This page is part of © GIRAFAMANIA website / Esta página é parte do sítio GIRAFAMANIA

GARÇAS e SOCÓS (Egrets, Herons)

Ordem: Pelecaniformes (tradicionalmente: Ciconiiformes)
Família: Ardeídea (Ardeidae) – espécime dos ardeídeos, família de aves que vivem em pântanos, lagos, rios etc. e se alimentam de peixes, moluscos, insetos aquáticos etc.
Gêneros e Espécies (garças e socós):
Agamia agami – garça-da-mata / Agami Heron
Ardea alba – garça-branca-grande / Great Egret ou Egret Common [muitas vezes seu nome científico aparece assim: Casmerodius albus]
Ardea cinerea – garça-real-europeia / Grey Heron [Ardea herodias]
Ardea cocoi – garça-moura / Cocoi Heron, Purple Heron [Ardea purpurea] mais colorida
Ardeola ralloides – garça-caranguejeira, garça-amarela-pequena / Yellow Heron, Squacco Heron (vive no Mar Cáspio, por exemplo)
Botaurus pinnatus – socó-boi-baio / Pinnated Bittern
Butorides striata – socozinho / Striated Heron
Bubulcus ibis – garça-vaqueira / Cattle Egret
Cochlearius cochlearius – arapapá / Boat-billed Heron
Egretta caerulea – garça-azul / Little Blue Heron
Egretta garzetta – garça-branca-pequena-europeia / Little Egret
Egretta gularis – garça-negra / Western Reef Heron
Egretta thula – garça-branca-pequena (Chinelos de Ouro) / Snowy Egret
Egretta tricolor – garça-tricolor / Tricolored Heron
Ixobrychus exilis – socoí-vermelho / Least Bittern
Ixobrychus involucris – socoí-amarelo / Stripe-backed Bittern
Nyctanassa violacea – savacu-de-coroa, Yellow-crowned Night-Heron
Nycticorax nycticorax – savacu / Black-crowned Night-Heron
Pilherodius pileatus – garça-real ou garcinha-real / Capped Heron
Syrigma sibilatrix – maria-faceira / Whistling Heron
Tigrisoma fasciatum – socó-boi-escuro / Fasciated Tiger-Heron
Tigrisoma lineatum – socó-boi / Rufescent Tiger-Heron
Zebrilus undulatus – socoí-zigue-zague / Zigzag Heron

As fotos abaixo mostram o Socozinho e Socó-boi-escuro, cujo nome científico é Tigrisoma fasciatum fasciatum (Such, 1825). Nota: parece que a palavra “socó” significa de bicho que se arrima...

Socozinho Socó-boi-escuro
volta ao topo

GARÇAS

Podendo ser encontrada em todo o Pantanal, a garça-branca-grande vive em grupos de vários animais à beira de rios, lagos e banhados. É migratória, realizando pequenos deslocamentos locais ou mesmo se deslocando para além dos Andes durante os períodos de enchentes anuais. Alimenta-se de peixes, lagartos, anfíbios e insetos. Foi muito caçada para a retirada de egretas – penas especiais que se formam no período reprodutivo...

Garça-moura que, apesar de ser bastante comum, esteve fortemente ameaçada de extinção, no início do século XX. É a maior das garças do Pantanal, com mais de um metro de altura. Geralmente solitária e pouco ativa, muitas vezes não é percebida. Está presente tanto nas matas como em áreas abertas, alimentando-se exclusivamente de pequenos vertebrados e de vertebrados aquáticos.

Selo da cartela premiada “Pantanal Fauna e Flora” que mostra a garça-moura (Ardea cocoi). Na mesma cartela, o selo que mostra o coati, também aparece outra espécie de garça, a garça-branca-grande (Casmerodius albus).

A foto coalhada de garças e outras aves foi tirada na Estrada Parque – Pantanal (MS), em 8/2005.

volta ao topo

A VII BRAPEX aconteceu entre 10 a 18/12/1988, na capital de São Paulo. O bloco (RHM: B-78) com 3 valores sobre a preservação da Estação Ecológica Juréia, localizada no Estado de São Paulo, mostra a flora e duas aves da região. O selo com valor facial de 100 cruzeiros mostra o papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis), endêmico da Mata Atlântica; já o selo com valor facial de Cz$ 400 mostra uma garça.

Veja: Mercosul, Pantanal Mato-Grossense.

Entrada principal !
Última atualização: 23/06/2011.
volta ao topo

FAUNA BRASILEIRA MAPA GIRAFAMANIA
FAUNA BRASILEIRA