This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

CONTINENTE AMERICANO

Mapas das Américas

América ou Novo Mundo... Novo Mundo porque só após a sua (re)descoberta por Cristóvão Colombo, em 1492, tornou-se verdadeiramente conhecido pelos europeus...

Hoje, entretanto, está provado cientificamente que os Vikings já tinham chegado nessas terras em fins do século X... Erik, o Vermelho, descobriu a Groenlândia em 982; em 986, Bjarni Herjolfsson avista o continente e, em 1001, Leif Eriksson (filho de Erik) explora Vinland (em algum lugar na Terranova). Mas, há quem vá mesmo mais longe, afirmando que é quase impossível que, pelo menos, os Fenícios não tenham lá chegado em suas famosas navegações... E, depois disto tudo, o continente foi batizado com o nome de um cartógrafo, chamado Américo (Vespúcio) que, apesar de o ter afirmado, não foi decididamente o primeiro a descobrir a América...

Este continente imenso, no sentido de que é o único que se estende desde o Círculo Polar Ártico até quase ao Círculo Polar Antártico é, por muitos, dividido em dois: América do Norte (incluindo a clássica América Central e as Antilhas) e América do Sul.

Na América pré-colombiana, destacaram-se os correios dos incas... Eles inventaram um sistema de comunicação, os “quipos”, baseado em objetos feitos de cordas (imagem abaixo, lado esquerdo da tela). Os correios (ou mensageiros), que transitavam por uma intrincada e extensa rede de caminhos, eram chamados de “chasquis”... Os mayas chamaram seus correios de “tayacanes”, os aztecas de “paguanias” e os incas de “chasquis”.

Cristóvão Colombo (1451-1506), “Cristobal Colón” (em espanhol) ou “Christopher Columbus” (em inglês) foi o explorador que descobriu a América... O descobrimento e conquista da América ampliou as fronteiras políticas e militares do mundo, nos séculos XV e XVI, fazendo com que a Espanha, organizasse o Correio Maior das Índias, para se comunicar com as suas Colônias...

Em 1492, o primeiro território americano a ser descoberto por Colombo foi a Ilha Hispaniola, cujas terras são divididas, atualmente, entre a República Dominicana e o Haiti. No mesmo ano ele também descobre ilhas próximas, as ilhas das Bahamas e a ilha de Cuba...

Em 1493 (segunda viagem) descobriu: Anguila, Antígua e Barbuda, Dominica, Guadalupe, Ilhas Virgens Americanas, Ilhas Virgens Britânicas, Martinica, Monte Serrá, Porto Rico e São Cristóvão e Névis... Em 1494, Jamaica?...

Em 1498, Granada, Trinidade e Tobago e a Venezuela – primeiro país da América do Sul a ser descoberto, antes de Pedro Álvares Cabral descobrir o Brasil, em 22/04/1500, na Baía Cabrália, no Estado da Bahia... Já em sua viagem de 1502, ele descobriu a Costa Rica, Honduras, Nicarágua e Panamá...

O selo postal (do lado esquerdo da tela) que mostra Cristóvão Colombo, compreende uma série de 1935, emitida pela República do Equador, para comemorar o centenário da visita de Charles Darwin às Ilhas Galápagos. Do lado direito, bloco da Rússia emitido em 1992 para comemorar os 500 Anos da Descoberta da América por Cristóvão Colombo. Nota: Série Brasil América Upaep 1992.

No centro da tela, série de 2 valores emitida em 27/04/1984 Descobrimentos – Espanha 1984, cujos selos mostram: Descobrimento do Brasil – Pedro Álvares Cabral (Cr$ 65,00) e Descobrimento da América – Cristóvão Colombo (Cr$ 610,00). Artista: Ivan Wash Rodrigues. Picotagem: 11½. Tiragem: 1.500.000 cada. Impressão: Ofsete. Papel: Cuchê, gomado. Yvert 1654/1655. Scott: 1914/1915. Michel: 2033/2034. RHM: C-1387/C-1388.

volta ao topo

LISTA DE PAÍSES DAS AMÉRICAS (70 peças)

A Organização dos Estados Americanos – OEA – Organization of American States (www.oas.org), fundada em 30/04/1948, é uma organização internacional com sede em Washington (Estados Unidos), cujos membros são as 35 nações independentes do Continente Americano. Vinte e um países reunidos em Bogotá (Colômbia), assinaram a Carta da Organização dos Estados Americanos. Os países-membros se comprometiam então a defender os interesses do continente americano, buscando soluções pacíficas para o desenvolvimento econômico, social e cultural.

21 países assinaram o documento da OEA em 05/05/1948: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba (suspenso desde 1962), El Salvador, Equador, Estados Unidos, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

14 demais Estados e respectiva data de adesão da OEA: Barbados (1967), Trinidad e Tobago (1967), Jamaica (1969), Granada (1975), Suriname (1977), Dominica (1979), Santa Lúcia (1979), Antigua e Barbuda (1981), São Vicente e Granadinas (1981), Bahamas (1982), São Cristóvão e Nevis (1984), Canadá (1990), Belize (1991) e Guiana (1991).

A América Latina compreende quase a totalidade da América do Sul e Central Continental, as exceções são os países sul-americanos Guiana e Suriname e o centro-americano Belize, que são países de línguas germânicas. Também engloba alguns países da América Central Insular (países compostos de ilhas e arquipélagos banhados pelo Mar do Caribe) como Cuba, Haiti e República Dominicana. Da América do Norte, apenas o México é considerado como parte da América Latina.

Dos 35 países (18 territórios) que compreendem a América, 20 deles englobam a chamada América Latina: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. Ainda na América Latina existem mais 11 territórios que não são independentes, portanto não podem ser considerados países, mas, ainda assim, latinos.

América do Sul

América do Sul

Escolha com o seu “rato” os países das Américas nas listas ou passe o cursor sobre uma das cruzes nos mapas abaixo e “viaje” através desse continente... A América do Sul é composta por 12 países e 5 territórios. Abaixo, lista de países americanos, cada um com sua respectiva moeda (outubro de 2006).

Brasil Uruguai Argentina Ilhas Malvinas Chile Paraguai Bolívia Peru Equador Colômbia Venezuela Guiana Suriname Guiana Francesa
  1. Argentina (peso argentino)
  2. Bolívia (peso boliviano)
  3. Brasil (real)
  4. Chile (peso chileno)
  5. Colômbia (peso colombiano)
  6. Equador (dólar americano)
  7. Guiana (dólar guianense)
  8. Paraguai (guarani)
  9. Peru (sol novo)
  10. Suriname (florim do suriname)
  11. Uruguai (peso uruguaio)
  12. Venezuela (bolívar)

    Antártica – Antarctica (veja em Oceania)
  1. Guiana Francesa – Território Autônomo da França (euro)
  2. Ilha de Páscoa, Rapa Nui – Território do Chile (peso chileno)
  3. Ilhas Galápagos – Território do Equador (dólar americano)
  4. Ilhas Geórgia e Sanduíche – Território da Grã-Bretanha (?)
  5. Ilhas Malvinas – Território da Grã-Bretanha (libra das ilhas Falklands)

Peso – A palavra em espanhol “peso” significa “pesar; determinar o peso de”; ou simplesmente sistema monetário de peso. A palavra “peseta” é o diminutivo de peso. Tal sistema monetário foi e é utilizado em países que falam o espanhol no Continente Americano... Muitos países utilizam o sistema monetário peso, como: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, México, República Dominicana e Uruguai.

O “peso” é utilizado em países distantes do Continente Americano, como nas Filipinas (Ásia); também foi usado na Espanha (Europa) e na Guiné-Equatorial (África).
volta ao topo


América do Norte e Central

América Central

A América Central é composta por 7 países independentes, banhada do lado oriental pelo Oceâno Pacífico e do lado ocidental pelo Mar do Caribe. Já o Caribe (região insular da América Central) é composto por 13 países independentes e mais 11 territórios.

Belize Guatemala Honduras El Salvador Nicarágua Costa Rica Panamá Cuba Jamaica Haiti República Dominicana Porto Rico Bahamas Ilhas Caimans (território do Reino Unido) Trinidade e Tobago Barbados Granada Antilhas Holandesas São Vicente e Granadinas Santa Lúcia Martinica Dominica Guadalupe Monte Serrá Antígua e Barbuda Anguila Turks e Caicos Miami, Flórida - Estados Unidos Ilhas Virgens Britânicas São Cristóvão e Névis Aruba
  1. Belize (dólar belizenho)
  2. Costa Rica (colón costarriquenho)
  3. El Salvador (dólar americano)
  4. Guatemala (quetzal)
  5. Honduras (lempira)
  6. Nicarágua (córdoba ouro)
  7. Panamá (balboa)
  1. Antígua e Barbuda (dólar caribenho)
    • Redonda
  2. Bahamas, CB (dólar bahamense)
  3. Barbados, CB (dólar barbadiano)
  4. Cuba (peso cubano)
  5. Dominica, CB (dólar caribenho)
  6. Granada, CB (dólar caribenho)
  7. Haiti (gourde)
  8. Jamaica, CB (dólar jamaicano)
  9. República Dominicana (peso dominicano)
  10. Santa Lúcia, CB (dólar caribenho)
  11. São Cristóvão e Névis, CB (dólar caribenho)
  12. São Vicente e Granadinas, CB (dólar caribenho)
  13. Trinidad e Tobago (dólar trinitino ou tobaguiano)
  1. Anguila – Território da Grã-Bretanha (dólar caribenho)
  2. Antilhas Holandesas – Território Autônomo dos Países Baixos (florim das antilhas)
    • Bonaire, Curaçao, Saba, Saint Eustatius e Saint Maarten
  3. Aruba – Território Autônomo dos Países Baixos (florim de aruba)
  4. Guadalupe – Território da França (euro)
  5. Ilhas Caimã – Território da Grã-Bretanha (dólar de caimã)
  6. Ilhas Turks e Caicos – Território da Grã-Bretanha (dólar americano)
  7. Ilhas Virgens Americanas – Território dos Estados Unidos (dólar americano)
    • Saint Croix, Saint John e Saint Thomas
  8. Ilhas Virgens Britânicas – Território da Grã-Bretanha (dólar americano)
    • Anegada, Jost Van Dyke e Tortola
  9. Martinica – Território da França (euro)
  10. Montserrá – Território da Grã-Bretanha (dólar caribenho)
  11. Porto Rico – Território dos Estados Unidos (dólar americano)

Nota: As iniciais CB foram utilizadas para os países-membros da Comunidade Britânica.

CARICOM – Antiga Comunidade e Mercado Comum do Caribe e atual Comunidade do Caribe – bloco de cooperação econômica e política, criado em 1973, formado por 14 países e seis territórios da região caribenha... Emissões postais alusivas ao “30th Anniversary of CARICOM 1973-2003”: Antígua e Barbuda, Dominica, Granada, Guiana, São Cristóvão e Névis, Turks e Caicos.

Dólar caribenho – Muitos países utilizam o sistema monetário “Dólar do Caribe do Leste” (EC$) ou “dólar caribenho oriental” (East Caribbean Dollar ou Dólar Caribeño Oriental), cujo código internacional ISO 4217 é XCD. Parece que o câmbio em relação ao dólar americano é: US$1.00 = EC$2,70.

Utilizado em Anguila, Antígua e Barbuda, Dominica, Granada, Monte Serrá, Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis...

Dólar americano (United States Dollar) – Código internacional ISO 4217: USD ou US$ – como o Fundo Monetário Internacional refere-se ao dólar, abreviação que também é muito comum fora dos Estados Unidos da América.

Origem: o “tolar” é a moeda oficial da República da Eslovênia (Europa), desde outubro de 1991. A palavra “tolar” deriva da alemã “thaler” (uma moeda de prata cunhada pela primeira vez em 1518, em Joachimsthal, Boêmia), que por sua vez também deu origem à palavra inglesa “dollar”.

O dólar americano é dividido em 100 cents (cêntimos) ou então dividido em 10 dimes, mas este último é usado somente para designar a moeda de 10 cents, hoje em dia. Além dos Estados Unidos, o dólar americano é utilizado nas Ilhas Virgens Americanas ou Ilhas Virgens dos Estados Unidos, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Turks e Caicos, Panamá (Balboa) e Porto Rico... Também é a moeda de ilhas da Oceania como: Ilhas Marianas do Norte, Ilhas Marshall, Micronésia e Samoa Americana...

Não o americano, mas com nome do país de origem, geralmente, o Sistema Monetário Dólar é utilizado em muitos países e territórios do mundo inteiro. No Continente Americano é utilizado em: Bahamas, Barbados, Belize, Bermuda, Canadá, Guiana, Ilhas Caimã, Jamaica e Trinidad & Tobago...

Na África: Libéria, Namíbia e Zimbábue... Também na Ásia: Brunei, Cingapura, Hong Kong, Taiwan e Timor Leste... E ainda na Oceania: Austrália, Fiji, Ilhas Cook, Ilhas Salomão, Nova Zelândia e Tuvalu...
volta ao topo


América do Norte e Central

América do Norte

A América do Norte é composta por 3 países independentes e 4 territórios.

República Dominicana Haiti Cuba Bahamas México Estados Unidos da América Canadá Groelândia Alasca (estado dos EUA) Bermudas
  1. Canadá (dólar canadense)
  2. Estados Unidos da América (dólar americano)
  3. México (peso mexicano)

  1. Alasca – Território dos EUA (?)
  2. Bermudas – Território da Grã-Bretanha (dólar bermudiano)
  3. Groenlândia – Território Autônomo da Dinamarca (coroa dinamarquesa?)
  4. São Pedro e Miquelon – Território da França (euro)
volta ao topo

O urso-de-óculos, urso-andino ou ainda urso-de-lunetas (Tremarctus ornatus) é o único representante da família dos ursídeos (Ursidae) da América do Sul. Possui este nome pois, pode apresentar na pelagem anéis de cor branca ou creme que circundam os olhos chegando ao focinho, pescoço e peito.

Seu habitat natural são os Andes e a espécie está ameaçada de extinção... As principais causas destas ameaças são a caça e a perda de habitat. Habitam as selvas tropicais dos Andes na Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e Chile, onde vivem a 3.500 metros de altitude ou mais.

Os ursos-de-óculos medem de 70 ou 80 centímetros de altura, as fêmeas pesam até 65 kg enquanto os machos podem chegar a 200 kg. Possuem hábito solitário, noturno e crepuscular. São excelentes escaladores, passando muito tempo no topo das árvores, dormindo em buracos ou ninhos que eles mesmos constroem.

A maior parte da dieta é vegetariana, consistindo principalmente de frutos, bromélias, cactos, brotos de bambu, milho, raízes, insetos, pequenos mamíferos e até mesmo carniça. “Puyas”, um tipo de bromélia, é o seu alimento favorito. Essa planta espinhosa floresce apenas uma vez, produzindo uma quantidade abundante de açúcar, uma iguaria especial para esta espécie.

No Brasil a espécie pode ser vista na Fundação RIOZOO – uma fêmea chamada “Susie”, nascida em dezembro de 1993, no zoológico de Colônia, na Alemanha. Chegou com dois anos de idade, acompanhada de um macho. Aos quatro anos de idade pariu duas crias que morreram dois dias depois. No ano seguinte pariu outra ninhada, composta por dois filhotes machos que foram destinados para outros zoológicos. No ano de 1998 o macho veio a óbito e desde então a fêmea encontra-se sozinha.

Também na Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, na FZSP, no Zoológico de Curitiba e um que nasceu no Parque Ecológico de São Carlos. Repare (abaixo): “oso de anteojos” como é chamado em espanhol, no selo do Equador...

volta ao topo

UPAEP – “Unión Postal de las Américas, España y Portugal” – www.upaep.com.uy
UPAEP – União Postal das Américas, Espanha e Portugal

Em 1911, países americanos, junto com a Espanha e Portugal decidiram, dentro do marco da UPU, criar um organismo regional de seus serviços postais. Então, foi realizada uma Conferência Hispano-Luso-Americana na cidade de Montevidéu, capital do Uruguai, onde se formalizou a criação da União Postal das Américas e Espanha – UPAE; hoje União Postal das Américas, Espanha e Portugal – UPAEP, e onde abriga, desde então, sua sede oficial.

Abaixo, o lindo selo postal emitido em 08/06/1984 para comemorar o Primeiro Aniversário do Edifício-Sede da UPAEP, localizado em Montevidéu. Com valor facial de 65 cruzeiros, o selo mostra Caminha escrevendo a carta, índios e duas espécies de araras, arara-canga e arara-azul-pequena. Yvert: 1669. RHM: C-1398.

No Brasil, com a chegada de Pedro Álvares Cabral em 1500, surgiu a primeira correspondência oficial ligada ao país, a qual foi escrita por Pero Vaz de Caminha e enviada ao Rei de Portugal, narrando com notório entusiasmo as características da nova terra... Conhecida como “Carta de Caminha” é considerada a “Certidão de Nascimento do Brasil”, por ser o primeiro documento oficial sobre a Nação, aliás, é o primeiro registro da história postal brasileira. Encontra-se na Torre do Tombo, em LisboaPortugal.

Do lado direito da tela, lista em espanhol dos países-membros da UPAEP. A UPAEP é um organismo intergovernamental que agrupa 27 países, imbuídos do compromisso de fomentar o livre intercâmbio de objetos postais. A cada cinco anos, de acordo com o seu Estatuto, a UPAEP reúne-se em Congresso para definir os temas de interesse comum aos Correios da União.

Antillas Neerlandesas
Argentina
Aruba
Bolivia
Brasil
Canadá
Chile
Colombia
Costa Rica
Cuba
Ecuador
El Salvador
España
Estados Unidos de América
Guatemala
Haití
Honduras
México
Nicaragua
Panamá
Paraguay
Perú
Portugal
República Dominicana
Surinam
Uruguay
Venezuela

A emissão de selos denominada “Série América” foi estabelecida em 1989, pela UPAEP, para que todos os países-membros emitissem selos postais com tema comum, cujo objetivo é integrar e difundir a variada realidade dos povos que compõem a região da UPAEP, com integração dos países participantes, lograr a unidade através da diversidade, mostrar as culturas e promover o desenvolvimento da filatelia.

FILATELIA BRASILEIRA AMÉRICA UPAEP

Abaixo, relação em espanhol dos temas escolhidos por ano para a emissão da Série América UPAEP desde seu início no ano de 1989 / Relación de temas elegidos para la emisión de la Serie América a partir de su inicio en el año 1989:

1989 – “Pueblos Precolombinos – Usos y Costumbres” / Pre Columbian Peoples – Customs and Uses
1990 – “El Medio Natural que Vieron los Descubridores” / The Natural Environment the Discoverers Saw. Veja: Chile.
1991 – “Viajes del Descubrimiento” / Trips of the Discovery
1992 – “V° Centenario del Descubrimiento de América” o “América 500 Años” / V Centenary of the Discovery of America
1993 – “Fauna o Especies en Vías de Extinción” / Endangered Fauna
1994 – “Vehículos de Transporte Postal” / Postal Vehicles
1995 – “Preservación del Sistema Ecológico” / Ecological Environment Conservation. Veja: Bolívia.
1996 – “Trajes Típicos” / National Typical Suits
1997 – “El Cartero” / The Mailman
1998 – “Mujeres Destecadas” / Relevant Women of each country
1999 – “El Nuevo Milenio Sin Armas” / The New Millennium Without Weapons
2000 – “Campaña o Lucha Contra el SIDA” / AIDS Campaign

2001 – “Patrimonio Cultural de la Humanidad” (Bienes inscritos en la lista de Patrimonio Mundial reconocida por la UNESCO y/o sitios destacados del territorio nacional de los países de la UPAEP) / UNESCO World Heritage Sites and/or relevant places of the UPAEP countries. Veja: Colômbia.

2002 – “Educación – Analfabetismo” (Juventud y Alfabetismo o Analfabetismo y Educación) / Education: Illiteracy
2003 – “Flora y Fauna Autóctona” / Native Flora and Fauna – España: “transporte ferroviario”. Veja: Bolívia, Chile, Panamá.
2004 – “Protección o Conservación del Medio Ambiente” / Environment Protection. Veja: Paraguai, Suriname.
2005 – “Lucha Contra la Pobreza” / Fight Against Poverty
2006 – “Ahorro de Energía” / Energy Saving
2007 – “Educación Para Todos” / Educação Para Todos / Education For All
2008 – “Fiestas Nacionales” / National Festivities
2009 – “Juegos Tradicionales” / Jogos Populares / Traditional Games

2010 – “Símbolos Pátrios” / Patriotic Symbols (National Symbols)... A maioria das emissões mostra como símbolo pátrio do país o Escudo Nacional ou Brasão de Armas (Coats of Arms)... Veja: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Honduras, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Boletín Nº 27 de la UPAEP – Unión Postal de las Américas, España y Portugal (Pgs.: 8, 9 y 10). 2010 UPAEP – Cebollatí 1470, Montevideo – Uruguay. Seiscientos delegados de 116 países miembros de la Unión Postal Universal se reunieron en la ciudad de Nairobi, Kenia, los días 22 y 23/09/2010. Conclusiones: La Conferencia Estratégica examinó los distintos factores que afectan el sector postal actual y trató de identificar las tendencias y cuestiones futuras que definirán al sector postal. El sector postal no es un servicio en caída, sino que se encuentra en medio de una transformación profunda y la diversificación de la innovación y el servicio deben ser elementos clave de una estrategia exitosa para el futuro.

Foto: Girafa no Parque Nacional de NairóbiQuênia, by UPAEP 2010.

2011 – “Caixas de Correio” / Mailboxes
2012 – “Mitos e Lendas” / Myths and Legends
2013 – “Luta Contra a Discriminação” / Fight Against Discrimination


Páginas relacionadas em GIRAFAMANIA: Lista de Idiomas, Lista de Nações e Zoológicos Americanos.

FIAF – Federação Interamericana de Filatelia – www.fiaf-filatelia.org

Fontes de Informações e Mapas utilizados:
CD-ROM Almanaque Abril (1998)
STN – www.supertravelnet.com
Moedas do Mundo Todo (Banco Central) – www.bc.gov.br/htms/bcjovem/moedasmundo.htm

Entrada principal !
Última atualização: 04/07/2013.
volta ao topo

FILATELIA MAPA GIRAFAMANIA
ARGENTINA