Socialist Republics – USSR)

Animal-símbolo: Bisão-europeu ou Wisent (Bison bonasus) | Ave Nacional: Cegonha-preta, Black Stork (Ciconia nigra)

Abaixo a Bandeira Nacional da República da Belarus.

Bielorusia – Byelorussia – Biélorussie – Respublika Belarus – Bielo-Rússia
Capital – Minsk (Polaminsk).
Religião – Cristianismo – ortodoxos bielo-russos (maioria), católicos (minoria).
Moeda (numismática) – rublo bielo-russo (Belarusian Ruble). Código internacional: BYB/BYR?. A palavra “rubel” é derivada da russa “ruble”. Sistema monetário utilizado também na Federação Russa... Nota: Cédula deste país aparece em selo de São Tomé e Príncipe.

O país também é chamado de República da Bielorrússia. Literalmente o nome do país significa Rússia Branca. Quando da sua independência, decidiu manter o “branco” no nome e adotar uma forma mais antiga do nome Rússia. Em “belaruso” a letra “e” de Belarus deve ser pronunciada “ie”.

Grande parte do território de Belarus, no centro-nordeste da Europa, é constituída de planície pantanosa plana e baixa (tendo as planícies baixas muitos lagos e pântanos) e colinas na área central.

O país divide com a Polônia a maior área de floresta heterogênea preservada de todo o continente. Essa reserva é o principal refúgio do bisão-europeu, animal que esteve ameaçado de extinção nos anos 40.

Considerada a economia mais promissora entre as ex-repúblicas soviéticas, Belarus enfrenta problemas semelhantes aos dos países vizinhos, como inflação e baixa produção industrial.

A agricultura continua a ser praticada em área restrita, pois a maior parte das terras aráveis ainda está contaminada pelo acidente nuclear de Chernobyl de 1986, na vizinha Ucrânia.

No plano político, a aproximação com a Federação Russa se intensificou em 1997: em abril, os dois países assinaram acordo para futura integração econômica e militar.

volta ao topo

História da República da Belarus e História Postal

A origem de Belarus remonta aos principados eslavos que se estabelecem a partir do século VII e, quatro séculos depois, se submetem à cidade-estado de Kiev, que dá origem à Rússia.

Nos séculos seguintes é invadida por tártaros da Mongólia, lituanos e poloneses. No século XVIII é anexada ao Império Russo para tornar-se uma das repúblicas soviéticas em 1919 e enfim emergir como país independente, com o fim da URSS.

Nota: Em 1920 issues allegedly from here are now believed to be bogus. A founder-member of the UNO, despite being part of the USSR...

Por causa da localização geográfica, é uma das áreas da ex-URSS mais atingida na II Guerra Mundial. Cerca de 1,3 milhão de pessoas, incluindo quase a totalidade dos judeus de Belarus, morrem na ocupação nazista (1941-1944).

Com o fim da guerra são incorporados ao país territórios de população bielo-russa que pertenciam à Polônia.

Como República Socialista Soviética da Belarus, entre 1944 até sua independência, utilizou selos da antiga União de Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), a qual compreendeu os atuais países europeus: Belarus, Estônia, Federação Russa, Letônia, Lituânia, Moldávia e Ucrânia, ainda os asiáticos: Armênia, Azerbaijão, Cazaquistão, Geórgia, Quirguistão, Tajiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão.

O forte controle dos dirigentes comunistas locais faz de Belarus reduto da resistência conservadora às reformas democratizantes do então presidente soviético Mikhail Gorbatchov.

Nas primeiras eleições livres para o Soviete Supremo (Parlamento) da República, em 1989, a oposição, reformista, obtém apenas 30 das 340 cadeiras. As demais ficam com o Partido Comunista.

Em agosto de 1991, o chefe comunista Mikalai Dzemiantsei apóia o golpe de Estado conservador contra Gorbatchov. Com o fracasso do movimento, Dzemiantsei é forçado a renunciar.

Em 25/08/1991, o Parlamento proclama a independência. Em 8 de dezembro, Belarus assina com a Federação Russa e a Ucrânia um acordo estabelecendo a CEI.

Em 1992 é criado o rublo bielo-russo, que em princípio circula simultaneamente com a moeda russa. Selos são emitidos por Belarus desde 1992.

Abaixo (lado esquerdo da tela), desenhado por G. Komlev, o primeiro selo postal foi emitido em 20/03/1992 – Cross of Ephrosinia of Polotsk (Scott: 1). Medidas: 37 x 52 mm. Composição da folha: 25 (5 x 5) selos. Quantidade: 2.000.000. Valor facial: 1 rublo bielo-russo.

Parece que muitos selos foram emitidos em 1992 por Belarus, onde aparece o mapa do Estado e símbolos nacionais... No selo do lado direito (Scott: 15), podemos ver a capital, Minsk, identificada sobre o mapa do país, e a antiga Bandeira Nacional...


FILATELIA

Bielo-russos 78%, russos 13%, poloneses 4%, ucranianos 3%, outros 2% (1996), compõem a população de nacionalidade bielo-russa ou bielorrussa?

Os idiomas oficiais são o bielo-russo e o russo.

► “Girafa” em diferentes línguas na Belarus – ? (bielo-russo) – zhiraf (russo)
► Até o momento (11/2013), não existem girafas em Zoos de Belarus: Minsk Zoo (www.minskzoo.by) e Hrodna ou Grodno Zoo (www.grodno.by/grodno/zoo.html).

O Zoológico de Hrodna está localizado na cidade de mesmo nome. Hrodna também é chamada de Grodno (em polonês) e Gardinas (em lituano) e está situada próxima da fronteira com a Polônia e a Lituânia (cerca de 15 km e 30 km, respectivamente); cerca de 300 km da capital do país, Minsk. O Zoo de Hrodna, cujo logotipo é um bisão-europeu, foi fundado em 1927, sendo o mais antigo zoológico do país. O zoológico da capital, Minsk Zoo, cujo logotipo é uma espécie de cegonha, foi inaugurado em 09/08/1984.

The Minsk Zoo was founded on August 9, 1984 by nature amateurs, which were employees of the Minsk Automobile Plant. Its founder and the first manager was Fiodor Revzin. At first it was a Zoological and Botanical Garden. Nowadays the Minsk Zoo is a unique museum of wildlife. Its collection includes both exotic animals and rare fauna of Belarus.

The Grodno Zoo is the oldest in Belarus. It was founded as an educational botanical garden in 1927 by a school teacher and animal lover Yan Kokhanovski. When animals of the local fauna appeared there it became a Zoological garden. Since 1939 it is state property. Currently the collection of the zoo is replenished through the purchase of new animals, exchange with other zoos, the emergence of the young, etc.


2002

22/09/2002 – Inteiro postal pré-pago que mostra elefante, girafa, entre outros animais, obliterado por carimbo especial com bisão-europeu, alusivos ao 75º Aniversário da Fundação Zoológico de Hrodna (cancellation 75 years of Zoo Grodno). Artista: Алексей Бушкин (Alex Bushkin). Adquirido de Cláudio em 19/11/09 (R$ 15).


2013

09/07/2013 – Série Zoológicos na Bielorrússia: Minsk e Grodno, “Zoos in Belarus: Minsk and Grodno”, que compreende 4 valores avulsos (“N”, “M”, “H” e “P”), cujos selos apresentam habitantes de ambos os jardins zoológicos, + 1 bloco de 4 valores com vinhetas centrais que mostram ambas as entradas dos zoos + 4 folhinhas de 7 valores com label que mostram imagens dos animais impressas em tamanho maior. Adquirido de Dona Mirian em 10/12/13, série (R$ 28 reais), bloco (R$ 30 reais) e folhinhas (R$ 156 reais). Falta apenas o FDC.

Letra “N” (tarifa de superfície de um cartão-postal ao exterior) – leopardo-amur / Amur Leopard (Panthera pardus orientalis)
Letra “M” (tarifa aérea de um cartão-postal ao exterior) – muflão-europeu [espécie de carneiro selvagem] / European Mouflon (Ovis musimon)
Letra “H” (tarifa de superfície de uma carta de até 20 gramas ao exterior) – águia-marinha-de-steller / Steller’s Sea-eagle (Haliaeetus pelagicus)
Letra “P” (tarifa aérea de uma carta de até 20 gramas ao exterior) – tigre-siberiano / Siberian Tiger (Panthera tigris altaica)

Designer: Alexander Mityanin. Printing: offset. Colour: multicoloured. Paper: chalk-surfaced, gummed. Perforation: comb 14: 141/4. Size of the stamps: 40 × 28 mm. Sheets composition: 7 stamps and 1 coupon. Size of the sheets: 100 × 138 mm. Print quantity: 70.000 stamps each. Sheetlet composition: 4 (1 set) stamps & 2 coupons. Size of the sheetlet: 104 × 114 mm. Print quantity: 12.000 sheetlets. The stamps were printed at the Republican Unitary Enterprise “Bobruisk Integrated Printing House named after A. T. Nepogodin”. Colour of the postmarks: black. Special postmarks and FDCs designed by A. Mityanin. Special cancellations on FDCs will be carried out at the Main Post Office of Minsk and at the post office No.4 of Grodno on the stamps issuing day.

Fonte: www.belpost.by/eng/stamps/stamp-catalogue/2013-chrono-eng/26-2013-06-28-eng/

volta ao topo

Outras emissões:
1997 – AIDS, 2011 – AIDS

Standard ISO: BY – Adesão UPU: 13/05/1947

Belpochta – Belarus Post Office
marka@belpost.by – www.belpost.by/default2.htm
www.belpost.by

Divisão administrativa – 6 regiões ou províncias (Brest, Homiel, Hrodna, Mahilou, Minsk e Vitebsk; subdivididas em distritos) e o município de Minsk, que possui estatuto administrativo especial de capital.
Cidades principais – Homyel, Hrodna (Grodno, Gardinas), Mahilyow, Vitsyebsk.
Outras cidades – Borisov, David-Gorodok, Dubrovno, Kamenets, Krugloe, Mogilyov, Nesvizh, Novogrudok, Orsha, Pinsk, Slonim, Turov, Vitsebsk, Zaslavl.
Patrimônio da Humanidade – Floresta Bialowieza.

GIRAFAMANIA
Última atualização: 11/12/2013.
volta ao topo

ÁUSTRIA PAÍSES DA EUROPA
BÉLGICA